Show simple item record

dc.contributor.authorAbreu, Raphael Martins de
dc.contributor.authorCatai, Aparecida Maria
dc.contributor.authorCairo, Beatrice
dc.contributor.authorSantos, Patrícia Rehder dos
dc.contributor.authorSilva, Claudio Donisete da
dc.contributor.authorSignini, Étore De Favari
dc.contributor.authorSakaguchi, Camila Akemi
dc.contributor.authorPorta, Alberto
dc.date.accessioned2021-07-13T18:30:57Z
dc.date.available2021-07-13T18:30:57Z
dc.date.issued2020-02-25
dc.identifierhttps://doi.org/10.3389/fphys.2020.00134por
dc.identifier.citationABREU, Raphael Martins de; CATAI, Aparecida Maria; CAIRO, Beatrice; SANTOS, Patrícia Rehder dos; SILVA, Claudio Donisete da; SIGNINI, Étore De Favari; SAKAGUCHI, Camila Akemi; PORTA, Alberto. A transfer entropy approach for the assessment of the impact of inspiratory muscle training on the cardiorespiratory coupling of amateur cyclists. Repositório de Dados da UFSCar, 2020. Dataset. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/14589.*
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/14589
dc.descriptionA força das interações cardiorrespiratórias diminui com a idade. O exercício físico pode reduzir a taxa dessa tendência. O treinamento muscular inspiratório (TMI) é uma técnica capaz de melhorar as interações cardiorrespiratórias. Este estudo avalia o efeito do TMI no acoplamento cardiorrespiratório em ciclistas amadores. Trinta jovens ciclistas saudáveis do sexo masculino foram submetidos a um TMI simulado de intensidade muito baixa (SHAM, n = 9), um TMI de intensidade moderada a 60% da pressão inspiratória máxima (MIP60, n = 10) e um TMI de alta intensidade no ponto crítico pressão inspiratória (CIP, n = 11). Eletrocardiograma, pressão arterial não invasiva e movimento respiratório torácico (MR) foram registrados antes (PRÉ) e após (PÓS) o treinamento em repouso em decúbito dorsal (REP) e durante a posição ortostática ativa (ORTO). A série batimento a batimento do período cardíaco (PC) e da pressão arterial sistólica (PAS) foram analisados com o sinal MR por meio de uma abordagem não causal tradicional, como função de coerência quadrada, e por meio de uma entropia de transferência (ET) baseada em modelo causal. O acoplamento cardiorrespiratório foi quantificado via coerência quadrada PC-MR na frequência respiratória (K2PC-RM), a ET não condicionado do MR para PC (ETMR→PC) e o ET de MR para PC condicionado pela PAS (ETMR→PC|PAS). Na condição PRÉ, descobrimos que ORTO levou a uma diminuição do ETMR→PC|PAS. Após o treinamento com SHAM e CIP, essa tendência foi confirmada, enquanto o MIP60 a inverteu, potencializando o acoplamento cardiorrespiratório. Esse comportamento foi observado na presença de média da PAS não variada e com respostas usuais do controle barorreflexo e da média do PC para ORTO. ETMR→PC e K2PC-RM não foram capazes de detectar o aumento pós-treinamento da força de acoplamento cardiorrespiratório durante ORTO, sugerindo que o condicionamento da PAS é importante para a avaliação das interações cardiorrespiratórias. Uma vez que a resposta usual da média de PC, média da PAS e sensibilidade barorreflexa ao estressor postural foram observadas após o treinamento MIP60, concluímos que o aumento pós-treinamento do acoplamento cardiorrespiratório durante ORTO no grupo MIP60 pode ser o efeito genuíno de alguns rearranjos no nível de rede respiratória central e suas interações com o impulso simpático e atividade vagal.por
dc.description.sponsorshipConselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)por
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)por
dc.language.isoengpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.relation.urihttps://doi.org/10.1186/s13063-019-3353-0por
dc.relation.urihttps://doi.org/10.3389/fphys.2020.00134
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectMultivariate linear regression modeleng
dc.subjectSport medicineeng
dc.subjectBreathing exerciseeng
dc.subjectHeart rate variabilityeng
dc.subjectComplexityeng
dc.subjectAutonomic nervous systemeng
dc.subjectBaroreflexeng
dc.subjectCardiac controleng
dc.subjectModelo de regressão linear multivariadapor
dc.subjectMedicina do esportepor
dc.subjectExercício respiratóriopor
dc.subjectVariabilidade da frequência cardíacapor
dc.subjectComplexidadepor
dc.subjectSistema nervoso autônomopor
dc.subjectControle cardíacopor
dc.subjectBarorreflexopor
dc.titleA transfer entropy approach for the assessment of the impact of inspiratory muscle training on the cardiorespiratory coupling of amateur cyclistseng
dc.title.alternativeUma abordagem de entropia de transferência para a avaliação do impacto do treinamento muscular inspiratório no acoplamento cardiorrespiratório de ciclistas amadorespor
dc.typeDatasetpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Fisioterapia - PPGFtpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor
dc.description.sponsorshipIdCNPq: 3121938/2013-2por
dc.description.sponsorshipIdCAPES, Programa de Pós-Graduação em Fisioterapia, processo: 001por
dc.description.sponsorshipIdFAPESP: 2017/13402-0por
dc.description.sponsorshipIdFAPESP: 2018/11123-0por
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/9131684794713173por
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/5801652590531684por
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/0359139542962460por
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/3915645562379689por
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/1394058741261696por
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/2175151508733550por
dc.publisher.departmentDepartamento de Fisioterapia - DFisiopor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil