Show simple item record

dc.creatorDias, Daiane Aparecida
dc.date.accessioned2016-06-02T20:45:42Z
dc.date.available2015-02-09
dc.date.available2016-06-02T20:45:42Z
dc.date.issued2014-10-29
dc.identifier.citationDIAS, Daiane Aparecida. Trabalho em equipe: limites e possibilidades na perspectiva de profissionais de uma equipe de Estratégia Saúde da Família. 2014. 60 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas e da Saúde) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/6927
dc.description.abstractThis study started from an analysis and reflection on Teamwork, from the perspective of professionals from a Family Health Unit (FHU) in a town in the state of São Paulo. The purpose was show the work process, based on the perspective of integrated care, considering the conception of the role of each professional as an integral member of a team, for the production of care. It also shows the vision of these professionals about teamwork, as well as those factors that favors and influence in the relationships established in the work process. The present used a qualitative descriptive-analytical approach to character, whose participants were health professionals, entered a team in the "Strategy of Family Health". Although professionals have noted the importance of interdisciplinary character, its representations indicate that they develop work isolated and fragmented actions. Value the participation of different professions / professionals as team members; however, their representations are not revealing the interaction between their knowledge. It is understood that discussions about teamwork in the context of the family health strategy are crucial to bring about changes in the profile of the various professionals involved, because this implies a collective activity where each member puts their knowledge, feelings ne expectations due to a common objective, that is, in the production of a complete care.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Sao Carlos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSaúde e trabalhopor
dc.subjectEstratégia saúde da famíliapor
dc.subjectTrabalho em equipepor
dc.subjectProcesso de trabalhopor
dc.subjectFamily health strategyeng
dc.subjectTeamworkeng
dc.subjectWork processeng
dc.titleTrabalho em equipe: limites e possibilidades na perspectiva de profissionais de uma equipe de Estratégia Saúde da Famíliapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Sampaio, Sueli Fatima
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0737750473446351por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6708277912991031por
dc.description.resumoEste trabalho partiu de uma análise e reflexão sobre o Trabalho em Equipe, na perspectiva de profissionais de uma Unidade de Saúde da Família (USF), em um município do interior do estado de São Paulo. A finalidade foi evidenciar o processo de trabalho, baseado na perspectiva da integralidade das ações, considerando a concepção do papel de cada profissional como membro integrante de uma equipe, para a produção do cuidado. Revela ainda a visão destes profissionais sobre o trabalho em equipe, bem como os fatores, que o favorece e o influencia, nas relações estabelecidas no processo de trabalho. O presente estudo possui uma abordagem qualitativa de caráter descritivo-analítico, cujos participantes foram os profissionais de saúde, inseridos em uma equipe da Estratégia da Saúde da Família . Muito embora os profissionais tenham ressaltado a importância do caráter interdisciplinar, suas representações indicam que os mesmos desenvolvem basicamente trabalhos isolados e ações fragmentadas. Valorizam a participação de diferentes profissões/profissionais como componentes da equipe, no entanto, suas representações não são reveladoras da interação entre seus saberes. Compreende-se que as discussões acerca do Trabalho em Equipe no contexto da Estratégia Saúde da Família são de fundamental importância, para provocar mudanças no perfil dos diversos profissionais envolvidos, uma vez que este implica numa atividade coletiva, onde cada membro coloca seus conhecimentos, sentimentos e expectativas em função de um objetivo comum, ou seja, na produção do cuidado integral.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Gestão da Clínicapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDEpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record