Show simple item record

dc.contributor.authorMarques, Thamiris Linhares
dc.date.accessioned2020-10-07T14:09:46Z
dc.date.available2020-10-07T14:09:46Z
dc.date.issued2019-11-01
dc.identifier.citationMARQUES, Thamiris Linhares. Avaliação da ecoeficiência e da pegada hídrica do processamento da carne de frango no Centro-Oeste do Brasil. 2019. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Produção) – Universidade Federal de São Carlos, Sorocaba, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/13324.*
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/13324
dc.description.abstractWater is an indispensable natural resource for life on Earth and it is used indirectly or directly at all productive activities. Therefore, attention to the impacts of water use is a relevant topic for the sustainable production. Brazil is one the world´s largest producer of chicken meat, which can promote several environmental impacts, including water resources. Thus, the objective of this master’s dissertation was to perform a Water Footprint Assessment and ecoefficiency assessment of the processing of poultry meat in Brazil. For the water footprint, it was used the ISO14046:2014 standard and the impact assessment methods chosen were: ReCiPe Midpoint (H) for freshwater eutrophication category, USEtox for ecotoxicity and carcinogenic and non-carcinogenic human toxicity categories, and the Available Water Remaining (AWARE) method was adopted for the water scarcity category. The product system defined was modeled from a cradle-to-gate perspective, from obtaining live chicken to slaughter, and processing meat and co-products generation. In addition, eco-efficiency was measured for each of the processes mapped based on ISO 14045:2012 guidelines. The results showed that chicken farm is a process with greater generation of water impacts (up to 98,7%) when compared to the industrial manufacturing activities. However, knowing that time is a key issue for any manufacturing process, the water footprint associated with poultry fattening and manufacturing processing time were evaluated, showing that the manufacturing was the environmental hotspot at this time. At manufacture level, chilling was the most damaging process to water resources (up to 99,7%) per unit of time. The most ecoefficient process was defeathiring and the least one was the bleeding process. Finally, it can be concluded that there was a change in the environmental hotspot analysis of the study when performing the ecoefficiency assessment vs. Water Footprint approach. Therefore, adopting or not of both of these two approaches is critical for proposing improvements and creating new scenarios looking for alternatives for improving environmental performance under the life cycle of products.por
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsCC0 1.0 Universal*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/publicdomain/zero/1.0/*
dc.subjectGestão do ciclo de vidapor
dc.subjectAvaliação de impactopor
dc.subjectProcessos de manufaturapor
dc.subjectAgroindústriapor
dc.subjectAviculturapor
dc.subjectAbatedouropor
dc.subjectLife cycle managementpor
dc.subjectImpact assessmentpor
dc.subjectManufacturing processpor
dc.subjectAgribusinesspor
dc.subjectChicken farmingpor
dc.subjectSlaughterhousepor
dc.titleAvaliação da ecoeficiência e da pegada hídrica do processamento da carne de frango no Centro-Oeste do Brasilpor
dc.title.alternativeEcoefficiency and water footprint assessment of the processing of chicken meat in the Central West of Brazilpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Silva, Diogo Aparecido Lopes
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1101747760784249por
dc.contributor.advisor-co1Figueiredo, Maria Cléa Brito de
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8498467320034486por
dc.description.resumoA água é um recurso natural ser indispensável à vida na Terra sendo aplicada direta ou indiretamente em todas as atividades produtivas. Assim, atentar-se para os impactos decorrentes do uso desse bem é tema relevante para o desenvolvimento de uma mais produção sustentável. O Brasil é um dos maiores produtores mundiais de carne de frango, o que pode acarretar em diversos impactos ambientais, entre eles aos recursos hídricos. Neste sentido, esta dissertação objetivou realizar uma Avaliação da Pegada Hídrica e uma Análise da Ecoeficiência do processamento do frango inteiro resfriado produzido no Brasil. Para Avaliação da Pegada Hídrica foi utilizado as diretrizes descritas na norma ISO14046:2014 e foram utilizados o método ReCiPe Midpoint (H) para as categorias eutrofização de água doce, o modelo USEtox para as categorias de ecotoxidade e toxicidade humana cancerígena e não cancerígena, e o modelo Available Water Remaining (AWARE) para a categoria de escassez hídrica. O sistema de produto definido foi modelado sob uma perspectiva cradle-to-gate, desde a obtenção do frango vivo até seu abate, e o processamento da carne e de seus coprodutos. A ecoeficiência foi mensurada para cada um dos processos mapeados com base na norma ISO 14045:2012. Os resultados mostraram que a engorda das aves é processo com maior geração de impactos hídricos (até 98,7%) quando comparado aos processos elementares da etapa de manufatura. Sabendo que o tempo é um aspecto fundamental para qualquer processo manufatureiro, os resultados da Avaliação da Pegada Hídrica foram associados ao tempo de processamento da engorda das aves e da manufatura, sendo que a inclusão do tempo modificou os resultados, tornando a etapa de manufatura o maior hotspot ambiental no estudo. Dentro da manufatura, o processo de resfriamento foi o processo mais danoso aos recursos hídricos (até 99,7%) por unidade de tempo. Sobre a ecoeficiência, o processo mais ecoeficiente foi a depenagem e os processos menos ecoeficientes foram a sangria e o resfriamento. Por fim, pode-se concluir que houve uma modificação dos processos hotspots quando realizada a avaliação da ecoeficiência. Portanto, a definição da adoção ou não desse indicador no estudo se mostrou fundamental para proposição de melhorias e criação de novos cenários alternativos que melhorassem o desempenho ambiental do ciclo de vida do produto.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia de Produção - PPGEP-Sopor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAOpor
dc.description.sponsorshipIdCAPES: 1753369por
dc.publisher.addressCâmpus Sorocabapor
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/9093386986280098por


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

CC0 1.0 Universal
Except where otherwise noted, this item's license is described as CC0 1.0 Universal