Show simple item record

dc.creatorMastrantonio, Sabrina Di Salvo
dc.date.accessioned2016-06-02T19:51:41Z
dc.date.available2009-12-02
dc.date.available2016-06-02T19:51:41Z
dc.date.issued2009-08-19
dc.identifier.citationMASTRANTONIO, Sabrina Di Salvo. Análise das práticas da gestão da qualidade em fabricantes de equipamentos para a indústria de alimentos do estado de São Paulo. 2009. 167 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2009.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/3612
dc.description.abstractThe capital good supplier for the food industry have encountered a new reality in the market, with the increase of requirements in the product quality improvement by, as well the adjustment of the equipments to the regulatory requirement of food security. Towards this, the companies seek to implant some practices, aiming the product quality assurance and the process improvement, which can be gotten by the Quality Management System (QMS) structure, in the company scope and in the whole production chain. The strong dependence of technology innovation of the food industry, not only to the raw material industry, but also to the capital good supplier, emphasize the importance that this segment exerts over the food production chain, spreading new technologies and new quality patterns. This Master s paper analyze the Quality Management practices in a sampling of machinery and equipment manufacturers for the food industry, located in the state of São Paulo, as well the difficulties found in this Management and propose improvement suggestions. A survey was conducted, by visit and in loco interviews in 35 companies, of different sizes, acting segment and geography localization in the state of São Paulo. The data were analyzed with the purpose of characterize the companies, test possible correlations among the study variables and group the companies with similar characteristics in clusters. The correlation analysis showed dependence among some variables, as the level of formalization of the procedures and the existence of a Quality Management System. The cluster analyses generates 3 groups of companies, which can be distinguished, mainly, by the degree of the procedure formalization, existence of a Quality Management System and the company size. It was observed that the companies of this sector are diversified in their line of business and that they supply equipments not only to the food industry, but also to all those industries which need equipments made of stainless steel. It could be seen that, although the product quality is an overall demand in this segment, the existence of a QMS is not, which somewhat, contradict the initial expectative of this paper and publications in this area. However, the companies that supply equipments to other sectors, normally more demanding, as the petrochemical, or which visualize the benefits in the quality and productivity improvements reached with the QSM adoption, have already anticipated possible future demands of their clients, implanting and searching for the system certification.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Minas Gerais
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectGestão da qualidadepor
dc.subjectAlimentos - indústriapor
dc.subjectMáquinas e equipamentospor
dc.subjectSurveypor
dc.subjectQuality managementeng
dc.subjectFood industryeng
dc.subjectEquipment for food industryeng
dc.titleAnálise das práticas da gestão da qualidade em fabricantes de equipamentos para a indústria de alimentos do estado de São Paulopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Toledo, José Carlos de
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9421627326330417por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4686244571901829por
dc.description.resumoOs fornecedores de bens de capital para a indústria de alimentos vêm se deparando com uma nova realidade do mercado, com o aumento de exigências no aprimoramento da qualidade de seus produtos bem como de adequação dos equipamentos aos requisitos normativos de segurança do alimento. Diante deste cenário, essas empresas buscam implantar um conjunto de práticas, visando à garantia da qualidade dos produtos e a melhoria dos seus processos, o que pode ser alcançado pela estruturação de um Sistema de Gestão da Qualidade (SGQ), no âmbito da empresa e da cadeia de produção. A forte dependência das inovações tecnológicas da indústria de alimentos, não só em relação à indústria de insumos, mas também em relação aos fornecedores de bens de capital, realça a importância que esse segmento exerce sobre a cadeia de produção de alimentos, como difusor de novas tecnologias e novos padrões de qualidade. Esta Dissertação analisa as práticas de Gestão da Qualidade em uma amostra de empresas fabricantes de máquinas e equipamentos para a indústria de alimentos, localizadas no Estado de São Paulo, bem como as dificuldades encontradas nesta Gestão e propõe sugestões de melhoria. Realizou-se uma pesquisa de levantamento (survey), por meio de visitas e entrevistas presenciais em 35 empresas, de diferentes portes, segmentos de atuação e localização no estado de São Paulo. Os dados foram analisados com a finalidade de caracterizar as empresas, testar possíveis correlações entre as variáveis de estudo e agrupar as empresas com características semelhantes em clusters. A análise de correlação mostrou dependência entre algumas variáveis, tal como entre o grau de formalização dos procedimentos e a existência de um SGQ. A análise de cluster gerou 3 agrupamentos de empresas, diferenciados, principalmente, pelo grau de formalização de procedimentos, existência de um SGQ e porte das empresas. Observou-se que as empresas do setor são diversificadas em seus ramos de atuação, fornecendo equipamentos não só para indústria de alimentos, mas também para outras que necessitam de equipamentos em aço inoxidável. Apesar da qualidade do produto ser uma exigência geral no setor, a existência de um SGQ formalizado não o é, o que contraria as expectativas iniciais deste trabalho e de publicações na área. No entanto, as empresas que também fornecem para outros setores, normalmente mais exigentes, como o petroquímico, ou que visualizam os benefícios na melhoria da qualidade e da produtividade alcançados com a adoção de um SGQ, já se anteciparam a possíveis exigências futuras de seus clientes, implantando e buscando a certificação do sistema.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Engenharia de Produçãopor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record