Show simple item record

dc.creatorCamargo, Paula Rezende
dc.date.accessioned2016-06-02T20:19:06Z
dc.date.available2007-11-14
dc.date.available2016-06-02T20:19:06Z
dc.date.issued2007-02-28
dc.identifier.citationCAMARGO, Paula Rezende. Avaliação e tratamento fisioterapêutico em trabalhadores portadores da síndrome do impacto do ombro.. 2007. 124 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2007.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5213
dc.description.abstractThis study evaluated the effectiveness of a standardized supervised therapeutic program performed during working hours on physical function and pain in workers with shoulder impingement stages I and II. Methods: Fourteen assembly line male workers (31.93 ± 5.86 years) with unilateral shoulder impingement stages I and II. The Disabilities of the Arm, Shoulder and Hand (DASH) questionnaire evaluated function of the upper limbs. The McGill Pain Questionnaire quantified the pain by the number of words chosen and the pain rating index (PRI). Physical performance was evaluated by torque, total work and acceleration time that were measured bilaterally during isokinetic concentric abduction and lateral and medial rotations in the scapular plane, at 60°/s and 180°/s. Subjects completed an eight-week intervention program, consisting of cryotherapy, strengthening and stretching exercises, performed twice a week during working hours, and they were evaluated pre- and post-intervention. Results: DASH scores improved (P < 0.05) and the number of words chosen and PRI decreased (P < 0.05) at post-intervention. Torque improved (P < 0.05) in the abduction at 60°/s and in the medial rotation for both speeds after the therapeutic intervention. Total work increased (P < 0.05) at post-intervention for abduction and medial rotation at 60°/s and 180°/s. Acceleration time decreased (P < 0.05) in the abduction at 180°/s compared to the pre-intervention period. No changes were observed (P > 0.05) in any variable during lateral rotation. Conclusion: A rehabilitation program performed during working hours seems to improve symptom and physical performance in workers with shoulder impingement stages I and II.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectExercícios terapêuticospor
dc.subjectOmbropor
dc.subjectSubacromialpor
dc.subjectFortalecimento muscularpor
dc.subjectExercícios de alongamentopor
dc.subjectAbdução do ombropor
dc.subjectRehabilitationeng
dc.subjectStrengtheningeng
dc.subjectStretchingeng
dc.subjectCryotherapyeng
dc.titleAvaliação e tratamento fisioterapêutico em trabalhadores portadores da síndrome do impacto do ombro.por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Salvini, Tânia de Fátima
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4783618J3por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7602596349127054por
dc.description.resumoEste estudo avaliou a efetividade um programa terapêutico, supervisionado e padronizado e realizado durante a jornada de trabalho, na função física e na dor de trabalhadores portadores da síndrome do impacto graus I e II. Métodos: Foram avaliados quatorze trabalhadores (idade média de 31,93 ± 5,86 anos), do sexo masculino, de uma linha de produção de uma indústria de material escolar portadores da síndrome do impacto unilateral, graus I e II de Neer.O questionário Disabilities of the Arm, Shoulder and Hand (DASH) avaliou a função do membro superior. Por meio do questionário McGill de dor, a dor foi quantificada pelo número de palavras escolhidas e pelo índice de avaliação da dor (IAD). O desempenho físico foi avaliado por meio do torque, trabalho total e tempo de aceleração que foram medidos bilateralmente durante movimentos isocinéticos concêntricos de abdução e rotação lateral e medial, no plano da escápula, a 60°/s e 180°/s. Os sujeitos realizaram, durante a jornada de trabalho, um programa de intervenção que consistiu de crioterapia, fortalecimento com bandas elásticas e alongamento. A intervenção foi realizada duas vezes por semana, por oito semanas. A avaliação foi realizada pré e pósintervenção. Resultados: No período pós-intervenção, as pontuações do DASH melhoraram (P < 0,05) e o número de palavras escolhidas e o IAD diminuíram (P < 0,05). O torque melhorou (P < 0,05) na abdução a 60°/s e na rotação medial em ambas as velocidades após o período de intervenção terapêutica. O trabalho total aumentou (P < 0,05), após a intervenção, na abdução e na rotação medial a 60°/s e 180°/s. O tempo de aceleração diminuiu (P < 0,05) na abdução a 180°/s quando comparado ao período préintervenção. Não houve alterações (P > 0,05) em nenhuma variável durante a rotação lateral. Conclusão: Um programa de reabilitação realizado durante a jornada de trabalho parece melhorar os sintomas e a função dos trabalhadores portadores da síndrome do impacto graus I e II de Neer.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Fisioterapiapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record