Show simple item record

dc.creatorIritani, Mateus Rodrigues
dc.date.accessioned2016-06-02T20:06:01Z
dc.date.available2009-06-05
dc.date.available2016-06-02T20:06:01Z
dc.date.issued2008-06-13
dc.identifier.citationIRITANI, Mateus Rodrigues. Modelos de sobrevivência de longa-duração : uma abordagem unificada. 2008. 79 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2008.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/4521
dc.description.abstractIn survival analysis some studies show a meaningful cure rate after treatment followup, so considering standard survival models can not be appropriate. In this work is extended the long-term survival model proposed by Chen, Ibrahim and Sinha (1999) via generating function of a real sequence introduced by Feller (1967). This new formulation is the uni_cation of the long-term survival models proposed by Rodrigues el al. (2008). Also, as in Rodrigues el al. (2008) it is shown that the long-term survival generating function satis_es the proportional hazard property if only if the number of competing causes related to the occurence of a event of interest follows a Poisson distribution. A real data set is considered to illustrate this approach.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAnálise de sobrevivênciapor
dc.subjectDistribuição de Poissonpor
dc.subjectDistribuição binomialpor
dc.subjectFunção geradorapor
dc.subjectRisco competitivopor
dc.subjectLong-term survivaleng
dc.subjectPoissoneng
dc.subjectBernollieng
dc.subjectCompeting riskseng
dc.subjectGenerating Functioneng
dc.subjectProportional hazards functionseng
dc.titleModelos de sobrevivência de longa-duração : uma abordagem unificadapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Rodrigues, Josemar
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4359114733394761por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0708696789943505por
dc.description.resumoEm análise de sobrevivência, determinados estudos caracterizam-se por apresentar uma fração significativa de sobreviventes, ou seja, pacientes em tratamento que não apresentaram o evento de interesse, mesmo após um longo período de acompanhamento. Assim considerar modelos de sobrevivência usuais, que assumem que a função de sobrevivência converge para zero quando a variável tempo tende a infinito, pode não ser adequado. Nesse trabalho é apresentado uma extensão do modelo proposto por Chen, Ibrahim e Sinha (1999), usando a função geradora de uma sequência de números reais introduzida por Feller (1967). Essa extensão possibilitou o desenvolvimento de uma teoria unificada para os modelos de sobrevivência de longa-duração, Rodrigues et al. (2008). Mostra-se que modelos já existentes na literatura são considerados casos particulares da teoria unificada, por exemplo, o modelo de Berkson & Gage (1952). Também tem-se em Rodrigues et al. (2008), que a função geradora de longa-duração satisfaz a propriedade de risco proporcional se, e somente se, o número de causas competitivas relacionadas a ocorrência do evento de interesse segue uma distribuição de Poisson. Como ilutração utiliza-se um conjunto de dados reais.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Estatísticapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS EXATAS E DA TERRA::PROBABILIDADE E ESTATISTICA::ESTATISTICApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record