Mostrar registro simples

dc.creatorSperetta, Guilherme Fleury Fina
dc.date.accessioned2016-06-02T19:22:54Z
dc.date.available2011-10-07
dc.date.available2016-06-02T19:22:54Z
dc.date.issued2011-06-16
dc.identifier.citationSPERETTA, Guilherme Fleury Fina. Natação e treinamento de força: influências sobre a expressão gênica de TNF-alfa e IL-10, área de adipócitos e perfil lipídico em ratos obesos. 2011. 71 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/1331
dc.description.abstractThe aim of the present study was to investigate the effect of swimming and resistance training exercise on adipose tissue, inflammation and lipid profile in highfat feeding rats. Wistar adult male rats were divided into 6 groups (n = 10 per group): Sed-C, sedentary chow diet; Sed-HL, sedentary high-fat diet; NT-C, swimming chow diet; NT-HL, swimming high-fat diet; TF-C, resistance training chow diet; TF-HL resistance training high-fat diet. An 8-week training period was used. During it period the animals of resistance training groups climbed a 1.1-m vertical ladder with weights attached to their tails. The sessions were performed once every 3 days, with 4 9 climbs and 8 12 dynamic movements per climb. Swimming groups performed 60 min/day, 5 days a week, with a constant overload of 5% body weight during 8 weeks in tanks of 50 cm of height and 30 cm of diameter. High fat-diet increased body weight, relative weight of adipose tissue (epididymal, retroperitoneal, visceral and subcutaneous) and adipose tissue area (epididymal, retroperitoneal and visceral). There was higher TNF-alpha expression and lower (not significant) IL-10 expression in visceral adipose tissue and negative change in lipid profile because of the high-fat diet. Resistance training presented lower values of visceral and retroperitoneal adipocyte area, lower TNF-alpha expression and changed lipid profile. Swimming presented lower epididymal and retroperitoneal adipocyte area, higher IL-10 expression and changed lipid profile. These results indicate the potential benefits of resistance training and swimming as non pharmacological alternatives to control the effects of high-fat diet on adipocyte area, lipid profile and inflammatory process in rats.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Sao Carlos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFisiologia do exercício físicopor
dc.subjectInflamaçãopor
dc.subjectTecido adiposopor
dc.subjectTreinamento de forçapor
dc.subjectNataçãopor
dc.subjectObesidadepor
dc.subjectPerfil lipídicopor
dc.subjectObesityeng
dc.subjectResistance trainingeng
dc.subjectSwimmingeng
dc.subjectInflammatoryeng
dc.subjectAdipose tissueeng
dc.subjectLipid profileeng
dc.titleNatação e treinamento de força: influências sobre a expressão gênica de TNF-alfa e IL-10, área de adipócitos e perfil lipídico em ratos obesospor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Duarte, Ana Cláudia Garcia de Oliveira
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1996950253264696por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4518946333094830por
dc.description.resumoO objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos da natação e do treinamento de força no processo inflamatório, tecido adiposo e perfil lipídico de ratos obesos. Sessenta ratos Wistar adultos (12 semanas) foram divididos em 6 grupos (n = 10 por grupo): Sed-C, dieta padrão sedentário; Sed-HL, dieta hiperlipídica sedentário; NT-C, dieta padrão treinado em natação; NT-HL, dieta hiperlipídica treinado em natação; TF-C, dieta padrão treinado em força; TF-HL, dieta hiperlipídica treinado em força. Foi utilizado um período de treinamento de 8 semanas. Durante este período os animais dos grupos de treinamento de força realizaram escaladas em uma escada de 1,1 m na vertical, com pesos atados às suas caudas. As sessões foram realizadas uma vez a cada três dias, com 4 a 9 escaladas com 8-12 movimentos dinâmicos por escalada. Os grupos de natação realizaram 60 min / dia, cinco dias por semana, com uma carga constante de peso de 5%, em tanques de 50 cm de altura e 30 cm de diâmetro. A dieta hiperlipídica aumentou a massa corporal, peso relativo dos tecidos adiposos (epidídimal, retroperitoneal, visceral e subcutâneo) e a área de adipócitos (epidídimal, retroperitoneal e visceral). Houve maior expressão de TNF-alfa e menor (não significativa) expressão de IL-10 no tecido adiposo visceral e efeitos deletérios no perfil lipídico devido à dieta rica em gordura. Os grupos de treinamento de força apresentaram menores valores de área de adipócitos nos tecidos visceral e retroperitoneal, menor expressão de TNF-alfa e benefícios no perfil lipídico. Os grupos de natação apresentaram menor área de adipócitos nos tecidos epididimal e retroperitoneal, maior expressão de IL-10 e benefícios no perfil lipídico. Estes resultados indicam os potenciais benefícios do treinamento força e da natação, como alternativas não farmacológicas para controlar os efeitos deletérios da dieta benefícios na área de adipócitos, perfil lipídico e processo inflamatório em ratos.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciências Fisiológicaspor
dc.subject.cnpqCIENCIAS BIOLOGICAS::FISIOLOGIApor


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples