Show simple item record

dc.creatorNoboa Filho, Salvador
dc.date.accessioned2016-06-02T20:09:06Z
dc.date.available2007-10-31
dc.date.available2016-06-02T20:09:06Z
dc.date.issued2007-06-14
dc.identifier.citationNOBOA FILHO, Salvador. Sobre o emprego de tijolos e blocos de vedação com função estrutural em edificações de pequeno porte.. 2007. 341 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2007.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/4615
dc.description.abstractThe small and medium size, ground or one floor constructions in the inner São Paulo state, specially the residential ones, are predominantly build with massive ceramic brick or structural function closure blocks without structural concrete (beam or columns). This is known as resistant masonry. This building way is not standardized in Brazil. It shows one similarity to structural masonry: the resistant masonry concept, or the masonry besides the closure function, is also the main structural element. Nevertheless, it does not attend to others construction process characteristics, like dimension and detail process (project), material and execution technological control. In this kind of work, the masonry resistance specification is empirical determined, largely supported by the local workers professional experience and, eventually, by an engineer, documented solely by a city hall standard This study is focused on the resistant masonry building. The usual techniques are discussed ant the main criterion witch may be applied to the wall s dimension according to the Brazilian, British and European community rules. Using representative examples, find out calculations requested by walls are estimated according to different hypothesis of vertical loads distribution, the resistant capacity according to the dimension criterion applied by the Brazilian (adapted if necessary), British and European rules are determined; this values are then compared with the resistance of prism of varied material kinds used in this constructions (brick and blocks) obtained in tests. Based on these results, the structural viability is assessed. One of the many conclusions is the potential suitable use of the massive brick and the relevance of the international standard adoption to the dimension process, to fulfill the small building Brazilian structural masonry standard omission.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAlvenariapor
dc.subjectAlvenaria estruturalpor
dc.subjectDimensionamentopor
dc.subjectTijolospor
dc.subjectMasonryeng
dc.subjectStructureeng
dc.subjectDesigneng
dc.subjectProjecteng
dc.subjectBrickseng
dc.subjectSmall constructionseng
dc.titleSobre o emprego de tijolos e blocos de vedação com função estrutural em edificações de pequeno porte.por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Furlan Júnior, Sydney
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4784209U3por
dc.description.resumoA construção de edificações térreas e assobradadas de pequeno e médio porte no interior do estado de São Paulo, especialmente para fins residenciais, é predominantemente realizada segundo processos construtivos tradicionais, nos quais se empregam tijolos cerâmicos maciços ou blocos de vedação com função estrutural, que servem de apoio para as lajes e eventual segundo pavimento. Os painéis de alvenaria são amarrados por escalonamento dos elementos, sem estrutura de concreto (vigas e pilares). É o que se denomina alvenaria resistente. Esse particular modo de construir não possui respaldo em normas técnicas específicas. Ele apresenta uma similaridade fundamental com a alvenaria estrutural: o conceito da alvenaria resistente, ou seja, o elemento alvenaria, além da função de vedação, é o principal elemento estrutural. No entanto, não atende aos demais importantes requisitos característicos dos processos construtivos em alvenaria estrutural, quais sejam: cálculo racional com segurança estabelecida, previsão de resistência mecânica dos elementos, projeto detalhado (modulação, instalações hidro-sanitárias e elétricas compatíveis com a integridade das paredes), controle tecnológico e de execução, entre outros. Nestas obras, a especificação da alvenaria resistente ocorre de forma empírica, quase sempre com base na experiência profissional de pedreiros e, eventualmente, de engenheiros, documentada apenas num projeto padrão de prefeitura. Neste trabalho se explora este universo das construções em alvenaria resistente. Discutem-se as técnicas usualmente empregadas na sua execução e se apresentam os principais critérios que podem ser utilizados no dimensionamento das paredes conforme as normas brasileira, britânica e da comunidade européia. Através de exemplos representativos, calculam-se as solicitações nas paredes segundo diferentes hipóteses de distribuição do carregamento vertical; quantifica-se a capacidade resistente segundo os critérios de dimensionamento utilizados pelas normas brasileira (com as adaptações necessárias), britânica e européia. E comparam-se estes valores com a resistência de prisma de diversos tipos de unidades empregadas na execução destas edificações, obtidos em ensaios realizados. A partir destes resultados, analisa-se a viabilidade estrutural destas construções. Entre outras conclusões, destaca-se o bom potencial de uso do tijolo maciço e a pertinência de uso das normas internacionais para o dimensionamento, que preenchem importante lacuna da norma brasileira de alvenaria estrutural para edificações de pequeno porte.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Estruturas e Construção Cívilpor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVILpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record