Show simple item record

dc.creatorMenegussi, Juliana Morais
dc.date.accessioned2016-06-02T20:45:42Z
dc.date.available2014-10-10
dc.date.available2016-06-02T20:45:42Z
dc.date.issued2014-04-12
dc.identifier.citationMENEGUSSI, Juliana Morais. O trabalho do agente comunitário de saúde: a voz dos gerentes de unidades de saúde da família. 2014. 124 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas e da Saúde) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/6924
dc.description.abstractFamily health program is founded on the strategy of reorienting the primary care model. This health care model marks the entry of an important professional in the Unified Health System (Sistema Único de Saúde - SUS), the Community Health Agent (Agente Comunitário de Saúde - ACS). The work of an ACS within a health unit team is very intense, given the tasks that are assigned to this professional. Therefore, there are inside the family health units professionals named managers, who have as one of his/her attributions the task of monitoring the activities performed by the ACS. Thus, since the managers are in daily touch with the community health agents, has emerged the motivation to understand the point of view of these professionals about the ACS. This study aims at understanding the point of view of managers (nurses, dentists, and doctors) about the work performed by the ACS within the family health units in the Regional Administration of Health (Administração Regional de Saúde - ARES) Cidade Aracy, located in the city of São Carlos SP. We adopted the qualitative analysis method, along with the application of semi-structured interviews and thematic analysis to form four categories: (i) comprehension of the work performed by community health agent; (ii) the ACS and his/her managers; (iii) the challenges of the management activities; and (iv) ACS: challenged of a professional category. The results of this study provide a better understanding of the managers point of view about the ACS, as well as it propose structural changes in order to allow to this professional exercising better their activities. This study also highlights the importance of the support and continuing education to the strengthening of the managers, so that this professional can better support the ACS work.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectPrograma Saúde da Família (Brasil)por
dc.subjectAgentes comunitários de saúdepor
dc.subjectEquipes de saúdepor
dc.subjectCommunity health agenteng
dc.subjectFamily healtheng
dc.subjectHealth uniteng
dc.titleO trabalho do agente comunitário de saúde: a voz dos gerentes de unidades de saúde da famíliapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Machado, Maria Lúcia Teixeira
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5703683100332513por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/8276084115249780por
dc.description.resumoA saúde da família é fundamentada na estratégia de reorientação do modelo de Atenção Básica. Esse modelo de atenção à saúde marca a entrada de um importante profissional no Sistema Único de Saúde (SUS), o Agente Comunitário de Saúde (ACS). O trabalho do ACS dentro de uma equipe de saúde é bastante intenso, haja vista as atribuições que lhe são exigidas. Para tanto, há nas unidades de saúde da família os gerentes, que tem como um dos seus objetivos acompanhar a prática do ACS. Assim, pelo fato desses gerentes estarem em contato diário com os agentes comunitários de saúde, surgiu a motivação para compreender a visão desses profissionais sobre os ACS. Esse trabalho buscou conhecer, em Unidades de Saúde da Família da Administração Regional de Saúde (ARES) Cidade Aracy, localizada no município de São Carlos SP, as concepções dos gerentes (enfermeiros, dentistas e médicos) sobre o trabalho do ACS. Foi adotado o método de análise qualitativa, junto com a aplicação de entrevista semiestruturada e análise temática, formando quatro categorias: (i) a compreensão do trabalho do agente comunitário de saúde; (ii) os ACS por seus gerentes; (iii) os desafios das atividades gerenciais; e (iv) ACS: desafios de uma categoria profissional. Os resultados deste estudo proporcionam uma melhor compreensão da visão dos gerentes sobre o ACS, bem como apontam mudanças conjunturais para que esse trabalhador exerça melhor as suas atividades. A pesquisa indica ainda a importância de apoio e educação permanente para o fortalecimento dos gerentes, para que esses, assim, consigam executar melhor o seu papel junto ao trabalhador ACS.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Gestão da Clínica - PPGGCpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDEpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record