Show simple item record

dc.creatorSilva, Érico Fernando Lopes Pereira da
dc.date.accessioned2016-06-02T19:31:57Z
dc.date.available2005-01-10
dc.date.available2016-06-02T19:31:57Z
dc.date.issued2003-03-14
dc.identifier.citationSILVA, Érico Fernando Lopes Pereira da. Composição florística, estrutura fitossociológica e conteúdo de nitrogênio foliar em cerradão, Luiz Antônio, SP. 2003. 129 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2003.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2035
dc.description.abstractThe cerradão is one of the forest physiognomy of the cerrado biome more threaded with the expansion of agricultural activities. The existence of remaining cerradão areas in the state with different sizes and conservation status show the necessity of studies in these areas. In São Paulo state, 237,918 ha of Cerrado Lato sensu are distributed in patches centered in two large regions, the first one, localized in the Central to North-Northeast region and the second, in the West region of the state. The study area was a cerradão patch has 1,735.55 ha, known as Oitocentos Alqueires , situated in Southwest of Estação Ecológica de Jataí in the Luís Antônio municipality, São Paulo state. We used 25 permanent plots of 250 m². The floristic survey characterized the vegetation like a cerradão and the vertical phytosociological parameters permitted us give to the species values through the Relative Sociological Position (RSP) and the Amplified Value of Importance index (AIVI), associating the horizontal phytosociological structure showed by the Value of Importance index (IVI) with the heterogeneity and irregularity of the cerradão strata. We founded that the studied area has a great number of shrub and arboreous individuals (5,284 individuals) beyond a high value of floristic diversity (3.47 nat.ind-1). The diameter and tall distributions showed abundance on the natural regeneration component due the great stock of young plants that compose the inferior stratum of the community. The natural regeneration analysis showed is essential to comprehend the establishment, survival and growth of the cerradão species. The regeneration component demonstrate that the density in the superior class was 700.80 ind.ha-1, in the median, 4,912.00 ind.ha-1 and in the inferior 1,296.11 ind.ha-1. Although the low density in of the inferior class, most of the populations in the cerradão community don t demonstrate regeneration problems and this aspect is clear due the great number of regenerating individuals in the median and superior classes. Using the phytosociological far evaluation of parameters and the rate of natural regeneration we selected 30 species and estimated the nitrate reductase activity (NRA) and the leaf nitrogen content. The analysis of leaf RNA and leaf nitrogen content suggests that the activity of the enzyme is not related with the content of NO3- in the ground and probably the plants of the study area use other nitrogen sources, beyond the NO3-, probably NH4+, that also was the predominant ion in relation to the NO3- in the ground. The 30 species had presented a diversification in the strategies of nitrogen assimilation having used as source, probably, NO3-, NH4+, micorriza and nodulation. How much to the foliar nitrogen tax it is important to stand out that of the ten species of bigger foliar nitrogen content, seven they are Leguminosae, indicating that this family possesss an efficient adaptation in the nitrogen assimilation. Low the correlation of the concentration of íons NO3- of the ground with the RNA confirm the hypothesis of that the species of the study area possess strategies to optimize the nitrogen assimilation, probably using NH4+ in the NO3- non-availability, besides making use of other assimilated mechanisms as nodulation and associations of micorrizas. Key words floristic and phytosociology, cerradão, arboreous and shrub vegetation, natural regeneration, nitrate reductase activity, leaf nitrogen content, NO3-, NH4+.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEcologia vegetalpor
dc.subjectComunidades vegetaispor
dc.subjectCerradospor
dc.subjectEstação ecológica de Jataípor
dc.subjectRegeneração naturalpor
dc.subjectNitrato redutasepor
dc.titleComposição florística, estrutura fitossociológica e conteúdo de nitrogênio foliar em cerradão, Luiz Antônio, SPpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Santos, José Eduardo dos
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8533387365058570por
dc.creator.Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4766912P0por
dc.description.resumoO cerradão é uma das fisionomias florestais do bioma cerrado mais ameaçada pela expansão das atividades agrícolas. A existência de áreas remanescentes de cerradão no estado de São Paulo com diversos tamanhos e padrões de conservação mostrou a necessidade de estudos nessas áreas. No estado de São Paulo 237.918 ha de cerrado Lato sensu estão distribuídos na forma de fragmentos, que estão concentrados em duas grandes regiões, a primeira, localizada do Centro para o Norte-Nordeste e a segunda, na região Oeste do estado. A área de estudo foi um fragmento de cerradão com 1.735,55 ha, denominado Oitocentos Alqueires, localizado a Sudoeste da Estação Ecológica de Jataí no município de Luís Antônio, estado de São Paulo. Foram empregadas 25 parcelas permanentes de 250 m2. O levantamento florístico caracterizou a vegetação como um cerradão e os fundamentos dos parâmetros fitossociológicos verticais permitiram valorar as espécies através da Posição Sociológica Relativa (PSoR) e do Índice de Valor de Importância Ampliado (IVIA), os quais juntamente com a estrutura fitossociológica horizontal, denotada pelo Índice de Valor de Importância (IVI), evidenciaram a heterogeneidade e a irregularidade dos estratos do cerradão. Os resultados mostraram que a área de estudo possui um grande contingente de indivíduos arbustivos e arbóreos (5.284 indivíduos), além de um alto valor de diversidade florística (3,47 nat.ind.-1). As distribuições diamétrica e de altura revelaram abundância no componente da regeneração natural devido um grande estoque de plantas jovens que compõem o estrato inferior da comunidade. A análise da regeneração natural mostrou-se essencial na compreensão do estabelecimento, da sobrevivência e do crescimento das espécies de cerradão. O componente da regeneração mostrou que a densidade na classe superior foi de 700,80 ind.ha-1, na classe média, 4.912,0 ind.ha-1 e na inferior, 1.296, 11 ind.ha-1. Apesar da baixa densidade da classe inferior, a maioria das populações da comunidade de cerradão não demonstra problemas de regeneração e esse aspecto fica evidenciado pelo grande número de indivíduos regenerantes nos estratos superior e médio. Com base nos parâmetros fitossociológicos horizontais e verticais e na taxa de regeneração natural, 30 espécies foram selecionadas e de cada uma delas foi estimado a atividade da nitrato redutase (ANR) e a concentração de nitrogênio foliares. A análise da ANR e de conteúdo de nitrogênio foliares sugere que a atividade da enzima não está relacionada com o conteúdo de NO3- no solo e provavelmente as plantas da área de estudo utilizam outras fontes de nitrogênio, além do NO3-, provavelmente NH4+, que inclusive foi o íon predominante em relação ao NO3- no solo. As 30 espécies apresentaram uma diversificação nas estratégias de assimilação de nitrogênio utilizando como fonte, provavelmente, NO3-, NH4+, micorriza e nodulação. Quanto à taxa de nitrogênio foliar é importante ressaltar que das dez espécies de maior conteúdo de nitrogênio foliar, sete são Leguminosae, indicando que esta família possui uma eficiente adaptação na assimilação de nitrogênio. A baixa correlação da concentração de íons NO3- do solo com a ANR confirma a hipótese de que as espécies da área de estudo possuem estratégias para otimizar a assimilação de nitrogênio, provavelmente utilizando NH4+ na indisponibilidade de NO3-, além de disporem de outros mecanismos assimilatórios como nodulação e associações de micorrizas. Palavras-chave florística e fitossociologia, cerradão, vegetação arbustivo-arbórea, regeneração natural, atividade da nitrato redutase, conteúdo de nitrogênio foliar, NO3-, NH4+.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ecologia e Recursos Naturaispor
dc.subject.cnpqCIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record