Show simple item record

dc.creatorPires, Valquíria Rodrigues de Oliveira
dc.date.accessioned2017-02-23T16:50:00Z
dc.date.available2017-02-23T16:50:00Z
dc.date.issued2016-07-20
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/8527
dc.description.abstractThe disorderly process of land use and occupation in Salto de Pirapora city, resulting in an intense forest fragmentation, and the lack of research in the city, led the development of this work, organized into three chapters. With the main objective to determine areas of interest for conservation and thus provide support for Salto de Pirapora planning and environmental management. Chapter 1 describes the mapping of use and occupation of land, and was set 14 classes. The results indicated an agroforestry system matrix, with the following most representative classes in the territory: clean field representing 29.49% of the municipal area, followed by forestry class with 21.88%. The forest remnants represent 21.32% of the territory. It also describes the situation of the Protect Area of the city, that doesn’t have a decree regulating its functioning, showing an urgent need to expedite the process of its creation. Chapter 2 describes the Permanent Preservation Areas conflict, indicating that 17.16% of the city is occupied by PPA streams and springs. Of this percentage, 50.70% have vegetation and 41.94% lies in a situation of conflict, highlighting the importance of a recovery plan for the natural vegetation of these areas. Chapter 3 addresses the areas of interest for conservation selected by AHP. According to the results, 700 mapped fragments, 9 had priority Very High and 14 had High (3.29%), corresponding to 44.71% of the forest cover. Adding the fragments of Very Low and Low classes, was obtained 534 fragments (76.29%), corresponding to 32.94% of the vegetation cover. The AHP application in GIS environment for selecting conservation areas of interest was efficient in evaluating the distribution of the fragments in the landscape according to their priority, offering alternatives to assist the territorial planning and arrangement process of the city. And finally, it is concluded that the current scenario of forest cover in Salto de Pirapora city is worrisome due to the disorderly process of land use and occupation. It is hoped that these findings will contribute to the characterization of the territory and assist the decision of the planners regarding the development of conservation strategies and forest restoration programs, especially in Permanent Preservation Areas. Through multi-criteria analysis, areas of interest for conservation based on their ecological relevance can be prioritized, providing support for the process of planning and environmental management of the city and facilitates the targeting of conservation actions for the whole territory.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectGestão ambientalpor
dc.subjectEnvironmental managementeng
dc.subjectEcologia das paisagenspor
dc.subjectLandscape ecologyeng
dc.subjectAvaliação paisagísticapor
dc.subjectLandscape assessmenteng
dc.titleAnálise da paisagem do município de Salto de Pirapora, SP como subsídio para planejamento ambientalpor
dc.title.alternativeLandscape analysis of the Salto de Pirapora city as suport to environmental planningeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Toppa, Rogério Hartung
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0673898572494729por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3442165120089663por
dc.description.resumoO processo desordenado de uso e ocupação da terra no município de Salto de Pirapora, resultando em uma intensa fragmentação florestal, e a escassez de pesquisas no município, motivaram o desenvolvimento deste trabalho, organizado em três capítulos. Tendo como objetivo principal determinar áreas de interesse para conservação e com isso, fornecer subsídios para o planejamento e gestão ambiental do município de Salto de Pirapora, SP. O Capítulo 1 descreve o mapeamento do uso e ocupação da terra, sendo determinadas 14 classes. Os resultados indicaram uma matriz agrossilvicultural, com as seguintes classes mais representativas no território: campo limpo correspondendo 29,49% da área do município, seguida pela classe da silvicultura com 21,88%. Os remanescentes de floresta do município representam 21,32% do território. E também, descreve a situação da UC do município, que ainda não possui um Decreto que regulamente seu funcionamento, evidenciando a urgência em agilizar o processo de sua criação. O Capítulo 2 descreve os conflitos sobre Áreas de Preservação Permanente, indicando que 17,16% do município é ocupado por APP de cursos d’água e cabeceiras, desse percentual, 50,70% possui cobertura vegetal e 41,94% encontra-se em situação de conflito, evidenciando-se a importância de um plano de recomposição da vegetação natural dessas áreas. O Capítulo 3 aborda as áreas de interesse para conservação selecionadas pelo método AHP. De acordo com os resultados, dos 700 fragmentos mapeados, 9 apresentaram prioridade Muito Alta e 14 Alta (3,29%) e correspondem a 44,71% da cobertura florestal. Somando-se os fragmentos das classes Muito Baixa e Baixa, obteve-se 534 fragmentos (76,29%), que correspondem a 32,94% da cobertura vegetal. A aplicação do método AHP em ambiente SIG, para a seleção de áreas de interesse para a conservação mostrou-se eficiente na avaliação da distribuição dos fragmentos na paisagem de acordo com sua prioridade, oferecendo dessa forma, alternativas para auxiliar o processo de planejamento e ordenamento territorial do município. E, por fim, conclui-se que o atual cenário da cobertura florestal no município de Salto de Pirapora é preocupante devido ao processo desordenado de uso e ocupação da terra. Espera-se que esses resultados contribuam com a caracterização do território e auxilie as tomadas de decisão dos planejadores no que diz respeito a elaboração de estratégias conservacionistas e programas de restauração florestal, principalmente em Áreas de Preservação Permanente. Por meio de análise multicriterial pode-se priorizar áreas de maior interesse para a conservação com base em sua relevância ecológica, fornecendo subsídios para o processo de planejamento e gestão ambiental do município e facilita o direcionamento de ações conservacionistas para todo o território.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Sustentabilidade na Gestão Ambiental (Campus SOROCABA)por
dc.subject.cnpqOUTROSpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus Sorocabapor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record