Show simple item record

dc.creatorArena, Mariana Victorino Nicolosi
dc.date.accessioned2018-02-23T18:00:08Z
dc.date.available2018-02-23T18:00:08Z
dc.date.issued2018-02-05
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/9484
dc.description.abstractStudies at multiple scales are essential to obtain a holistic view of bee conservation. For the accomplishment of these studies, the importance of analyzes that evaluate the composition of the landscape, the habitat factors and the abiotic factors must be considered. This study aimed to develop models for identification of hotspots for stingless bees in forest patches, and to address possible factors that influence the presence of native bees. The study was conducted in Salto de Pirapora - SP, a municipality composed of small fragments of Atlantic Forest. The spatial model was developed based on fragment size, core size, distance from the nearest forest patch and distance from the nearest body of water. From the spatial model, 3 hotspot forest patches (with characteristics that favor the presence of stingless bees with arboreal nesting habit) and 3 control fragments (considered fragments with unfavorable characteristics) were selected, and the presence of bees was evaluated from the occupation of artificial hives installed in the fragments. The analysis of the artificial hives showed that bees were influenced by competition for nesting sites, by predation and by precipitation. The microclimatic analyzes resulted in very variable data and did not demonstrate a significant relation to the presence of bees. Concerning the local scale, the structure of the vegetation showed great importance to the occupation of the artificial hives, with emphasis on the height and diameter of the trees where the hive was installed and the presence of shrubs and grasses as foraging resources. Bees showed preference to occupy artificial hives that were located in the patches’ core. The analysis of the surroundings of each patch was an essential factor for the development of the spatial model, demonstrating that the silviculture activity was beneficial for the presence of bees and the presence of pastures and grasslands was a negative factor. The study suggests that, for the elaboration of multiscale approaches, it is essential to evaluate not only the size of the fragment and the presence of water bodies, but also the quality of foraging (flowers) and nesting (size of trees) resources and the surroundings of the fragment. The study provided content so that the information can be extrapolated to other scenarios and encourages the conservation of the small forest patches as a strategy for the conservation of stingless bees.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectMeliponinipor
dc.subjectPaisagempor
dc.subjectConservaçãopor
dc.subjectCobertura de terrapor
dc.titleAbordagem multiescala para avaliação da ocupação de abelhas sem ferrão em fragmentos florestais de Mata Atlânticapor
dc.title.alternativeMultiscale approach to evaluate the occupation of stingless bees in Atlantic Forest patcheseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Toppa, Rogério Hartung
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0673898572494729por
dc.contributor.advisor-co1da Silva-Zacarin, Elaine Cristina Mathias
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3993998796939609por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5822244273587724por
dc.description.resumoEstudos em múltiplas escalas são essenciais para que se obtenha uma visão holística para a conservação das abelhas. Para a realização destes estudos, deve-se considerar a importância de análises que avaliem tanto a composição da paisagem quanto as variáveis das manchas de habitat e os fatores abióticos. Este estudo visou, portanto, desenvolver modelos para identificação de para abelhas sem ferrão em fragmentos florestais, e abordar os possíveis fatores que influenciam a presença destas abelhas nativas. O estudo foi realizado em de Salto de Pirapora – SP, um município composto por pequenos fragmentos de Mata Atlântica. O modelo espacial foi desenvolvido com base no tamanho do fragmento, tamanho do núcleo, distância até o fragmento mais próximo e distância até o corpo d'água mais próximo. A partir do modelo foram selecionados três fragmentos hotspot (com características que favorecem a presença de abelhas sem ferrão com hábito de nidificação arbórea) e três fragmentos controle (considerados fragmentos com características desfavoráveis), e a presença de abelhas foi avaliada a partir da ocupação de abrigos artificiais instalados nos fragmentos. A análise dos abrigos artificias mostrou que as abelhas estavam sujeitas à competição por recurso de nidificação, à predação e à precipitação. As análises microclimáticas resultaram em dados muito variáveis e não demonstraram correlação significativa com a presença de abelhas. A respeito da escala local, a estrutura da vegetação demonstrou grande importância nas evidências de colonização dos abrigos artificiais, com destaque para o diâmetro e a altura das árvores onde se instalou o abrigo e a presença de arbustos e gramíneas com recursos florais para forrageamento. Houve mais evidências de colonização em abrigos que se localizavam no núcleo dos fragmentos florestais. A análise do entorno de cada fragmento foi um fator essencial para o desenvolvimento do modelo espacial, demonstrando que a atividade de silvicultura foi benéfica para a presença de abelhas sem ferrão e a presença de campo limpo foi um fator negativo. O estudo demonstrou que, para a elaboração de abordagens multiescalas, é essencial que se avalie não somente o tamanho do fragmento e a presença de corpos d’água, mas também a qualidade dos recursos de forrageamento (flores) e nidificação (tamanho das árvores) e o entorno do fragmento. O estudo fornece dados para que as informações sejam extrapoladas para outros contextos fragmentados e incentiva a conservação de pequenos fragmentos florestais como uma estratégia de conservação para abelhas sem ferrão.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Sustentabilidade na Gestão Ambiental (Campus SOROCABA)por
dc.subject.cnpqCIENCIAS BIOLOGICAS::ECOLOGIApor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus Sorocabapor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record