Show simple item record

dc.creatorReis, Ivanize Mariana Masselli dos
dc.date.accessioned2016-06-02T20:19:26Z
dc.date.available2015-04-02
dc.date.available2016-06-02T20:19:26Z
dc.date.issued2015-02-26
dc.identifier.citationREIS, Ivanize Mariana Masselli dos. Eletromiografia de superfície em músculos inspiratórios de indivíduos adultos e idosos: revisão sistemática. 2015. 62 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/5344
dc.description.abstractIntroduction: Electromyography (EMG) contributes to the evaluation of disorders and pulmonary changes, since impairments in the respiratory muscles function are associated to the development of diseases. There are wide variety of methods and protocols applied to collect and analyze EMG obtained from respiratory muscles, demonstrating the absence of padronization. Objective: To identify the most commonly procedures applied to record surface EMG (sEMG) of inspiratory muscles in adults and elderly individuals, through a systematic review. Method: Studies published from January 1995 until March 2014 were searched through the keywords (breathing OR respiratory OR inspiratory) AND (electromyography OR EMG) AND (muscle activity OR muscular activity OR muscle activation OR muscular activation OR evaluation OR assessment OR effect) in the following electronic databases: Web of Science, PubMed, LILACS, EBSCO and Embase. Only studies evaluating sEMG in inspiratory muscles were included. Results: We identified 5410 titles and 64 studies, published in English, were included. A great variability of methods applied both record and process/analyze data were found. In general, the description presented by the studies is poor. Conclusion: The most commonly procedures applied were identified and the results obtained did not allow the synthesis of practical/clinical evidences which allow provide immediate recommendations for standardization of the methods to apply sEMG in inspiratory muscles. Thus, methodological studies with objective comparisons are fundamental to the advancement toward standardization.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFisioterapia respiratóriapor
dc.subjectMúsculos respiratóriospor
dc.subjectDiafragmapor
dc.subjectEsternocleidomastóideopor
dc.subjectIntercostaispor
dc.subjectRespiratory muscleseng
dc.subjectRespiratory muscular activityeng
dc.subjectDiaphragmeng
dc.subjectSternomastoideng
dc.subjectIntercostaleng
dc.subjectPhysiotherapyeng
dc.titleEletromiografia de superfície em músculos inspiratórios de indivíduos adultos e idosos: revisão sistemáticapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Jamami, Maurício
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=E463020por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8604255812757147por
dc.description.resumoIntrodução: A eletromiografia (EMG) contribui para a avaliação de distúrbios e alterações pulmonares, uma vez que modificações no desempenho da musculatura respiratória estão associadas ao desenvolvimento de doenças. Há ampla variedade de métodos e protocolos empregados na coleta e análise do sinal EMG de músculos respiratórios, demonstrando a inexistência de padronização. Objetivo: Identificar os procedimentos mais comumente empregados na avaliação eletromiográfica de superfície (sEMG) de músculos inspiratórios em indivíduos adultos e idosos, por meio de uma revisão sistemática. Método: Estudos publicados no período de Janeiro de 1995 até Março de 2014 foram localizados a partir das palavras-chave (breathing OR respiratory OR inspiratory) AND (electromyography OR EMG) AND (muscle activity OR muscular activity OR muscle activation OR muscular activation OR evaluation OR assessment OR effect) nas seguintes bases eletrônicas: Web of Science, PubMed, LILACS, EBSCO e Embase. Apenas estudos que avaliaram sEMG em músculos inspiratórios foram incluídos. Resultados: Foram identificados 5410 títulos e, após a seleção, 64 estudos, publicados na língua inglesa, foram incluídos. Os resultados indicam grande variabilidade nos métodos empregados, tanto para obtenção quanto no processamento e análise dos sinais. Foram identificadas falhas na descrição dos procedimentos aplicados. Conclusão: Os procedimentos mais comumente aplicados foram identificados e os resultados obtidos não permitiram a síntese de evidência prática que viabilize fornecer recomendações imediatas quanto à padronização do uso da sEMG em músculos inspiratórios. Sendo assim, estudos metodológicos com comparações objetivas são fundamentais para o avanço no sentido da padronização.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Fisioterapiapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record