Mostrar registro simples

dc.creatorBello, Thômas Scarassati
dc.date.accessioned2018-12-07T11:13:10Z
dc.date.available2018-12-07T11:13:10Z
dc.date.issued2018-10-26
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/10765
dc.description.abstractResponsible for an annual demand higher than 70 millions of tons, the poly(para- aramide) fibers are being widely used in the safety, automobilist, aeronautic, and petroleum industries, due to their attractive mechanical, chemical, and thermal properties. However, these fibers cannot be recycled by conventional processes and have to be incinerated or discarded in specific landfills. In order to achieve new applications for their industrial wastes, this project had as main goal the study of technical feasibility in the reuse of high content of poly(para-aramide) fibers as mechanical reinforcement in polyamide 66. The composites were produced by twin-screw extrusion in contents of 10 and 20%, and the screw speed and fiber feed zone were also modified. In addition, the poly(para-aramide) fibers have low adhesion with polymers, and can be even lower with finishing substances from industrial processes. For this reason, the removal of these substances was another condition studied in this work. According to the analyses, a continuous and stable processing is hampered by the high fiber specific volume. The finishing substances removal had a detrimental effect in the process due to increasing on fiber-fiber friction and did not affect the PA66-fiber adhesion. The results have shown that composition and processing conditions did not affect fiber length, which was above the critical length. At the same time, these variables effects were significant on PA66 degradation, which were determinant on composite final properties. It was possible to increase the mechanical properties, and, under certain conditions, it was higher than the commercial composites of PA66/poly(para-aramide).eng
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)por
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectCompósitopor
dc.subjectPoli(para-aramida)por
dc.subjectProcessamentopor
dc.subjectDegradaçãopor
dc.subjectCompositeeng
dc.subjectPoly(para-aramide)eng
dc.subjectProcessingeng
dc.subjectDegradationeng
dc.titleEstudo da viabilidade técnica do reaproveitamento de altos teores de fibras de poli(para-aramida) como reforço mecânico em poliamida 66por
dc.title.alternativeStudy of technical feasibility in the reuse of high content of poly(para-aramide) fibers as mechanical reinforcement in polyamide 66eng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Bettini, Sílvia Helena Prado
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3687551763124327por
dc.contributor.advisor-co1Costa, Lidiane Cristina
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8246109223926480por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2242339366610034por
dc.description.resumoResponsáveis por uma demanda anual de mais de 70 milhões de toneladas, as fibras de poli(para-aramida) são utilizadas em diversos campos, devido as suas propriedades mecânicas, químicas e térmicas atrativas, sendo principalmente utilizadas nas indústrias de segurança, automobilística, aeronáutica e petrolífera. Entretanto, estas fibras não podem ser recicladas por métodos convencionais e, por isso, devem ser incineradas ou descartadas em aterros específicos. Dessa forma, buscando novas alternativas para os resíduos industriais e seus impactos, este projeto teve como objetivo estudar a viabilidade técnica da reutilização de fibras de poli(para-aramida) como reforço mecânico em Poliamida 66. Para isso, foram processados, via extrusão, compósitos com 10 e 20%, em massa, de fibra, variando-se a velocidade de rotação da rosca e o ponto de alimentação das fibras. Além disso, como as fibras geralmente apresentam baixa adesão com a matriz, podendo ser prejudicada pela presença de revestimentos, provenientes da etapa de tecelagem das fibras, utilizou-se, como uma das variáveis de composição, a remoção ou não desse revestimento. As análises da extrusão apontaram que a obtenção de um processamento contínuo e estável é dificultada, principalmente, pelo elevado volume específico das fibras. A remoção do revestimento mostrou-se ser prejudicial ao processo por aumentar o atrito entre as fibras e não teve efeito significativo na adesão. Os resultados obtidos mostraram que as variáveis de composição e de processo não influenciaram no nível de quebra das fibras, mantendo-se acima do crítico. Por outro lado, apresentaram efeitos significativos na degradação da PA66, a qual foi determinante para as propriedades finais. Em relação às propriedades mecânicas, foi possível obter melhorias consideráveis, atingindo, para determinadas condições, valores superiores ao compósito comercial de PA66 contendo 20%, em massa, de fibras de poli(para-aramida). Assim, este estudo mostrou que a reutilização de altos teores de fibras de poli(para-aramida) em poliamida 66 pode ser viável tecnicamente.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciência e Engenharia de Materiaispor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA::MATERIAIS NAO METALICOSpor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICApor
dc.description.sponsorshipIdCNPq : 130203/2017-3por
dc.description.sponsorshipIdCAPES: Código de Financiamento 001por
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples