Show simple item record

dc.contributor.authorMorgan, Gabriel Henrique
dc.date.accessioned2021-10-15T10:05:57Z
dc.date.available2021-10-15T10:05:57Z
dc.date.issued2021-08-13
dc.identifier.citationMORGAN, Gabriel Henrique. Vigas em concreto armado reforçadas com EBR-CFRP submetidas a degradação por temperatura e umidade em condição acelerada. 2021. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2021. Disponível em: https://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/15006.*
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/15006
dc.description.abstractThe need to strengthen concrete beams to increase the load capacity due to change not foreseen in the initial project or to problems related to the degradation of this structural system makes the use of composites in Fiber Reinforced Polymer (FRP) a viable alternative for the execution of strengthening systems. However, due to the environment in which FRPs are inserted, their durability can also be affected over time. In this context, the present research aims to evaluate the degradation in the accelerated condition of reinforced concrete beams with and without using the strengthening system with carbon fiber sheets when immersed in constant humidity and controlled temperature. For this, eight reinforced concrete beams were made, with dimensions 12cm x 20cm x 250cm, longitudinal reinforcement rate equal to 0.75%, and concrete with compressive strength of 30MPa. The set of eight beams were divided into two groups according to the exposure environment; four were kept in natural environmental conditions, and four were exposed to the accelerated degradation protocol. In addition, each group had two pairs of beams with and without the application of CFRP strengthening. As a result, there was a significant increase in the load capacity for beams strengthened with CFRP compared to not strengthened, with an average increase of 41.5%. Regarding the influence of the environments, after the exposure period, the beams without the CFRP strengthening system showed similarity both in behavior and in the mode of ruin. However, the strengthened beams showed changes in the failure mode, changing the ductility of the models. To analyze the average bonding stress between the concrete and the strengthening system, pullout tests were executed, showing a reduction of 35.7% compared to the reference model. Finally, the analyzes were performed based on normative recommendations, comparing their maximum load and strain results with those obtained in experimental tests. Therefore, according to the ductility analysis, material deformation, cracking, and failure mode, there was evidence that the humid environment with controlled temperature may have caused degradation in the connection between the strengthening system and the concrete substrate.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/*
dc.subjectConcreto armadopor
dc.subject,Sistema de reforçopor
dc.subjectMantas CFRPpor
dc.subjectDegradaçãopor
dc.subjectReinforced concreteeng
dc.subjectStrengthening systemseng
dc.subjectCFRP sheetseng
dc.subjectDegradationeng
dc.titleVigas em concreto armado reforçadas com EBR-CFRP submetidas a degradação por temperatura e umidade em condição aceleradapor
dc.title.alternativeReinforced concrete beams strengthened with EBR-CFRP subjected to degradation by temperature and humidity in accelerated conditioneng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Parsekian, Guilherme Aris
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7798651726059215por
dc.contributor.advisor-co1Dalfré, Gláucia Maria
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0066111999826468por
dc.description.resumoA necessidade de se reforçar vigas em concreto armado, visando a ampliação da capacidade de carga devido a alterações não previstas no projeto inicial ou a problemas relacionados com a degradação desse sistema estrutural, torna o emprego dos compósitos em FRP (Fiber Reinforced Polymer, em língua inglesa) uma alternativa viável para a execução dos sistemas de reforço. Contudo, mediante o ambiente ao qual os FRPs estão inseridos a sua durabilidade também pode ser afetada ao longo do tempo. Neste âmbito, a presente pesquisa busca avaliar a degradação em condição acelerada de vigas em concreto armado com e sem a presença do sistema de reforço com mantas de fibra de carbono quando imersas em umidade constante e temperatura controlada. Para isso, foram confeccionadas oito vigas de concreto armado, com dimensões 12cm x 20cm x 250cm, taxa de armadura longitudinal igual a 0,75% e concreto usinado com resistência característica à compressão de 30MPa. O conjunto de oito vigas foi dividido em dois grupos conforme o ambiente de exposição, sendo quatro mantidas em condições de ambiente natural e quatro expostas ao protocolo de degradação acelerada. Além disso, cada grupo possuía dois pares de vigas com e sem a aplicação do reforço em CFRP. Verificou-se um aumento significativo na capacidade de carga para as vigas reforçadas com CFRP em comparação as não reforçadas, com incremento médio de 41,5%. Com relação a influência dos ambientes, após o período de exposição, as vigas sem o sistema de reforço em CFRP, apresentaram similaridade tanto no comportamento como também no modo de ruína. Porém, as vigas reforçadas apresentaram mudanças no modo de ruína alterando a ductilidade dos modelos. Para análise da tensão média de aderência entre o concreto e o sistema de reforço foram executados ensaios de arrancamento apresentando redução de 35,7% em relação ao modelo de referência. Por fim, foram efetuadas análises com base nas recomendações normativas, comparando seus resultados de máximo carregamento e deformações com os obtidos nos ensaios experimentais. Portanto, conforme as análises de ductilidade, deformação dos materiais, fissuração e modo de ruína, verificou-se indícios de que o ambiente úmido com temperatura controlada pode ter provocado a degradação na ligação entre o sistema de reforço e o substrato de concreto.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Civil - PPGECivpor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::ESTRUTURASpor
dc.description.sponsorshipIdCAPES: Código de Financiamento 001por
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/2796045227340779por


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
Except where otherwise noted, this item's license is described as Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil