Show simple item record

dc.creatorFrancescatto, Taciane Roberta
dc.date.accessioned2019-08-20T15:03:29Z
dc.date.available2019-08-20T15:03:29Z
dc.date.issued2019-04-29
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/11753
dc.description.abstractBuildings that use the drywall system for internal partitioning need more care in environments with high moisture content, because the plasterboard component is sensitive to water action. Due to its application in the commercial sector and especially in the hotel sector, it is common to use plasterboard in wettable environments. Thus, there is a dichotomy between these environments and the sealing component. Thus, this research aims to present and analyze the pathological problems that occur in wettable environments of hotel buildings built with masonry walls and plasterboard. Regarding the recommendations proposed by the technical literature for the construction of plasterboard walls in wettable environments, the bibliographic research identified different constructive guidelines among the analyzed documents and, however, all are guided by NBR 15758-1 (2009), which is complemented by executive technical details provided by the manufacturers manuals. To identify the main pathological manifestations that occur in wettable environments built with drywall, a field survey was conducted involving hotels in the region of São Carlos-SP. In all, 7 hotels participated in the qualitative research through the application of quizzes, and among these, 3 participated in the quantitative research, developed from the analysis of documents of daily occurrences provided by the participants of this study. Regarding the results obtained from the application of the quizzes, it was possible to know the constructive profile of the buildings and maintenance teams of the hotel sector. Among the findings, it was found that most of the projects are built with reinforced concrete structure and masonry, with few using the drywall system for internal sealing, and in general, few have a building sector. self-maintenance and assiduous, it was found a unique responsibility, in which the team includes only one employee who is responsible for the management and for small and medium repairs. Regarding the documentary analysis, in Hotel 01 (EH1) and EH2, both with drywall, the area with the highest incidence of problems was the bathrooms, with 54% and 52% of occurrences, respectively. Already the EH3, with walls in masonry, the bedroom zone was the one with the highest number of records, with 65% of occurrences and 27% in bathrooms. Regarding the occurrences, although EH3 presents more records numerically, no significant differences were found when comparing the problems that occur in drywall seals with those in masonry. In the three hotels, the place with the most occurrence was in the sanitary installations, with 80% of the records, of which 48% refer to the detachment of objects from the wall. Finally, this research identified a set of pathological manifestations, with their characteristics and influences in the drywall system. This research was of great value and contributes to the knowledge of the real problems that occur in hotel buildings, because it is from records of occurrences that it is possible to raise more reliable studies regarding the pathological manifestations. This study has great potential to expand the knowledge of pathology in other types of buildings.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectGesso acartonadopor
dc.subjectÁreas molháveispor
dc.subjectHotéispor
dc.subjectManifestações patológicaspor
dc.subjectGypsum plasterboardeng
dc.subjectPathological manifestationseng
dc.subjectWettable areaseng
dc.subjectHotelseng
dc.titleManifestações patológicas em áreas molháveis em alvenaria e gesso acartonado em edifícios hotéispor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Barreto, Douglas
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7369326190168139por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/2869873782051688por
dc.description.resumoEm edificações que utilizam o sistema drywall para a compartimentação interna, é necessário maior cuidado em ambientes que apresentam elevado índice de umidade, visto que componente gesso acartonado é sensível a ação da água. Em virtude a aplicação no setor comercial e, principalmente, no setor hoteleiro, é comum a utilização de chapas de gesso acartonado em ambientes molháveis. Assim, pode-se considerar a dicotomia entre esses ambientes e o componente de vedação. Deste modo, esta pesquisa objetiva apresentar e analisar os problemas patológicos que ocorrem em ambientes molháveis de edifícios hotéis construídos com paredes de alvenaria e gesso acartonado. Com relação as recomendações propostas pela literatura técnica para a construção de paredes em gesso acartonado em ambientes molháveis, por intermédio da pesquisa bibliográfica foi identificada diferentes diretrizes construtivas entre os documentos analisados e que, no entanto, todos são orientados pela NBR 15758-1 (2009), que é complementada com detalhes técnicos executivos fornecidos pelos manuais de fabricantes. Para identificar as principais manifestações patológicas que ocorrem em ambientes molháveis construídos com o drywall, foi realizado um levantamento de campo envolvendo hotéis da região de São Carlos-SP. Ao todo, 7 hotéis participaram da pesquisa qualitativa, por meio da aplicação de formulários, e dentre esses, 3 participaram da pesquisa de caráter quantitativo, desenvolvida a partir da análise de documentos de ocorrências diárias fornecidas pelos participantes deste estudo. Com relação aos resultados obtidos a partir da aplicação dos formulários, foi possível conhecer o perfil construtivo das edificações e das equipes de manutenção do setor hoteleiro. Entre as constatações, verificou-se que em sua maioria, os empreendimentos são construídos com estrutura em concreto armado e fechamento em alvenaria, sendo poucos os que utilizam o sistema drywall para a vedação interna e que em geral são poucos os que possuem um setor de manutenção próprio e assíduo, constatou-se uma responsabilidade singular, na qual a equipe contempla apenas um funcionário que é responsável pelo gerenciamento e por pequenos e médios reparos. Com relação a análise documental, no Hotel 01 (EH1) e EH2, ambos com fechamento interno em drywall, a zona com maior incidência de problemas foram os banheiros, com 54% e 52% das ocorrências, respectivamente. Já o EH3, com paredes em alvenaria, a zona quarto foi a que apresentou maior quantidade de registros, com 65% das ocorrências e 27% nos banheiros. Em relação as ocorrências, apesar do EH3 apresentar mais registros numericamente, não foram verificadas diferenças significativas ao comparar os problemas que ocorrem em vedações em drywall com os em alvenaria. Nos três hotéis, o local com mais ocorrência foi nas instalações hidrossanitárias, com 80% dos registros, dos quais, 48% referem-se aos problemas de desprendimento de objetos da parede. Por fim, com esta pesquisa identificou-se um conjunto de manifestações patológicas, com suas características e influências no sistema drywall. Esta pesquisa foi de grande valia e contribui para o conhecimento dos reais problemas que ocorrem em edificações hoteleiras, pois é a partir de registros de ocorrências, que se permite levantar estudos mais fidedignos quanto as manifestações patológicas. Este estudo tem grande potencial de ampliar o conhecimento da patologia em outras tipologias de edificações.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Estruturas e Construção Cívilpor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::CONSTRUCAO CIVILpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record