Show simple item record

dc.creatorOliveira, Ricardo Castro de
dc.date.accessioned2016-06-02T20:34:38Z
dc.date.available2012-12-12
dc.date.available2016-06-02T20:34:38Z
dc.date.issued2012-12-07
dc.identifier.citationOLIVEIRA, Ricardo Castro de. Use of molecular models by high school students: contributions to the development of mental models of chemical concepts. 2012. 238 f. Tese (Doutorado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2012.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/6244
dc.description.abstractThis study aimed to analyze the contribution of molecular models to the evolution process of the mental models of first grade high school students regarding the following chemical concepts: substance, reactants, products, rearrangement, Proust s Law, Lavoisier s Law, balancing, stoichiometry and submicroscopic representation of chemical reactions. The project involved the participation of 335 students and 06 teachers from three public schools in the region of São Carlos/SP. Data collection was performed in two stages: the first one took place at the schools during the 2011, school year, and the other occurred during a short course offered for the students, in the vacation period, at the Laboratory for Chemistry Teaching and Learning (LENAQ) of the University Federal of São Carlos/SP. Activities that addressed the concepts mentioned were elaborated and each student had an Atomlig® molecular model kit and a plastic balance that could be used to help solving the questions. Data were collected through written records, interviews and filming. It was found that most students (47.2%) showed a significant evolution of the mental models for the selected chemical concepts. A considerable portion (45.1%) showed an oscillation with respect to understanding of the concepts, while some students (7.4%) kept a constant performance and a minority (0.3%) showed a regression throughout the school year. The data allowed us to infer that, in general, students showed evidence of significant learning during the short course, highlighting the relevance of molecular models to the evolution process of student s mental models.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectQuímica - ensinopor
dc.subjectMaterial didáticopor
dc.subjectEnsino médiopor
dc.subjectAprendizagempor
dc.titleUso de modelos moleculares por alunos de ensino médio : contribuições para o desenvolvimento de modelos mentais de conceitos químicospor
dc.title.alternativeUse of molecular models by high school students: contributions to the development of mental models of chemical conceptseng
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Ferreira, Luiz Henrique
dc.contributor.advisor1Latteshttp://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4701800H8por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5250655473775276por
dc.description.resumoEste trabalho teve por objetivo analisar a contribuição dos modelos moleculares para o processo de evolução dos modelos mentais de alunos do primeiro ano do Ensino Médio, em relação aos seguintes conceitos químicos: substância, reagentes, produtos, rearranjo, Lei de Proust, Lei de Lavoisier, balanceamento, estequiometria e a representação submicroscópica de reações químicas. O projeto contou com a participação de 335 alunos e 06 professores de Química de três escolas públicas da região de São Carlos/SP. A coleta de dados foi realizada em duas etapas: a primeira ocorreu durante o ano letivo de 2011, nas escolas, e a outra no período de férias dos alunos, durante um minicurso realizado nas dependências do Laboratório de Ensino e Aprendizagem de Química (LENAQ), da Universidade Federal de São Carlos/SP. Foram elaboradas atividades envolvendo os conceitos mencionados e cada aluno dispunha de um kit do modelo molecular Atomlig® e de uma balança de plástico, que poderiam ser utilizados para auxiliar nas questões propostas. Os dados foram coletados por meio de registros escritos, entrevistas e filmagens. Foi possível constatar que a maioria dos alunos (47,2%) apresentou uma evolução significativa nos modelos mentais dos conceitos químicos selecionados. Uma parcela considerável (45,1%) apresentou uma oscilação em relação à compreensão dos conceitos, enquanto alguns alunos (7,4%) mantiveram o desempenho constante e a minoria (0,3%) apresentou uma regressão, ao longo do ano letivo. Os dados permitiram inferir que, de maneira geral, os alunos apresentaram indícios de aprendizagem significativa durante o minicurso, o que evidencia a relevância dos modelos moleculares para o processo de evolução dos modelos mentais dos alunos.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Químicapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record