Show simple item record

dc.creatorAlmeida, Pedro Henrique Tavares Queiroz de
dc.date.accessioned2016-06-02T20:44:09Z
dc.date.available2012-05-02
dc.date.available2016-06-02T20:44:09Z
dc.date.issued2012-01-05
dc.identifier.citationALMEIDA, Pedro Henrique Tavares Queiroz de. Análise eletromiográfica da escrita manual : estudo de dois padrões de preensão. 2012. 86 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas e da Saúde) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2012.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/6850
dc.description.abstractHandwriting is an essencial skill for the performance of activities of daily life related to the expression of information in academic, work-related and leisure situations. Among adult population, there is a prevalence of two grasp forms used for handwriting, classified in neurophysiological development as mature or transitional grasps. These grasp patterns may be related to upper limb muscular and postural dysfunctions due to the use of different muscular groups in handwriting activity. The objective of this study was to analyze the electromyographic activity of upper trapezium, biceps braquii, extensor carpi radialis brevis and flexor digitorum superficialis among subjects who use the dynamic tripod grasp and the static tripod grasp during handwriting. Twenty-four university students between 18 and 28 years, without functional dysfunctions of the upper limbs underwent electromyographic analyze during a patterned handwriting task. A significant increase in electromyographic activity of upper trapezium and biceps braquii was observed among subjects who use the static tripod grasp. There was no significant change between the myoelectric activity of the extensorcarpi radialis brevis and flexor digitorum superficialis between the two groups. The increase in electromyographic activity among subjects using static tripod grasp indicates potential higher energy expenditure and increased risk of muscular lesions with the maintence of this motor pattern during handwriting tasks. Since the increased demand for speed and expression of information through handwriting is expected during academic life, the careful observation, evaluation and therapeutic monitoring could stimulate the development of mature grasps and optimize the performance of writing tasks, an important area of intervention and clinical research to occupational therapy.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectTerapia ocupacionalpor
dc.subjectEscritapor
dc.subjectEletromiografiapor
dc.subjectEscrita Manualpor
dc.subjectHandwritingeng
dc.subjectElectromyographyeng
dc.subjectOccupational Therapyeng
dc.titleAnálise eletromiográfica da escrita manual : estudo de dois padrões de preensãopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Vergotti, Iracema Serrat
dc.contributor.advisor1LattesVERGOTTI, I. S.por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1833552250793623por
dc.description.resumoA escrita manual é uma habilidade essencial para o desempenho de diversas atividades cotidianas, como meio de expressão de informações e conhecimentos em ambientes acadêmicos, laborais e em situações de entretenimento e lazer. Entre a população adulta observa-se a prevalência de duas categorias de preensões na escrita, classificadas do ponto de vista do desenvolvimento neurofisiológico como maduras ou de transição. Tais formas de preensão podem estar relacionadas a disfunções posturais no membro superior devido à utilização de diferentes grupos musculares. O objetivo do estudo foi analisar a atividade eletromiográfica dos músculos trapézio, bíceps braquial, extensor radial curto do carpo e flexor superficial dos dedos em indivíduos que utilizam a preensão trípode dinâmica e a preensão trípode estática durante a escrita manual. Vinte e quatro estudantes universitários entre 18 e 28 anos, sem acometimento funcional do membro superior foram submetidos a exame eletromiográfico durante uma tarefa de escrita manual padronizada. Observou-se aumento significativo na atividade mioelétrica do trapézio e bíceps braquial entre indivíduos que utilizam a preensão trípode estática. Não foi observada alteração significativa entre a atividade mioelétrica do extensor radial curto do carpo e flexor superficial dos dedos entre os dois grupos. A maior atividade eletromiográfica da musculatura proximal entre indivíduos que utilizam a preensão trípode estática aponta para um gasto energético mais elevado e potencial dano muscular durante a manutenção deste padrão motor nas tarefas de escrita manual. Uma vez que se observa aumento das exigências por velocidade e produção de informações escritas em ambiente acadêmico, a observação, avaliação e o acompanhamento terapêutico para o estímulo ao desenvolvimento de preensões maduras poderiam favorecer o desempenho de tarefas escritas, importante área de intervenção e investigação clínica da terapia ocupacional.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Terapia Ocupacionalpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONALpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record