Show simple item record

dc.creatorCampos, Maria Bernadete Silva de
dc.date.accessioned2016-06-02T19:30:07Z
dc.date.available2005-06-16
dc.date.available2016-06-02T19:30:07Z
dc.date.issued2004-03-26
dc.identifier.citationCAMPOS, Maria Bernadete Silva de. Aspectos biológicos de Heterotermes tenuis (Isoptera Rhinotermidae) em cana-de-açúcar.. 2004. 132 f. Tese (Doutorado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2004.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/1837
dc.description.abstractThe main objectives were: to study at laboratory some biological aspects the biology of Heterotermes tenuis, by stablishing colonies with couples collected in the field, foraging behavior and the intraspecific agonistic behavior among individuals from different places in area sugarcane, collected by baits. The stablishment of colonies was studied from September/2002 to December/2003, with the installation of 400 baits in of 10.000 m2 sugarcane area, to collect the couples. The collected couples were removed and aconditioned in plastic flasks containing humidified soil and food and maintained in room at 28°C ± 2°C, 70% RU and 12 hours of photophase. Biological studies was systematicaly the colonies for counting alive couples, presence and number of eggs, breeds (workers and soldiers). The couples showed a period of 29 days before oviposition and a number of five eggs/ colony in the first oviposition, in average. The egg measures were 0.68 mm length and 0.36 mm width. The first workers appeared 53 days after the formation of the couples, and the number was four workes/colony. The first soldiers appeared 127 days after the formation of the couples, with an average of 1 soldier/colony. Foraging behavior was studied from 1999, April to 2003, December with the installation of 27 baits in three different places with nine points each. Monthly the baits were removed and a new one were placed. Baits with termites present were carried to laboratory for individuals counting. It was observed that there were significant variances in the foraging activity according to rain precipitation and environmental temperature variations and it was affected, as well, by development cycle and growth of the colony. The maximum foraging activity occures in the autumn and the agricultural pratices as plowing and furrowing for new planting promote a drastic foraging activity redutions in the subsequent years. Intraspecific agonistic behavior of H. tenuis was studied by confrontation tests between places and different points. In each confrontation 20 workers plus two soldiers were placed in a transparent plastic flask (7,0 cm of height x 4,5 cm of diameter) with bottom covered by filter paper and a square of humidified fiberboard (4 cm2) . The evaluations were done 48 hours after the confrontation by counting dead individuals. It was verified that there is intra-specific agonistic behavior in H. tenuis and by means that behavior different colonies can be distinguished and its forraging areas can be delimited in sugarcane areas.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectInsetopor
dc.subjectCupim subterrâneopor
dc.subjectCana-de-açucarpor
dc.subjectForrageamentopor
dc.subjectComportamento agonísticopor
dc.titleAspectos biológicos de Heterotermes tenuis (Isoptera Rhinotermidae) em cana-de-açúcar.por
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Macedo, Newton
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5024245659105477por
dc.description.resumoOs principais objetivos foram: estudar em laboratório alguns aspectos da biologia de Heterotermes tenuis, através da formação de colônias a partir de casais coletados no campo, o comportamento de forrageamento por meio de armadilha de coleta Termitrap e o comportamento agonístico intra-específico, entre indivíduos procedentes de diferentes locais em área de cana-de-açúcar, e a partir deste comportamento delimitar áreas de forrageamento. A formação de colônias foi estudada de setembro/2002 a dezembro/2003, com a instalação de 400 iscas em área de 10.000 m2 de cana-de-açúcar, para a coleta de casais. Os casais foram separados e acondicionados em frascos plásticos contendo solo umedecido e alimento e mantidos em sala com temperatura de 28°C ± 2°C, 70% UR e fotofase de 12 horas. O estudo da biologia foi feito através de observações, com aberturas sistemáticas das colônias para a contagem dos casais vivos, presença e número de ovos e castas (operários e soldados). Verificou-se que o período de pré-oviposição foi de 29 dias após a formação dos casais; o número de ovos na primeira postura foi de 5 ovos por colônia; o ovo mede aproximadamente 0,68 mm de comprimento por 0,36 mm de largura; os primeiros operários apareceram aos 53 dias após a formação dos casais; o número de operários foi de 4 por colônia; os primeiros soldados apareceram aos 127 dias e o número de soldados foi de 1 por colônia. O forrageamento foi estudado de abril/1999 a dezembro/2002, com a instalação de 27 iscas em três locais com nove pontos amostrais/local. Em avaliações mensais, as iscas eram retiradas e substituídas por novas, e aquelas iscas com presença de cupins eram conduzidas ao laboratório para a contagem dos indivíduos e estudo do comportamento agonístico. As populações de cupins foram correlacionadas com precipitações pluviométricas e temperatura ambiente mensais da região no período estudado e analisado. Verificou-se que houve diferenças significativas na atividade de forrageamento e que estas diferenças além de estarem correlacionadas à precipitação e variação de temperatura, mostram-se influenciadas pelo ciclo de desenvolvimento e crescimento da colônia. O pico de atividade de forrageamento dá-se nos meses de outono e as práticas de renovação do canavial (aração, gradagem e sulcação) reduzem drasticamente a atividade de forrageamento no ano subseqüente às operações. O comportamento agonístico foi estudado por meio dos testes de confrontação entre locais e pontos diferentes. Para cada confronto foram colocados 20 operários + 2 soldados em um frasco plástico transparente (7,0 cm de altura x 4,5 cm de diâmetro) com fundo revestido por papel de filtro e sobre este papel, um quadrado de papelão ondulado (4 cm2) umedecido. As avaliações foram realizadas com 48 horas após as confrontações através da contagem dos indivíduos mortos. Verificou-se que há comportamento agonístico intraespecífico em H. tenuis e que através destes estudos pode-se distinguir suas colônias e delimitar territórios de forrageamento dessa espécie em áreas de cana-de-açúcar.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ecologia e Recursos Naturaispor
dc.subject.cnpqCIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record