Show simple item record

dc.creatorGomes, Nivaldo de Almeida
dc.date.accessioned2016-06-02T20:09:24Z
dc.date.available2007-08-21
dc.date.available2016-06-02T20:09:24Z
dc.date.issued2006-02-22
dc.identifier.citationGOMES, Nivaldo de Almeida. Estruturas de concreto armado em ambiente urbano: avaliação de carbonatação à luz das recomendações da NBR 6118:2003.. 2006. 112 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2006.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/4716
dc.description.abstractThis present paper evaluates the depth of carbonation of concrete test samplers taken from existing buildings where it was possible to recover the registers of concreting such as: date of execution, concrete mixture proportions, compression resistance and design specifications allowing the establishment of the cover thickness foreseen during the design phase with the thickness of carbonation according to the exposure time. These buildings that are in Ribeirão Preto City, in the State of São Paulo had their structures designed and started in the ninety s decade under the rules and recommendations of NBR 6118:1980, specially about the protection of the steel reinforcement by the thickness of the concrete cover, and their construction stopped until the concrete test samplers were extracted for this research. The results allow of the affirmation that the depth of carbonation had already reached significant levels indicating the need of protection or structural recovery of the elements researched. Parallel there was a simulation to get to know the results in these structures using the rules of NBR 6118:2003 to cover the steel reinforcement. The conclusion was, in most cases, the steel reinforcement still had a significant protection if the parameters used were according to the recommendations of this norm, and then, light interventions were needed to restart the construction.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectConcretopor
dc.subjectCarbonatação do concretopor
dc.subjectConcreto armado - normalizaçãopor
dc.subjectDurabilidadepor
dc.subjectConcreto - ensaiospor
dc.subjectDurabilityeng
dc.subjectConcreteeng
dc.subjectCarbonationeng
dc.subjectStandardizationeng
dc.subjectConcrete Structureseng
dc.titleEstruturas de concreto armado em ambiente urbano: avaliação de carbonatação à luz das recomendações da NBR 6118:2003.por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Sales, Almir
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4785912Y2por
dc.description.resumoNa presente pesquisa avaliou-se a profundidade de carbonatação em corpos de prova extraídos de edifícios, nos quais foi possível resgatar os registros de concretagem, como data de execução, traço do concreto, controle da resistência à compressão e especificações de projeto, permitindo estabelecer relações das espessuras de cobrimento previstas em projeto com a espessura carbonatada, em função do tempo de exposição. Estes edifícios estão localizados na cidade de Ribeirão Preto no Estado de São Paulo, cujas estruturas foram projetadas e iniciadas na década de noventa, sob os preceitos e recomendações da NBR 6118:1980, principalmente no que diz respeito à proteção às armaduras através da especificação da espessura camada do concreto de cobrimento, e tiveram suas obras paralisadas até o momento da extração de corpos de prova para a presente pesquisa. Os resultados obtidos permitem afirmar que a profundidade de carbonatação já atingiu níveis significativos que indicam a necessidade de proteção ou recuperação estrutural dos elementos estudados. Paralelamente, simulou-se quais seriam os reflexos nestas estruturas, adotando-se os parâmetros para cobrimento das armaduras prescritos na NBR 6118:2003, a partir da qual pôde se concluir que, na maioria dos casos, as armaduras ainda possuiriam significativa proteção se os parâmetros adotados estivessem compatíveis com as recomendações dessa norma, necessitando-se apenas de intervenções brandas para a retomada da construção.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Estruturas e Construção Cívilpor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::CONSTRUCAO CIVILpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record