Show simple item record

dc.creatorWanderley, Fábio da Silva
dc.date.accessioned2016-06-02T20:19:11Z
dc.date.available2009-08-28
dc.date.available2016-06-02T20:19:11Z
dc.date.issued2009-08-21
dc.identifier.citationWANDERLEY, Fábio da Silva. Efeito de estímulos vibratórios aplicados na região plantar sobre o equilíbrio corporal de idosas. 2009. 63 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2009.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5250
dc.description.abstractObjective: To determine the effect of vibration stimuli with 100 Hz frequency, applied to the plantar region, the body balance in women aged less than 60 years. Method: We selected 30 women aged less than 60 years with lack of static balance measured by the test support Unipodal with eyes open. The participants were randomly divided into an experimental group and a control group. All subjects were evaluated by four additional tests: the test Unipodal support with eyes closed, the Time Up and Go test, the Functional Reach test adapted, and Static Posturography evaluated using the force platform. A study was conducted blind, and the evaluators did not know to which group subjects were. The subjects in the experimental group received vibration therapy applied directly in the plant with 100 Hz frequency and oscillation of 2 mm. We performed 24 sessions of vibration stimuli, applied by the same physiotherapist. We analyzed the changes of the average number of individuals by two-way ANOVA with Tukey test as post-hoc to the data showing normal, and for not presenting normality test was used to Friedman. The comparison of the averages of the groups, experimental and control, was done using the one-way ANOVA for data presented normal and Kruskal-Wallis test for those who did not show normality. Results: We found significant differences between experimental and control groups in the third assessment of the Functional Reach test adapted in the speed of oscillation of the center of anterior-posterior pressure with the eyes open and closed and the area of Oscillation of the center of pressure with eyes closed. In examining the three evaluations of the intervention group was found to improve body balance in the Functional Reach test adapted in the speed of oscillation of the center of anterior-posterior pressure with the eyes open and closed and the area of Oscillation of the center of pressure with eyes closed. In the control group there was no statistically significant difference in any of the tests. Conclusion: The vibration stimuli applied to the plantar region, with 100 Hz frequency, showed beneficial effects on body balance in women over 60 years, being more effective in postural control of anteriorposterior axis and during the deprivation of vision.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFisioterapiapor
dc.subjectEletroterapiapor
dc.subjectEquilíbrio musculoesqueléticopor
dc.subjectEnvelhecimento - aspectos fisiológicospor
dc.subjectAcidentes por quedaspor
dc.subjectVibroterapiapor
dc.subjectPhysical therapyeng
dc.subjectVibration therapyeng
dc.subjectMusculoskeletal balanceeng
dc.subjectChanges of agingeng
dc.subjectAccidents byeng
dc.titleEfeito de estímulos vibratórios aplicados na região plantar sobre o equilíbrio corporal de idosaspor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Rebelatto, José Rubens
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1684247449456330por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3866913143880127por
dc.description.resumoObjetivo: verificar o efeito dos estímulos vibratórios com 100 Hz de freqüência, aplicados na região plantar, sobre o equilíbrio corporal de mulheres com idade igual ou superior a 60 anos. Método: Foram selecionadas 30 mulheres com idade igual ou superior a 60 anos com déficit de equilíbrio estático avaliado pelo teste de Apoio Unipodal com os olhos abertos. As participantes foram divididas aleatoriamente em grupo Experimental e grupo Controle. Todos os indivíduos foram avaliados por mais quatro testes: o teste de Apoio Unipodal com os olhos fechados; o Time Up and Go test; o teste de Alcance Funcional adaptado; e a Posturografia Estática avaliada por meio da plataforma de força. Foi realizado um estudo cego, sendo que os avaliadores não sabiam em que grupo os indivíduos estavam. Os sujeitos do grupo Experimental receberam terapia vibratória aplicada diretamente na região plantar com 100 Hz de freqüência e oscilação de 2 mm. Foram realizadas 24 sessões de estímulos vibratórios, aplicados pelo mesmo fisioterapeuta. Foram analisadas as evoluções das médias dos indivíduos pelo two-way ANOVA com o teste de Tukey como post-hoc para os dados que apresentavam normalidade; e para os que não apresentavam normalidade foi utilizado o teste de Friedman. A comparação das médias dos grupos, experimental e controle, foi realizada por meio do one-way ANOVA para os dados que apresentaram normalidade e do teste de Kruskal-Wallis para os que não apresentaram normalidade. Resultados: Foram encontradas diferenças significativas entre os grupos Experimental e Controle na terceira avaliação do teste de Alcance Funcional adaptado, na Velocidade de Oscilação do centro de pressão ântero-posterior com os olhos abertos e fechados e na Área de Oscilação do centro de pressão com os olhos fechados. Ao analisar as três avaliações do grupo de Experimental foi detectada melhoria do equilíbrio corporal no teste de Alcance Funcional adaptado, na Velocidade de Oscilação do centro de pressão ântero-posterior com os olhos abertos e fechados e na Área de Oscilação do centro de pressão com os olhos fechados. No grupo controle não houve diferença estatisticamente significativa em nenhum dos testes aplicados. Conclusão: Os estímulos vibratórios aplicados na região plantar, com 100 Hz de freqüência, apresentaram efeitos benéficos no equilíbrio corporal de mulheres acima de 60 anos, sendo mais efetivo no controle postural do eixo ântero-posterior e durante a privação da visão.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Fisioterapiapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record