Show simple item record

dc.creatorScalet, Verônica
dc.date.accessioned2016-11-16T18:43:57Z
dc.date.available2016-11-16T18:43:57Z
dc.date.issued2015-04-06
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/8330
dc.description.abstractThe Licuri bark is a potential source of biomass for energy production. This study aims at making briquettes and the physicochemical characterization of Licuri bark aiming to expand its use as fuel. The material was collected in Great Cauldron - BA and briquettes were made with five different compositions: 100% Licuri bark (T1), 75% Licuri bark + 25% sugar cane straw (T2), 50% Licuri bark + 50% sugar cane straw (T3), 25% Licuri bark + 75% sugar cane straw (T4) and finally 100% sugar cane straw (T5). The briquettes were measured to obtain the value of its expansion and density, passed through drumming test and was made mechanical test on the tensile strength by diametrical compression. Also were made the following analyzes to Licuri bark: moisture content, density, particle size, ash and volatile content, fixed carbon, high heat value, extraction with hot water and cyclohexane / ethanol, lignin and thermogravimetry analysis. Statistical analyzes were made when appropriate (ANOVA and Tukey's test). The expansion of briquettes stabilized after 24 hours of its confection, about the expansion in height, there was no significant difference between treatments, as for the expansion in diameter treatments with the highest percentage of Licuri bark (T1 and T2) showed the lowest expansion. Finally, for the mechanical test the T1 and T2 differed from the other treatments with larger maximum force (34.09 and 34.64 kgf respectively). The moisture content observed was 11.15% ± 1.31, suitable for energy use. The gross calorific value (4652 Kcal.Kg-1 ± 18), the ash content (3.90% + 1.42) and lignin content (36.86 ± 2.6%) of the observed material are high when compared to other biomass. Therefore, the use of Licuri in order to produce energy can be very important for families living of their extraction, because it has favorable characteristics for such use. Moreover, the production of briquettes may optimize the transport process and the burning of the material.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectBriquetespor
dc.subjectBiomassapor
dc.subjectBiocombustíveispor
dc.subjectBriquetseng
dc.subjectBiomasseng
dc.subjectBiomass energyeng
dc.subjectOricurieng
dc.titleCaracterização e confecção de briquetes de casca de liquri (Syagrus coronata (Mart) Becc.) para produção de energiapor
dc.title.alternativeCharacterization and briquettes from licuri (Syagrus coronata) for energyeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Yamaji, Fábio Minoru
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4787449634914831por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7922806392612027por
dc.description.resumoA casca de Licuri é uma potencial fonte de biomassa para a produção de energia. O presente trabalho tem como objetivo a confecção de briquetes e a caracterização físicoquímica da casca de Licuri visando à ampliação de seu uso como combustível. O material foi coletado em Caldeirão Grande – BA e foram confeccionados briquetes com cinco formulações distintas: 100% casca de Licuri (T1), 75% casca de Licuri + 25% palha de cana-de-açúcar (T2), 50% casca de Licuri + 50% palha de cana-de-açúcar (T3), 25% casca de Licuri + 75% palha de cana-de-açúcar (T4) e por fim 100% palha de cana-de-açúcar (T5). Os briquetes foram medidos para obtenção do valor da sua expansão e densidade, passaram pelo teste de tamboramento e realizou-se ensaio mecânico quanto à resistência a tração por compressão diametral. Além disso foram realizadas as seguintes análises para a casca de Licuri: teor de umidade, densidade, granulometria, teor de cinzas e teor de voláteis, carbono fixo, poder calorífico superior, extrações por água quente e por ciclohexano/etanol, teor de lignina e análise termogravimétria. Foram realizadas análises estatísticas quando pertinente (ANOVA e Teste de Tukey). A expansão dos briquetes estabilizou após 24h de sua confecção, quanto a expansão em altura, não houve diferença significativa entre os tratamentos, já para a expansão em diâmetro os tratamentos com maior porcentagem de casca de Licuri (T1 e T2) apresentaram a menor expansão. Para o ensaio mecânico os tratamentos T1 e T2 diferenciaram-se dos demais tratamentos apresentando maior força máxima (34,09 e 34,64 Kgf respectivamente). O poder calorífico superior (4652 Kcal.Kg-1 ± 18), o teor de cinzas (3,90% + 1,42) e o teor de lignina (36,86% ± 2,6) do material são elevados quando comparados a outras biomassas. Com os resultados, a casca de Licuri mostrou-se potencialmente interessante para a produção de energia. Assim, o uso do Licuri com a finalidade de se produzir energia pode ser de grande importância para as famílias que vivem de sua extração, pois o mesmo possui características favoraveis para tal uso. Além disso, a confecção de briquetes pode otimizar o processo de transporte e queima do material.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciência dos Materiais - PPGCM-Sopor
dc.subject.cnpqOUTROSpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus Sorocabapor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record