Show simple item record

dc.creatorSacramento, Luciane da Silva
dc.date.accessioned2016-06-02T20:19:22Z
dc.date.available2014-02-24
dc.date.available2016-06-02T20:19:22Z
dc.date.issued2014-01-10
dc.identifier.citationSACRAMENTO, Luciane da Silva. Caracterização do limiar de dor e presença de pontos gatilho de dor em crianças típicas comparação com adultos saudáveis. 2014. 78 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5320
dc.description.abstractMyofascial pain, represented by points miofascias trigger (MTrPs), has a high prevalence in healthy adults. However, in the case of children, it is not known very well for its occurrence, and even if she is related to dominance and the sensitivity of these individuals before external stimuli, as occurs in pain assessed by pressure pain threshold (PPT). The objectives of this study were to identify the possible presence of MTrPs in typical children featuring their PPTs in the scapular region, and to verify the relationship between the two variables (MTrPs and PPTs). These results were obtained from healthy adults were also compared. Were selected 35 adults (14 men and 21 women; 23, 43 ± 3.42 years; 1.70 ± 0.10 m; 62.90 ± 10.98 kg) and 35 children (15 boys and 20 girls; 9.14 ± 1.68 years; 1.38 ± 0.10 m; 32.41 ± 7.02 kg), with no history of shoulder pathology or cervical spine. All participants underwent investigation with respect to the presence of MTrPs the shoulder musculature and evaluation of the PPT in the regions of neck, shoulder and anterior tibial, by the standards validated in the literature.The X² test was used to compare the distribution of each muscle in latent trigger points (latent TrPs) between groups. After the analysis of normality, parametric tests (test - Student's t for paired and unpaired) and nonparametric (U-Mann Whitney and Wilcoxon tests) were used to compare the amount of PPTs and latent TrPs between groups and sides. Children showed fewer latent TrPs (0.94 ± 1.34) than adults (2.02 ± 2.18). The upper trapezius muscle was more affected by MTrPs reaching 13 adults on the dominant side. The children had lower PPTs compared to healthy adults (P< 0.05). All PPTs correlated with each other in both groups moderately/high. Only adults showed correlations between the amount of latent TrPs and on both sides in total and PPTs. It is concluded that typical children have fewer and smaller latent TrPs and PPTs compared to healthy adults demonstrated to be more sensitive to pain. The pressure sensitive shoulder correlates with the presence of latent TrPs in asymptomatic adults, in other words, children PPTs are associated with increased presence of latent TrPs pattern lacking in children.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFisioterapiapor
dc.subjectCriançaspor
dc.subjectLimiar de dorpor
dc.subjectPontos gatilhopor
dc.subjectChildeng
dc.subjectPain thresholdeng
dc.subjectTrigger pointseng
dc.titleCaracterização do limiar de dor e presença de pontos gatilho de dor em crianças típicas comparação com adultos saudáveispor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Sendín, Francisco Alburquerque
dc.contributor.advisor1LattesAlburquerque Sendín, F.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6367201940182830por
dc.description.resumoA dor miofascial, representada pelos pontos gatilho miofascias (PGMFs), apresenta elevada prevalência em adultos saudáveis. No entanto, no caso das crianças, não se conhece muito bem a sua ocorrência, e nem se ela está relacionada com a dominância e com a sensibilidade desses indivíduos diante de estímulos externos, como ocorre nas dores avaliadas pelo limiar de dor à pressão (LDP). Os objetivos do presente estudo foram: identificar a possível presença de PGMFs em crianças típicas caracterizando seus LDPs na região da cintura escapular, além de verificar a relação entre ambas as variáveis (PGMFs e LDPs). Também foram comparados estes resultados aos obtidos em adultos saudáveis. Foram selecionadas 35 crianças (15 meninos e 20 meninas; 9,14 ±1,68 anos; 1,38 ±0,10 m; 32,41 ±7,02 kg) e 35 adultos (14 homens e 21 mulheres; 23,43 ±3,42 anos; 1,70 ±0,10 m; 62,90 ±10,98 kg) sem histórico de patologias no ombro ou coluna cervical. Todos os participantes foram submetidos à investigação com relação à presença de PGMFs na musculatura do ombro e à avaliação do LDP nas regiões de pescoço, ombro e tibial anterior, segundo os padrões validados na literatura. O teste X² foi usado para comparar a distribuição dos pontos gatilho latentes (PGLs) em cada músculo entre os grupos. Após a análise de normalidade, os testes paramétricos (Teste-t de Student para dados pareados e para não pareados) e não paramétricos (U-Mann-Whitney e Wilcoxon) foram aplicados para comparar os LDPs e a quantidade de PGLs entre grupos e lados. As crianças apresentaram menor quantidade de PGLs (0,94 ±1,34) do que adultos (2,02 ±2,18). O trapézio superior foi o músculo mais afetado por PGMFs atingindo 13 adultos no lado dominante. As crianças apresentaram menor LDP comparado aos adultos saudáveis (P<0,05). Todos os LDPs correlacionaram entre si em ambos os grupos de forma moderada/alta. Somente os adultos apresentaram correlações entre a quantidade de PGLs em ambos os lados e no total e os LDPs. Conclui-se que crianças típicas apresentam menor quantidade de PGLs e menores LDPs comparado aos adultos saudáveis demonstrando serem mais sensíveis à dor e à pressão. A sensibilidade à pressão no ombro se correlaciona com a presença de PGLs em adultos assintomáticos, ou seja, menores LDPs associam-se com maior presença de PGLs, padrão inexistente nas crianças.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Fisioterapiapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record