Show simple item record

dc.creatorSaes, Elizangela Veloso
dc.date.accessioned2016-06-02T19:50:26Z
dc.date.available2015-04-14
dc.date.available2016-06-02T19:50:26Z
dc.date.issued2015-02-26
dc.identifier.citationSAES, Elizangela Veloso. Avaliação do consenso estratégico na área de produção em pequenas empresas. 2015. 244 f. Tese (Doutorado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2015.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/3460
dc.description.abstractThis study evaluates the Strategic Consensus in the production area in small companies in São Carlos through the level of the agreement of managers and operators as for the importance of competitive priorities, structural investments and infrastructure policies, associating this theme research of organizational specificities of those companies that foster the consensus. Therefore, in order to explore these issues, this research examines the theoretical background regarding the Strategic Consensus and the specificities of small firms and presents an exploratory analysis derived from a sample consisting of 58% of the study population, accounting for 38 small businesses analyzed. The observations are based on responses from multiple respondents, which are represented by 55 managers and 117 operators. With the assistance of a statistical software, the analyzes were guided primarily in hypothesis testing by Analysis of Variance, non-parametric tests (Friedman and Adjusted Rank Transform), Correlation Analysis and Clusters Analysis. As main results, it is observed that in general it is possible to understand that there is substantial consensus, highlighting the strategic elements related to quality, flexibility, production and infrastructure polices. In addition, to the sample in question, managers and operators tend to give more importance to the competitive priority quality, to establish as infrastructural police more important delegation of responsibility and the least important to the formation of teams. Nevertheless when explored the organizational characteristics of small business in São Carlos before his behavior with regarding to the profile of the existent consensus, technical knowledge, degree of formalization and number of employees were identified as significant factors for the characterization of these companies. These conclusions enable small companies find out their better strategic positioning in sense of getting a more appropriate pattern in terms of Strategic Consensus, as well as becoming this decision achievable.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEstratégia de produçãopor
dc.subjectConsenso estratégicopor
dc.subjectPequenas e médias empresaspor
dc.subjectProduction strategyeng
dc.subjectStrategic consensuseng
dc.subjectSmall companieseng
dc.titleAvaliação do consenso estratégico na área de produção em pequenas empresaspor
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Godinho Filho, Moacir
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6136685270563354por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1253878898506051por
dc.description.resumoEste trabalho avaliou o Consenso Estratégico na área de produção em pequenas empresas de São Carlos por meio da análise do nível de concordância entre gerentes e operadores em relação à importância das prioridades competitivas, investimentos estruturais e políticas infraestruturais, associando a esse tema a investigação das características organizacionais que fomentam o consenso. Assim, a fim de explorar tais questões, a presente pesquisa examinou o aporte teórico a respeito do Consenso Estratégico e das especificidades das pequenas empresas, bem como apresentou uma análise exploratória oriunda de uma amostra constituída de 58% da população de estudo, correspondendo a 38 pequenas empresas analisadas. As observações foram embasadas nas respostas de múltiplos respondentes que totalizaram 55 gerentes e 117 operadores. Com o auxílio de um software estatístico, as análises foram pautadas, principalmente, em testes de hipóteses por meio da Análise de Variância, testes não paramétricos (Friedman e Adjusted Rank Trasnform) e Análise de Clusters. Como resultado desse estudo, chegou-se a conclusão de que existe consenso nos elementos estratégicos pertinentes à qualidade, flexibilidade, produção e políticas infraestruturais. Ademais, para a amostra em questão, gerentes e operadores tenderam a dar mais importância à qualidade entre as demais prioridades competitivas, a estabelecerecem como política infraestrutural mais importante a delegação de responsabilidade e o menos importante a formação de equipes. Já quando segmentadas as empresas, em função do comportamento que possuem no que se refere ao Consenso Estratégico foi possível constatar grupos de empresas com comportamentos antagônicos, assim como identificar variáveis que se mostraram relevantes para justificar a existência desses grupos, a saber: o número de funcionários, a formalização da estratégia de produção e conhecimento técnico dos gerentes. As recomendações apontadas permitem que as pequenas empresas de São Carlos posicionem-se estrategicamente de uma forma mais adequada para a obtenção de um padrão mais elevado de Consenso Estratégico e torna tal decisão factível, uma vez que aponta as variáveis que o fomentam.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Engenharia de Produçãopor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record