Show simple item record

dc.creatorNunes, Iolanda Rodrigues
dc.date.accessioned2016-06-02T19:40:01Z
dc.date.available2006-04-12
dc.date.available2016-06-02T19:40:01Z
dc.date.issued2005-12-06
dc.identifier.citationNUNES, Iolanda Rodrigues. Exercer a autonomia: um desafio para a gestão da escola pública.. 2005. 136 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2005.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2797
dc.description.abstractThe school administration is a theme of great interes, not only for directors, but for educators in general, mainly if we understand the educator's in a way paper more enlarged, no restricted just to the limited dimensions of the classroom. Same knowing that the school is deeply affected for the politics education, social and economical of the country and that these, also interfere in doing of the teacher inside of classroom, we cannot disrespect that are the subjects inside school that do what the school is. In that sense, it is fundamental that the identity of the Political-pedagogic Project of the school is discussed because, when discussing it, it is discussing the identity of the school and of the subjects that compose it. Once intended to know the phenomenon in his essence, I opted to accomplish a case study analyzing in a fenomenologic perspective with base in the complex thought, dialoguing with the uncertainty and with the contradiction. For such, I chose some authors in order to build a theoretical referencial that could give base to my observations and analyse. Those authors are: Sanders, Magda Soares, Edgar Morin and Adelino Costa. To analyze the administration of the school in the search of understanding as the subjects exercises the autonomy in the elaboration and execution of the Political-pedagogic Project, to what extent the subjects of the school are aware of that document, in that measured it is preponderant factor in the quality of the school and the paper of the direction in that process, taking into account, in that analysis, the ultidimensionalidade of the phenomenon, that produces subjects autonomous, however dependent, is the subject-key of this workeng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEscolas públicaspor
dc.subjectGestão democráticapor
dc.subjectProjetos pedagógicospor
dc.subjectEducação e autonomia do sujeitopor
dc.subjectPolitical-pedagogic projecteng
dc.subjectSchool Administrationeng
dc.subjectAutonomyeng
dc.subjectComplexityeng
dc.subjectOrganizationeng
dc.titleExercer a autonomia: um desafio para a gestão da escola pública.por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Marques, Waldemar
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4782898J6por
dc.creator.Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=C863804por
dc.description.resumoA gestão escolar é um tema de grande interesse, não só para diretores(as), mas para educadores em geral, principalmente se compreendermos o papel do educador de uma forma mais ampliada, não restrita apenas às dimensões limitadas da sala de aula. Mesmo sabendo que a escola é profundamente afetada pelas políticas educacionais, sociais e econômicas do país e que estas, por sua vez, também interferem no fazer do professor dentro de sala de aula, não se pode desconsiderar que são os sujeitos no interior de uma escola que fazem dela aquilo que ela é. Nesse sentido, é fundamental que se discuta a identidade do Projeto Político-Pedagógico da escola pois, ao discuti-la, está se discutindo a identidade da escola e dos sujeitos que a compõem. Uma vez que pretendia conhecer o fenômeno em sua essência, optei por realizar um estudo de caso analisando-o em uma perspectiva fenomenológica com base no pensamento complexo, dialogando com a incerteza e com a contradição. Para tal, escolhi alguns autores a fim de construir um referencial teórico que pudesse dar sustentação às minhas observações e análises. Esses autores são: Sanders, Magda Soares, Edgar Morin e Adelino Costa. Analisar a gestão da escola na busca de compreender como os sujeitos exercem a autonomia na elaboração e execução do Projeto Político-Pedagógico, até que ponto os sujeitos da escola têm consciência desse documento, em que medida ele é fator preponderante na qualidade da escola e o papel dos gestores nesse processo, levando em consideração, nessa análise, a multidimensionalidade dos fenômenos, que produz sujeitos autônomos, porém dependentes, é a questão-chave deste trabalho.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Educaçãopor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::EDUCACAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record