Show simple item record

dc.creatorFerraz, Jorge Ronan
dc.date.accessioned2016-06-02T20:16:48Z
dc.date.available2012-01-05
dc.date.available2016-06-02T20:16:48Z
dc.date.issued2011-10-02
dc.identifier.citationFERRAZ, Jorge Ronan. Efeito de absorção em espalhamento de elétrons por molécula de formaldeido. 2011. 83 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5035
dc.description.abstractThis master's project's main objective is to study the effects of absorption in the elastic scattering of electrons by molecules of formaldehyde (CH2O). We calculated differential cross sections (SCD), integral cross sections (SCI) and cross sections for momentum transfer (SCTM) for elastic scattering and total cross sections (SCT) and cross sections of total absorption (SCAT) for incident electron energies in the range 0.2 to 500 eV. The absorption effects were included using a complex optical potential to describe electron-molecule interaction. The imaginary part of this potential corresponds to an absorption potential. In our calculations the potential to absorb a potential model used was proposed by our group in 2007 and known in literature as SQFSM (scaled quasi-free scattering model). This optical potential was used in the numerical solution of the Lippmann-Schwinger equation to obtain the wave functions of the continuum describing the incident and scattered electrons, which are used to calculate scattering amplitudes and the corresponding cross sections. The numerical solution was obtained by the technique of Padé approximants of the combined use of the method of partial wave expansion. The strong permanent electric dipole of the target leads to a well-known difficulty of convergence of these expansions, outlined in our study by using the technique of complementation using the First Born approximation. Our results highlight the importance of including absorption effects in the study of elastic e--CH2O collisions. In general, such effects are associated with loss of elastically scattered electrons flow due to the opening of inelastic processes that compete with the elastic process. So they arise whenever the incident electron energy is sufficient to excite electronically the target, but its relevance to the elastic process depends on the target under study. In the case of formaldehyde molecule, the energy for the first excited state (ã3A2) is 3.45 eV and the first ionization potential is 10.88 eV. Despite these values, our calculations show that the inclusion of the absorption potential for does not significantly alter the values of the various cross section to energies up to 15 eV, but from this value leads to a reduction in the values of SCD, such reduction grows with energy until the range between 100 and 200 eV, which reaches about 50% and decreases for energies above them. viii Our results were compared with several theoretical and experimental results available in literature. Unfortunately the only published experimental reports measurements of SCD in the range 0.4 to 2.6 eV. On the other hand, there are several theoretical studiies published that report cross sections for energies up to 80 eV. In general our results agree well with literature data.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEspalhamento (Física)por
dc.subjectFísica nuclearpor
dc.subjectFísica molecularpor
dc.titleEfeito de absorção em espalhamento de elétrons por molécula de formaldeidopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Machado, Luiz Eugenio
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1364862671456515por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1788681502536563por
dc.description.resumoEste projeto de mestrado tem como objetivo principal estudar os efeitos de absorção no espalhamento elástico de elétrons por moléculas de formaldeído (CH2O). Foram calculadas seções de choque diferenciais (SCD), seções de choque integrais (SCI) e seções de choque de transferência de momento (SCTM) para o espalhamento elástico, bem como seções de choque total (SCT) e seções de choque de absorção total (SCAT) para energias do elétron incidente no intervalo de 0,2 a 500 eV. Os efeitos de absorção foram incluídos com o uso de um potencial óptico complexo para descrever a interação elétron-molécula. A parte imaginária deste potencial corresponde a um potencial de absorção. Em nossos cálculos o potencial de absorção utilizado foi um potencial modelo proposto pelo nosso grupo em 2007 e conhecido na literatura como SQFSM (do inglês scaled quasi-free scattering model). Este potencial óptico foi utilizado na solução numérica da equação de Lippmann- Schwinger para a obtenção das funções de onda do contínuo que descrevem os elétrons incidente e espalhado, as quais são usadas para calcular as amplitudes de espalhamento e as correspondentes seções de choque. A solução numérica foi obtida pela técnica dos aproximantes de Padé conjugada à utilização do método de expansão em ondas parciais. O forte dipolo elétrico permanente do alvo leva a uma conhecida dificuldade de convergência destas expansões, contornada em nosso estudo pela utilização da técnica de complementação utilizando a Primeira Aproximação de Born. Nossos resultados evidenciam a importância da inclusão dos efeitos de absorção no estudo das colisões elásticas e--CH2O. De um modo geral, tais efeitos são associados à perda de fluxo de elétrons espalhados elasticamente, devido à abertura de processos inelásticos que competem com o processo elástico. Assim eles surgem sempre que a energia do elétron incidente for suficiente para excitar eletronicamente o alvo, mas a sua relevância para o processo elástico depende do alvo em estudo. No caso da molécula de formaldeído a energia de excitação para o primeiro estado excitado (ã3A2) é de 3,45 eV e o primeiro potencial de ionização é de 10.88 eV. Apesar destes valores, nossos cálculos mostram que a inclusão do potencial de absorção não altera significativamente os valores das diversas secções de choque para energias até cerca de 15 eV, mas a partir deste valor, leva a uma redução dos valores de SCD, redução esta que cresce com a energia até a faixa entre 100 e 200 eV, em que chega a cerca de 50%, e é decrescente para energias acima destas. vi Nossos resultados foram comparados com vários resultados teóricos e experimentais disponíveis na literatura. Infelizmente o único trabalho experimental publicado se refere a medidas de SCD na faixa de 0,4 a 2,6 eV. Por outro lado, existem vários trabalhos teóricos publicados que reportam seções de choque para energias até 80 eV. Em geral nossos resultados concordam bem com os dados da literatura.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Físicapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS EXATAS E DA TERRA::FISICA::FISICA ATOMICA E MOLECULARpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record