Show simple item record

dc.creatorArroyo, Felipe Nascimento
dc.date.accessioned2018-04-10T19:53:56Z
dc.date.available2018-04-10T19:53:56Z
dc.date.issued2017-12-12
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/9712
dc.description.abstractDue to existence in abundance in Brazil, low energy consumption, less fuel quantity in its production process, not being flammable and recycling possibility, gypsum is extremely viable in civil construction. Among its applications, it is used as acoustic and thermal insulation due to the natural porosity of this material. One way to improve these applications is by adding pores. However, with pores addition in this material, its mechanical resistance decays significantly, necessitating the addition of micro silica. In this way, the study of gypsum foams for acoustic and thermal insulation together with micro silica percentages, to increase mechanical resistance, are presented as important and original from a technical and scientific point of view. The present study covered two important steps: preliminary experimental planning and definitive experimental planning. The preliminary experimental planning was important to define the base additive percentages, as well as the best water/gypsum ratio to be used and the ideal cure time. In the definitive experimental planning, the micro silica percentages were varied and statistical analysis (regression models) was performed, thus defining the best percentage of micro silica in order to reach the best result of each property. The gypsum foams results were satisfactory, reaching 87.88% porosity and excellent acoustic and thermal absorption. The micro silica also showed its effectiveness, improving 200% the uniaxial compression resistance and maintaining the effectiveness in acoustic absorption and thermal conductivity. The regression models used had representativity, in other words, with micro silica percentage, it was possible to estimate gypsum foam properties, allowing to extrapolate micro silica percentage to values not used in this research.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectEspuma de gessopor
dc.subjectPropriedades térmicaspor
dc.subjectPropriedades acústicaspor
dc.subjectPropriedades mecânicaspor
dc.subjectModelos de regressãopor
dc.subjectPlaster foamingeng
dc.subjectThermal propertieseng
dc.subjectAcoustic propertieseng
dc.subjectMechanical propertieseng
dc.subjectRegression modelseng
dc.titleFabricação e caracterização de espuma de gesso para aplicações térmicas e acústicaspor
dc.title.alternativeGypsum foam production and characterization for thermal and acoustic applicationseng
dc.title.alternativeProducción y caracterización de espuma de yeso para aplicaciones térmicas y acústicasspa
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Christoforo, André Luis
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7623383075429186por
dc.contributor.advisor-co1Salvini, Vânia Regina
dc.contributor.advisor-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7793023364992813por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7212979133617183por
dc.description.resumoPor existir em abundancia no Brasil, baixo consumo energético, menor quantidade de combustível em seu processo de produção, não ser inflamável e possibilidade de reciclagem, o gesso é extremamente viável na construção civil. Dentre suas aplicações, é utilizado como isolante acústico e térmico devido a porosidade natural deste material. Uma maneira de melhorar estas aplicações é com a adição de poros no material. Entretanto, com a adição de poros neste material, sua resistência mecânica decai significativamente, necessitando a adição de micro sílica. Desta forma, o estudo de espumas de gesso para isolamento acústico e térmico juntamente com porcentagens de micro sílica, para ampliar a resistência mecânica, se apresentam como importante e original do ponto de vista técnico e científico. O presente estudo abrangeu duas etapas importantes: planejamento experimental preliminar e planejamento experimental definitivo. O planejamento experimental preliminar foi importante para definir as porcentagens do aditivo base, assim como a melhor relação água/gesso a ser utilizada e tempo de cura ideal. No planejamento experimental definitivo variou-se as porcentagens de micro sílica e foi realizada análise estatística (modelos de regressão), definindo assim a melhor porcentagem de micro sílica para se atingir o melhor resultado de cada propriedade. Os resultados das espumas de gesso foram satisfatórios, atingindo uma porosidade de 87,88% e excelentes absorções acústicas e térmicas. A micro sílica também mostrou sua efetividade, melhorando 200% a resistência à compressão uniaxial e mantendo a efetividade na absorção acústica e condutividade térmica. Os modelos de regressão utilizados possuíram representatividade, ou seja, com a porcentagem de micro sílica, foi possível estimar as propriedades da espuma de gesso, permitindo extrapolar a porcentagem de micro sílica para valores não utilizados nesta pesquisa.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Estruturas e Construção Cívilpor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA CIVIL::ESTRUTURASpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record