Show simple item record

dc.creatorCastro, Andressa Porto
dc.date.accessioned2018-03-14T20:05:52Z
dc.date.available2018-03-14T20:05:52Z
dc.date.issued2017-08-22
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/9565
dc.description.abstractIn Brazil, the inflation targeting system has been adopted since 1999, with inflation measured through the Extended Consumer Price Index (IPCA), which in its basket of goods has products with free and administered prices. Inflation in recent years in Brazil can be explained as an inflation of costs caused by supply shocks, as well as an inertial component inflation caused by the indexation of administered prices. Among the administered prices, the electricity tariff is one of the items with the highest weight and that contributes most to the variation of the monitored IPCA. Electricity is one of the most important inputs of the national energy matrix, being present not only in the residences, but also is a primordial input for the other sectors of the economy. The present work aims at analyzing the effects that the variations of the tariff of electric power cause in the IPCA and in the categories of goods and services that compose it during the period of January of 1996 until June of 2015. To understand the behavior of the tariff of energy are estimated their determinants. The analysis of the econometric models are based in the methodology of multivariate time series. Overall, positive energy price shocks lead to an increase in the price variation of most IPCA categories. Increases in electricity tariffs also have a positive impact on the IPCA of monitored prices and services.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectTarifa de Energia Elétricapor
dc.subjectInflação de Custospor
dc.subjectSéries Temporaispor
dc.subjectCost Inflationeng
dc.subjectElectric Energy Tariffeng
dc.subjectIPCA disaggregatedeng
dc.subjectTime Serieseng
dc.titleEfeitos da Variação da Tarifa de Energia Elétrica sobre a Inflação Brasileira: 1996 - 2015por
dc.title.alternativeVariation effects of electric energy tariff on brazilian inflation: 1996 - 2015eng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Oliveira, Maria Aparecida Silva
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3455553543736709por
dc.contributor.advisor-co1Figueiredo, Adelson Martins
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2582161065438214por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0385037937068122por
dc.description.resumoNo Brasil, adotou-se o Sistema de Metas de Inflação desde 1999 sendo a inflação mensurada através do Índice de Preços Amplo ao Consumidor (IPCA), o qual em sua cesta de bens possui produtos com preços livres e administrados. A inflação ocorrida nos últimos anos no Brasil, pode ser em parte explicada como uma inflação de custos causada por choques na oferta, bem como por uma inflação de componente inercial causada pela indexação dos produtos de preços administrados. Dentre os preços administrados a tarifa de energia elétrica é um dos itens de maior peso e que mais contribui para a variação do IPCA monitorado. A energia elétrica é um dos insumos mais importantes da matriz energética nacional, estando presente não apenas nas residências, mas também é um insumo primordial para os demais setores da economia. O presente trabalho visa analisar os efeitos que as variações da tarifa de energia elétrica provocam no IPCA e nas categorias de bens e serviços que o compõe ao longo do período de janeiro de 1996 até junho de 2015. Para melhor compreender o comportamento da tarifa de energia elétrica estima-se qual o efeito dos seus possíveis determinantes na variação do preço da energia. A análise dos modelos econométricos se dá por meio da metodologia de séries temporais multivariadas. De modo geral, choques positivos na tarifa de energia levam a aumento na variação de preços da maioria das categorias do IPCA. Aumentos na tarifa de energia elétrica também impactam de forma positiva sobre o IPCA dos preços monitorados e de serviços.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Economia (Campus SOROCABA)por
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus Sorocabapor


Files in this item

Thumbnail
Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record