Show simple item record

dc.contributor.authorNunes, Ana Célia
dc.date.accessioned2020-02-28T15:06:36Z
dc.date.available2020-02-28T15:06:36Z
dc.date.issued2019-12-13
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/12279
dc.description.abstractIn Brazil, there are few studies that investigate the support needs of families that have handicap children in their daily context. There are few instruments as well that try to identify and evaluate the support needs level in the areas of family life that influence the family’s well-being in a certain moment of life. Therefore, the objective of this study was to perform the cross-cultural adaptation and the validation of the Evaluación de las Necesidades Familiares – ENF scale for the use with families of children and adolescents with disabilities. This is an instrument with the potential to help the families and their service providers to identify the needs and to make decisions that result in measures of support and quality of family life. To this end, two studies were performed: the first one was cross-sectional, multicenter and methodological of cross-cultural adaptation of the scale for its usage in Brazil. The second study was about the validation of the scale, which is also multicenter, cross-sectional, exploratory, descriptive and correlational, with a quantitative approach. The cross-cultural adaptation study was held in six stages (translation, reconciliation, back-translation, specialist’s evaluations, cognitive unfolding and pre-test) that resulted in a scale called Avaliação das Necessidades da Família – ANF in Portuguese, with 49 items and with an excellent index of internal consistency (Cronbach’s Alfa coefficient of 0.98). These items were obtained from analysis performed in the Software SPSS 21 version, with a sample of 38 families of children and adolescent with disabilities between 0 and 18 years old, residents in four Brazilian cities (São Paulo-SP, Santos-SP, Lagarto-SE and Maceió-AL). For the validation study of the Brazilian version of ENF two more instruments were used: the Escala de Qualidade de Vida Familiar (QdVF Brasil), used to verify the validation of criterion of ANF, is an instrument that has 25 questions that evaluate the family satisfaction in the last 12 months in a series of family activities; and the Questionário de Identificação da Família, that was made by the researchers to obtain the socioeconomic data of the participants. In this study participated 151 families of children and adolescents with disability, between 0 and 18 years old, residents in four Brazilian cities (São Paulo-SP, Santos-SP, Pelotas-RS e Maceió-AL), in which 130 of them were part of the main sample and 21 participated in the test retest. For the data analysis, it was used the Software R (The R project for Statistical Computing) 3.6.1 version. The structure of the scale validation process is indicated as valid from a structure obtained from the Structural Equation Modeling (SEM), that confirmed a final model for the ANF with 46 items distributed in seven dimensions (education, family life, community life, leisure time, economy, acquisition and management of products and services and health and emotional well-being) with a good index of data adjustment (RMSEA = 0.041 e SRMR = 0.063), satisfactory convergent validity (rs (130) = -0.27, p < 0,001) and excellent index of reliability obtained (Cronbach’s Alfa = 0.92 and McDonald’s Omega = 0.94) and reaffirmed by the test retest technique (R1F = 0.98). From the obtained results it can be said that the ANF is valid and trustworthy to evaluate the necessities of the Brazilian families of children and adolescents with disability under 18 years old.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectEstudos de validaçãopor
dc.subjectFamíliapor
dc.subjectDeficiênciapor
dc.subjectNecessidades de apoiopor
dc.subjectValidation studieseng
dc.subjectFamilieseng
dc.subjectDisabilitieseng
dc.subjectSupport needseng
dc.titleAdaptação transcultural e validação da escala Evaluación de las Necesidades Familiares para uso com famílias brasileiras de crianças e adolescentes com deficiênciapor
dc.title.alternativeCross-cultural adaptation and validation of the Evaluación de las Necesidades Familiares scale for use with Brazilian families of children and adolescents with disabilitiesspa
dc.title.alternativeCross-cultural adaptation and validation of the Evaluación de las Necesidades Familiares scale for use with Brazilian families of children and adolescents with disabilitieseng
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Della Barba, Patrícia Carla de Souza
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6448489426438006por
dc.description.resumoNo Brasil, poucos são os estudos que se ocupam em investigar as necessidades de apoio de famílias que têm filhos com deficiência em seus contextos diários. Há também poucos instrumentos que buscam identificar e avaliar o nível de necessidade de apoio em áreas de vida familiar que influenciam o bem-estar da família em um determinado momento da vida. Dessa forma, o objetivo deste estudo foi realizar a adaptação transcultural e a validação da escala Evaluación de las Necesidades Familiares – ENF para uso com famílias de crianças e adolescentes com deficiências. Um instrumento com potencialidade de ajudar as famílias e seus prestadores de serviço na identificação de necessidades e na tomada de decisões que resultem em medidas de apoio e qualidade de vida familiar. Para isso foram realizados dois estudos: o primeiro de caráter transversal, multicêntrico e metodológico de adaptação transcultural da escala para uso no Brasil. O segundo estudo foi de validação da escala, também de caráter multicêntrico, transversal, exploratório, descritivo e correlacional, com abordagem quantitativa. O estudo de adaptação transcultural foi realizado em seis estágios (tradução, reconciliação, retrotradução, avaliação por especialistas, desdobramento cognitivo e pré-teste), que resultaram em uma escala nomeada em português de Avaliação das Necessidades da Família – ANF, com 49 itens e com excelente índice de consistência interna (coeficiente Alfa de Cronbach de 0.98). Esses itens foram obtidos a partir de análises realizadas no Software SPSS versão 21, com uma amostra de 38 famílias de crianças e adolescentes com deficiências, com idades entre 0 e 18 anos, moradoras de quatro cidades brasileiras (São Paulo-SP, Santos-SP, Lagarto-SE e Maceió-AL). Para o estudo de validação da versão brasileira da ENF foram utilizados mais dois instrumentos: a Escala de Qualidade de Vida Familiar (QdVF Brasil), utilizada para verificar a validade de critério da ANF, é um instrumento que possui 25 questões que avaliam a satisfação familiar nos últimos 12 meses em uma série de atividades familiares; e o Questionário de Identificação da Família, elaborado pelas pesquisadoras a fim de obter dados socioeconômicos dos participantes. Participaram deste estudo 151 famílias de crianças e adolescentes com deficiências, com idades entre 0 e 18 anos, moradoras de quatro cidades brasileiras (São Paulo-SP, Santos-SP, Pelotas-RS e Maceió-AL), das quais 130 fizeram parte da amostra principal e 21 participaram da etapa do teste reteste. Para análise dos dados foi utilizado o Software R (The R project for Statistical Computing) versão 3.6.1. A estrutura do processo de validação da escala é indicada como válida a partir de uma estrutura obtida por meio do Modelo de Equações Estruturais (MEE), que confirmou um modelo final para a ANF com 46 itens distribuídos em sete dimensões (educação, vida em família, vida em comunidade, tempo livre, economia, aquisição e gestão de produtos e serviços e saúde e bem-estar emocional) com bom índice de ajuste dos dados (RMSEA = 0.041 e SRMR = 0.063), validade convergente satisfatória (rs (130) = -0.27, p < 0,001) e excelentes índices de confiabilidade obtidos (Alfa de Cronbach = 0.92 e Ômega de McDonalds = 0.94) e reafirmado por meio da técnica teste reteste (R1F = 0.98). A partir dos resultados obtidos pode-se afirmar que a ANF é válida, confiável e fidedigna para avaliar as necessidades das famílias brasileiras de crianças e adolescentes com deficiência menores de 18 anos.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Terapia Ocupacional - PPGTOpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/1558444450360823por


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil