Mostrar registro simples

dc.creatorCorrêa, Ana Maria Ferro
dc.date.accessioned2016-06-02T19:36:04Z
dc.date.available2007-07-04
dc.date.available2016-06-02T19:36:04Z
dc.date.issued2005-10-04
dc.identifier.citationCORRÊA, Ana Maria Ferro. A identidade institucional da escola técnica pública paulista como espaço organizacional e cultural: unificação e diferenciação.. 2005. 260 f. Tese (Doutorado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2005.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2384
dc.description.abstractThe present thesis deals with professional education of technical level in São Paulo State of proved political, economic and educational leadership in Brazil. Such attributes connect the paulista technical school to the privileged conditions of the state and the productive sector, derived from the specificity of its teaching. In the present research a Escola Técnica Estadual Paulino Botelho (ETE) has been chosen as the object of study. It is located in the scientific technological regional pole of São Carlos and is currently integrated with the public system administered by Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS). The specific aim of this research is to answer the question about the contradictions and theoretical practical limits present in the organizational and cultural space of the school as well as the visible effects upon the educative practice that qualifies the institutional identity understood as the social function to fit young students and adults for the several areas and technical courses. By means of qualitative and quantitative data obtained from primary sources, such as testimonies, questionnaires and analysis of the data of administrative books, it is possible to conclude that the identity of the individualized school is jeopardized by the confrontation between what is proposed by the regulating documents of professional education, with principles and general objectives idealized and the reality revealed by the deficiency of material and educational conditions of daily teaching, proved by the internal study of the technical teaching institution.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Sao Carlos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEducação para o trabalhopor
dc.subjectEnsino técnicopor
dc.subjectSão Carlos (SP) - instituição escolar - Escola Técnica Estadual Paulino Botelhopor
dc.subjectEstudo de Casopor
dc.titleA identidade institucional da escola técnica pública paulista como espaço organizacional e cultural: unificação e diferenciação.por
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Buffa, Ester
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4788831T4por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4795923A3por
dc.description.resumoEsta pesquisa versa sobre a educação profissional de nível técnico no Estado de São Paulo, de comprovada liderança econômica, tecnológica e educacional no Brasil. Tais atributos vinculam a escola técnica paulista às condições privilegiadas do meio circundante e ao setor produtivo, decorrente da própria especificidade de ensino. Adotamos como objeto de estudo a Escola Técnica Estadual Paulino Botelho (ETE), localizada no pólo regional científico-tecnológico da cidade de São Carlos, e atualmente integrada à rede pública estadual administrada pelo Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS). O objetivo específico da pesquisa é responder à questão sobre as contradições e limites teórico-práticos presentes no espaço organizacional e cultural da unidade de ensino, e os efeitos visíveis sobre a prática escolar que qualifica a identidade institucional, entendida como a função social instituída para habilitar jovens e adultos nas várias áreas e cursos técnicos. Através de dados qualitativos e quantitativos, obtidos de fontes primárias como depoimentos, questionários aplicados e consultas aos livros administrativos, conclui-se que a escola técnica individualizada tem a sua identidade institucional comprometida pelo confronto entre o que se propõe nos documentos reguladores da educação profissional, com princípios e objetivos gerais e específicos idealizados, e a realidade que se revela na deficiência das condições materiais e pedagógicas em que decorre a prática educativa cotidiana, comprovada através do estudo interno da instituição escolar.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples