Show simple item record

dc.creatorPiato, éderson Luiz
dc.date.accessioned2016-06-02T19:51:27Z
dc.date.available2007-10-19
dc.date.available2016-06-02T19:51:27Z
dc.date.issued2006-12-15
dc.identifier.citationPIATO, éderson Luiz. Estratégia de marcas próprias: estudo multicaso no atacado brasileiro. 2006. 259 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2006.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/3521
dc.description.abstractFor the past years, wholesaling has been stimulated by a series of changes in its traditional activities. Through a deeper involvement with marketing strategies, wholesaling has included the management of own brands to its activities. However, academic literature s references include mostly inferences about own brands strategies in retailing. Therefore, wholesaling does not have the proper focus to evidence its involvement with own brands strategy. The purpose of this dissertation is to identify and analyze the marketing elements that influence the management of wholesaling own brands, and to evidence advantages and disadvantages that some of the most important Brazilian s wholesalers face when they decide to introduce own brands. First of all, a theory reference is developed, including some issues related to own brands, such as marketing strategies development, description of the main elements of marketing strategy and the development of own brands strategy. During the empirical research, a multi-case study with wholesalers and industries that supply own brands is developed. The aim of the interviews with the wholesalers is to identify the elements of marketing strategy that influence the management of own brands strategies. To do so, managers responsible for own brands in three Brazilian wholesalers are interviewed. The companies were chosen because they concentrate the higher level of own brands development in Brazilian wholesaling. The industries are interviewed to corroborate the process of own brands suppliers selection and evaluation. Managers of two industries, both of them responsible for the supplying agreements with wholesalers, were interviewed. These interviews focused only issues concerning the selection and evaluation process. As a result of the research, it is possible to identify the main elements of marketing that influence wholesalers own brands management, the advantages and disadvantages (or difficulties) of this strategy, as well as to understand the importance of suppliers selection and evaluation process for the effectiveness of own brands strategy. The information allowed the inference of some critical and fundamental elements for the management of own brands strategy in wholesaling. Besides that, the dissertation also contributes for the development of future researches that may consolidate the construction of a broader knowledge about own brands in wholesaling.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Minas Gerais
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectMarketing no canal atacadistapor
dc.subjectComércio atacadistapor
dc.subjectMarketing estratégicopor
dc.subjectMarca de produtospor
dc.subjectCanais de distribuiçãopor
dc.subjectWholesaleeng
dc.subjectMarketing strategyeng
dc.subjectOwn brandseng
dc.titleEstratégia de marcas próprias: estudo multicaso no atacado brasileiropor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Silva, Andrea Lago da
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4728583H0por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1439984077907071por
dc.description.resumoNos últimos anos o setor atacadista foi impulsionado por uma série de mudanças em suas atividades tradicionais. Através de maior envolvimento com estratégias mercadológicas, o atacado incorporou à suas atividades o gerenciamento de produtos com sua própria marca. Entretanto, são encontradas na literatura acadêmica inferências sobre a estratégia de marcas próprias que contemplam apenas o setor varejista. O atacado por sua vez, não recebe a necessária atenção para estabelecimento de proposições que evidenciem sua participação no desenvolvimento da estratégia de marcas próprias. Neste sentido, o propósito dessa dissertação foi identificar e analisar os elementos de marketing que atuam no gerenciamento da estratégia de marcas próprias do atacado e apontar as vantagens e desvantagens que as principais empresas atacadistas brasileiras encontram na adoção da estratégia de marcas próprias. A princípio, foi desenvolvido um referencial teórico que contemplou uma série de tópicos relacionados ao tema, entre eles o desenvolvimento de estratégias de marketing, a descrição dos principais elementos que constituem uma estratégia de marketing e o desenvolvimento da estratégia de marcas próprias. Na parte empírica da pesquisa foi realizado um estudo multicaso em organizações do setor atacadista e em indústrias fornecedoras de produtos de marcas próprias. No setor atacadista, buscou-se a identificação dos elementos de marketing que atuam no gerenciamento da estratégia de marcas próprias. Para tanto, foram entrevistados os gerentes responsáveis pelo gerenciamento da estratégia de marcas próprias de três empresas atacadistas, que juntas, concentram o maior índice de desenvolvimento de marcas próprias no setor atacadista brasileiro. Nas indústrias fornecedoras, buscou-se a confirmação de como ocorre o processo de seleção e avaliação dos fornecedores de produtos de marcas próprias realizado pelas empresas atacadistas. Assim, também foram entrevistados os gerentes responsáveis pelos acordos de fornecimento de produtos de marcas próprias de duas indústrias fornecedoras. As entrevistas nas indústrias fornecedoras concentraram apenas assuntos relacionados a esse processo de seleção e avaliação do fornecedor. Como resultado da pesquisa, foi possível identificar quais os principais elementos de marketing que atuam no gerenciamento da estratégia de marcas próprias do atacado, as vantagens e desvantagens e/ou dificuldades dessa estratégia, assim como compreender a importância do processo de seleção e avaliação dos fornecedores de produtos de marcas próprias para a eficácia da estratégia. A partir de tais informações, foram apontados alguns elementos críticos ou fundamentais ao gerenciamento da estratégia de marcas próprias no atacado, além de algumas sugestões para realização de pesquisas futuras que consolidem a construção de um conhecimento mais amplo sobre a estratégia de marcas próprias no setor atacadista.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Engenharia de Produçãopor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record