Show simple item record

dc.creatorReis, Samuel Roosevelt Campos dos
dc.date.accessioned2016-10-20T18:50:59Z
dc.date.available2016-10-20T18:50:59Z
dc.date.issued2016-04-11
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/8019
dc.description.abstractThe objective of present study was analyze how much the pharmaceutical education got close or distant of the competences and capacities required for the National Curricular Guidelines (DCN) published in 2002 for the pharmacy courses. Participated this study four public university of São Paulo state. This study started from Documental Analyze of Political Pedagogical Projects (PPP), followed of Content Analyze (AC) of interview realized with pharmacy course directors. Through construction and application of a evaluative matrix was observed the curricular approximation and restructuration that way to keep generalist characteristic formation, this fact got highlight in some IES, for long 30 years or more dedicated at modalities formations pertinent the professional activities on drugs industry, clinical and toxicology’s tests, and foods. Furthermore, the curricular structure maintained separated among basic cycle and professional cycle, was justified for the stronger presence of traditional teaching- learning methodology and evaluation, reflected difficulties in the curricular integration, in addition to social integration not satisfactory, resulting some detachment of DCN. The renovation lack of pedagogics practices represented one fragility on curricular integration, like the humanist formation backed to Public Health System (SUS) approximation. However, the curricular restructuration showed be a constant discussion in enrolled IES, demonstrated some disquietude started from DCN e opened the way of the change and transformation way on pharmaceutical teaching.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectFarmáciapor
dc.subjectDiretrizes curriculares nacionaispor
dc.subjectProjeto político pedagógicopor
dc.subjectSus (sistema único de saúde)por
dc.subjectPharmacyeng
dc.subjectNational curricular guidelineseng
dc.subjectPedagogics politics projectseng
dc.subjectPublic health systemeng
dc.titleA formação do farmacêutico e as diretrizes curriculares nacionaispor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Della Barba, Patrícia Carla de Souza
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6448489426438006por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5796173388970038por
dc.description.resumoO presente estudo teve como objetivo analisar o quanto a ensino farmacêutico conseguiu aproximar e/ou distanciar das Diretrizes Curriculares Nacionais (DCN) publicadas no ano de 2002 em relação ao perfil, capacidades e competências nelas descritas. Participaram como sujeitos do estudo quatro Instituições de Ensino Superior (IES) públicas do Estado de São Paulo. O estudo partiu da Analise Documental dos Projetos Políticos Pedagógicos dos cursos, seguido da Análise de Conteúdo das entrevistas realizadas com diretores de curso de farmácia. Por meio da construção e aplicação de uma matriz avaliativa, observou-se que houve aproximação e reestruturação curricular no sentido de prover formação com perfil generalista, esse fato merece grande destaque tendo em vista mais de 30 anos que algumas IES têm dedicado à formação em modalidades pertinentes a atuação profissional em indústria de medicamentos, análises clínicas e toxicológicas e alimentos. Além disso, a manutenção da estrutura curricular dividida em ciclo básico e ciclo profissional, de certo modo justificada pela forte presença da metodologia de ensino- aprendizagem e avaliação tradicional de ensino, dificultou a integração curricular para além dos conteúdos de forma a alcançar a integração social, resultando em certo distanciamento da DCN. A falta de renovação nas práticas pedagógicas representou uma fragilidade na integração curricular, assim como na formação humanista com a premissa de aproximação do Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, a reestruturação curricular mostra ser uma discussão constante nas IES estudadas, demonstrando certa inquietude gerada pela DCN e abertura de um caminho para mudança e transformação no ensino farmacêutico.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Gestão da Clínica - PPGGCpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDEpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record