Show simple item record

dc.creatorResende, Leonardo Palloni Accetti
dc.date.accessioned2016-06-02T19:32:14Z
dc.date.available2015-05-25
dc.date.available2016-06-02T19:32:14Z
dc.date.issued2015-03-06
dc.identifier.citationRESENDE, Leonardo Palloni Accetti. Comportamento e interações ecológicas entre predadores terrestres no meio hipógeo de Presidente Olegário-MG. 2015. 112 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/2134
dc.description.abstractThe subterranean environment has a set of unique ecological characteristics, like the low thermic variation, high relative humidity of the air, areas with permanent and total absence of light and the dependence of food input of the surface. Those characteristics promote distinguish ecological conditions that drive and modify the population structure and the ecological interactions of the organisms that live in the subterranean realm, generating communities unique in diversity and structure. This dissertation is the result of two years of work in a peculiar cave system located on Presidente Olegário municipality, Northwest of Minas Gerais state. We monitored seven cavities (Lapa Vereda da Palha, Lapa da Fazenda São Bernardo, Lapa Zé de Sidinei, Lapa Arco da Lapa, Lapa do Moacir, Toca do Charco e Gruta da Juruva), with the intention of answered the following questions: What is the diversity of terrestrial predators that occurs in these caves? Is the distribution of these predators in these caves random or standardized by competitive and/or predation pressures? How these predators behave? Is their behavior telling us something about their relation with the subterranean environment? To do this, we realized five fild works in that caves, where we collected the invertebrate fauna using the manual active search and Winkler extractors. Beyond that we realized field observations of the natural history and laboratory tests of five species of predators that was selected for it. We found a marvelous diversity of predators (79 species belonging to Araneae, Pseudoscorpiones, Opiliones, Scorpiones, Heteroptera, Scolopendromorpha, Geophilomorpha e Lithobiomorpha). The spiders was the most diverse and abundant of them all. Despite of all that huge variety of species, their spatial distribution inside the caves was not related with hard competition among them. The laboratorial tests show that their often coexist and share the space instead of fight and prey each 4 other. Each one of the five species selected for the tests uses the space, foraging and interact with conespecifics in a different way, then we consider that behavior differentiation an important factor of niche segregation that reduces the competition pressures. Finally, we consider the structure and ecological features of each cave another factor that can contribute to the reduction of competition pressures and allowed these caves to sustain this high number of species. Beyond that, we observed that harvestman have a richer behavioral repertorie than the spiders, they are more active, interacting with conespecifics and they spend more time moving through space. However, when we compared the behaviors of these species with their epigean relatives, we observed that there is no significant difference among then. We hypothetize that lack of difference is coused by the fact that the observed behaviors are typical for their taxonomic groups, thus their occurrence in the caves as troglophyles (Eusarcus hastatus, Loxosceles similis, Isoctenus sp. e Enoploctenus cyclothotax) or as trogloxenes (Mitogoniella taquara) couldn t be interpreted as a factor of pressure on their expressed behaviors, probably being instead an important exaptation for the establishment of the populations of these species.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Sao Carlos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Embargadopor
dc.subjectEcologia animalpor
dc.subjectCompetição (Biologia)por
dc.subjectHabitat (Ecologia)por
dc.subjectCavernaspor
dc.subjectAnimais - comportamentopor
dc.titleComportamento e interações ecológicas entre predadores terrestres no meio hipógeo de Presidente Olegário-MGpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Bichuette, Maria Elina
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8453043393798516por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6529667394125331por
dc.description.resumoO ambiente subterrâneo é único em suas características, possuindo uma baixa amplitude térmica, elevada umidade relativa do ar, áreas com ausência total e permanente de luz e dependência da superfície em relação a seus recursos alimentares. Tal conjunto de características promove condições ecológicas diferenciadas que influenciam e modificam as estruturas populacionais e interações ecológicas dos organismos que nele habitam, gerando comunidades distintas e únicas em diversidade e estrutura. A presente dissertação é resultado de dois anos de trabalho realizados em um sistema de cavernas muito peculiar localizado no município de Presidente Olegário, Noroeste de Minas Gerais. Neste sistema, monitoramos sete cavidades (Lapa Vereda da Palha, Lapa da Fazenda São Bernardo, Lapa Zé de Sidinei, Lapa Arco da Lapa, Lapa do Moacir, Toca do Charco e Gruta da Juruva), no intuito de responder às seguintes perguntas: Qual a diversidade de predadores terrestres que ocorre nessas cavernas? A distribuição desses predadores nas cavernas é aleatória ou respeita algum padrão associado às pressões competitivas e/ou de predação? Como esses predadores se comportam? Seu comportamento revela algo a respeito da sua relação com o meio subterrâneo? Para responder a essas perguntas, realizamos cinco visitas às cavernas, nas quais coletamos exemplares da fauna através de busca ativa manual. Além disso realizamos observações da história natural desses organismos em campo e observações e testes foram executados em laboratório. Encontramos uma grande diversidade de predadores terrestres, cerca de 79 espécies pertencentes a Araneae, Pseudoscorpiones, Opiliones, Scorpiones, Heteroptera, Scolopendromorpha, Geophilomorpha e Lithobiomorpha, sendo as aranhas dominantes tanto em riqueza como em abundância. Apesar da riqueza faunística a distribuição espacial destes predadores no interior das cavernas não mostrou indícios fortes de componentes de competição. Além disso, os testes laboratoriais demonstraram que entre elas ocorre mais comumente a coexistência e compartilhamento do espaço do que conflitos e predação. O comportamento distinto destes animais, na forma como eles utilizam o espaço, no forrageio e em como elas se relacionam com membros da própria espécie foram considerados importantes fatores de segregação de nicho, que tornam estas espécies isoladas ecologicamente umas das outras, provavelmente reduzindo a pressão competitiva. Explicações baseadas na estrutura e características ecológicas particulares das cavernas estudadas também são apontadas como fatores determinantes na redução da pressão competitiva permitindo a coexistência de número tão grande de espécies. Além disso, observamos que os opiliões possuem repertório comportamental mais rico que as aranhas, sendo mais ativos, interagindo com coespecíficos e utilizando uma parcela maior do tempo deslocando-se pelo espaço. Porém comparando os comportamentos dessas espécies com de espécies epígeas correlatas, observamos que não há diferença significativa entre elas, a hipótese que explica tal auxência de diferença é a de que esta é causada por serem os comportamentos observados típicos dos grupos aos quais as espécies pertencem e que portanto a ocorrência destes em cavernas, tanto como troglófilos (Eusarcus hastatus, Loxosceles similis, Isoctenus sp. e Enoploctenus cyclothotax) como trogloxenos (Mitogoniella taquara) não deve ser interpretada como um fator de pressão sobre a expressão comportamental nestes e, provavelmente seja sim uma exaptação importante no estabelecimento de populações dessas espécies.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ecologia e Recursos Naturaispor
dc.subject.cnpqCIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record