Show simple item record

dc.creatorWatanuki Filho, Adhemar
dc.date.accessioned2016-06-02T20:00:43Z
dc.date.available2012-05-08
dc.date.available2016-06-02T20:00:43Z
dc.date.issued2008-12-12
dc.identifier.citationWATANUKI FILHO, Adhemar. Desconstrução mínima e renaturalização : estudo de caso córrego do Aleixo, Barretos-SP. 2008. 198 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2008.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/4323
dc.description.abstractThe interactions of man with nature begin a journey of constant changes in space. Cities as principal product of this process of deconstruction that seeks to analyze and understand in order to establish new forms of interventions concerned with the quality of the place. This practice of deconstruction space is still not understood which ensures the production of spaces marked by the use of the technique. Thus, if one replaces existing nature artificialized by nature. The present study aimed to analyze the perspective of the concepts of deconstruction minimum and the renaturation of Aleixo Stream, the city of Barretos-SP, because it has the attributes necessary to characterize the deconstructions, techniques and common problems that occur in urban streams . To develop the research, the stream in question was divided into five sections, from its source to its encounter with the treatment plant in the city, where aspects of deconstruction were evaluated from the perspective of land use, water and border areas green. Other aspects evaluated were the interventions proposed by the Municipality, with the design of Vale Avenue Fund, that instead of proposing a renaturation replace part of the heritage and border water, with foreclosures, such as point solutions to the problems of urban drainage the municipality. These flooding problems are perhaps an 'alert', instituted by nature, and that can be solved, provided that the anthropic action applied to these spaces is done in a more conscious and socially engaged. To do so, the application of the concepts of deconstruction is the minimum that can ensure the production of balanced spaces. And in cases where the "works" engineering is already consolidated, the use of instruments of intervention as the renaturation becomes essential in the design of more natural environments.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPlanejamento urbanopor
dc.subjectDesconstrução espacialpor
dc.subjectDesconstrução mínimapor
dc.subjectRenaturalização do espaçopor
dc.subjectDeconstruction of spaceeng
dc.subjectRenaturalizationeng
dc.subjectFrontiers of watereng
dc.subjectDeconstruction Minimumeng
dc.titleDesconstrução mínima e renaturalização : estudo de caso córrego do Aleixo, Barretos-SPpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Francisco, José
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4783193H6por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3882023256298363por
dc.description.resumoAs interações do homem com a natureza dão início a uma caminhada de constantes transformações no espaço. As cidades como produto importante desse processo de desconstrução espacial é o que se procura analisar e entender, com o intuito de estabelecer novas formas de intervenções preocupadas com a qualidade do lugar. Essa prática de desconstrução espacial ainda incompreendida é o que garante a produção de espaços marcados pelo uso da técnica. Assim, substitui-se uma natureza existente por uma natureza artificializada. O presente estudo se propôs a analisar sob a ótica dos conceitos de desconstrução mínima e renaturalização o Córrego do Aleixo, do município de Barretos-SP, pois este apresenta os atributos necessários para caracterizar as desconstruções, as técnicas e problemas comuns que ocorrem em córregos urbanos. Para o desenvolvimento da pesquisa, o córrego em questão foi dividido em cinco trechos, da sua nascente até seu encontro com a estação de tratamento do município, onde foram avaliados aspectos de desconstrução sob a ótica do uso do solo, fronteiras d água e áreas verdes. Outros aspectos avaliados foram as intervenções propostas pela Prefeitura Municipal, com o projeto Avenida Fundo de Vale, que ao invés de propor uma renaturalização substituirá parte do patrimônio histórico e das fronteiras d água, com desapropriações, como soluções pontuais para os problemas de drenagem urbana do município. Esses problemas de enchentes talvez sejam um alerta , instituído pela própria natureza, eque pode ser resolvido, desde que, a ação antrópica aplicada a esses espaços seja realizada de forma mais consciente e engajada socialmente. Para tanto, a aplicação dos conceitos de desconstrução mínima é o que pode garantir a produção de espaços equilibrados. E nos casos, onde as obras de engenharia já se encontram consolidadas, a utilização de instrumentos de intervenção como a renaturalização passa a ser indispensável na concepção de ambientes mais naturais.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Engenharia Urbana - PPGEUpor
dc.subject.cnpqENGENHARIASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record