Show simple item record

dc.creatorRossi, Gabriela Perussi Carizani
dc.date.accessioned2018-02-08T19:06:02Z
dc.date.available2018-02-08T19:06:02Z
dc.date.issued2016-03-29
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/9412
dc.description.abstractThe Care Networks Health to constitute an innovation in the organization of actions and health services, with the formation of regionalized and hierarchical network with different technological densities. These are formed from different health care points, in order to produce a positive impact on health indicators of the population. The implementation of these networks suggests an improvement of the process of realization of the Unified Health System (UHS), and also the prevalence of multiple technical interventions, articulated by the interaction of agents from different professional areas. In order to strengthen the further network, the nutritionist insertion is indispensable in the multidisciplinary team, promoting health and preventing the occurrence of new cases of diseases related to food and nutrition, agile, economical, sustainable and efficient manner. This study sought to understand the role of the nutritionist in the Health Care Networks in the São Paulo region. The population was composed of 14 professionals working nutritionists in the Health Care Networks of the 24 municipalities members of the DRS III – Araraquara/SP. The tool used for data collection in the first stage of the study, was the e-mail, via Google Drive, a Google application package, containing identification data and semi-structured questions. These data were interpreted and analyzed quantitatively. In the second stage of the research, an interview with open questions directed to the theme and the data were analyzed qualitatively and performed using the content analysis technique, taking into account the theoretical and methodological framework. The results showed that the number of nutritionists in the health services is inadequate, that the formation of these dedicated professionals for activities in the UHS is deficient and that nutritionists have a superficial knowledge about the thematic networks. In addition, the results presented show that nutritionists have some difficulties in developing its work in the Health Care Network. However, it became clear that the professional nutritionist presents a range of possibilities of action in the health service and a facility in interdisciplinary work, whose skill is essential to work in public health.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectRedes de atenção à saúdepor
dc.subjectSistema Único de Saúdepor
dc.subjectNutricionistapor
dc.subjectHealth care networkseng
dc.subjectUnified health systemeng
dc.subjectNutritionisteng
dc.titleRedes de atenção à saúde : concepções e ações de nutricionistas em região do interior paulistapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Machado, Maria Lúcia Teixeira
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5703683100332513por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0580546835532381por
dc.description.resumoAs Redes de Atenção à Saúde constituem-se uma inovação na organização das ações e dos serviços de saúde, com a formação de rede regionalizada horizontalizada e hierarquizada com diversas densidades tecnológicas. Estas são formadas a partir de diferentes pontos de atenção à saúde, objetivando produzir um impacto positivo nos indicadores de saúde da população. A implementação dessas redes sugere um avanço do processo de efetivação do Sistema Único de Saúde (SUS), e ainda a prevalência de intervenções técnicas múltiplas, articuladas pela interação dos agentes de diferentes áreas profissionais. Com o objetivo de fortalecer ainda mais a rede, a inserção do nutricionista é indispensável na equipe multidisciplinar, promovendo a saúde e prevenindo a ocorrência de novos casos de doenças relacionadas à alimentação e nutrição, de forma ágil, econômica, sustentável e eficiente. O presente estudo buscou contribuir para a compreensão do papel do nutricionista nas Redes de Atenção à Saúde em uma região do interior paulista. A população foi composta por 14 profissionais nutricionistas atuantes nas Redes de Atenção à Saúde dos 24 municípios integrantes do Departamento Regional de Saúde III – Araraquara/SP. A ferramenta utilizada para a coleta de dados na primeira etapa do estudo foi o e-mail, através do Google Drive, um pacote de aplicativos do Google, contendo dados de identificação e perguntas semiestruturadas, cujas respostas foram interpretadas e analisadas quantitativamente. Na segunda etapa da pesquisa, foram realizadas entrevistas com perguntas abertas direcionadas para o tema proposto a quatro nutricionistas e os resultados foram analisados qualitativamente, utilizando a técnica de análise de conteúdo temático-categorial, levando em consideração o referencial teóricometodológico. Os resultados encontrados demonstraram que o número de nutricionistas nos serviços de saúde é insuficiente, que a formação desses profissionais para a atuação no SUS pode ser considerada deficiente e que apresentam um conhecimento superficial em relação às Redes temáticas. Além disso, revelam que os nutricionistas apresentam algumas dificuldades no desenvolvimento do seu trabalho na Rede de Atenção à Saúde. Contudo, ficou claro que o profissional nutricionista apresenta um leque de possibilidades de atuação no serviço de saúde e uma facilidade no trabalho interdisciplinar, cuja habilidade é essencial no trabalho em saúde pública.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Gestão da Clínica - PPGGCpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS DA SAUDEpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record