Show simple item record

dc.creatorCavenaghi, Felipe
dc.date.accessioned2016-06-02T19:52:04Z
dc.date.available2014-07-17
dc.date.available2016-06-02T19:52:04Z
dc.date.issued2014-03-13
dc.identifier.citationCAVENAGHI, Felipe. Reabrindo a caixa de pandora: estudo de caso da atuação do BNDES e suas subsidiárias do ponto de vista do gerenciamento e operacionalização do risco. 2014. 105 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2014.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/3755
dc.description.abstractThe National Bank for Economic and Social Development (BNDES), as a financial intermediary, has acted as a direct instrument of implementation of public policies for using this tool legitimized by economic field , made available through the framework of Private Equity . The uniformity of laws on banking prudence is a necessity imposed by the advancement of innovation and financial globalization . Incorporated the recommendations of Basel banking regulations in Brazil and accounting standards apply to all financial institutions authorized to operate by the Central Bank included therein BNDES and other development banks . This study aims at the implementation of these standards, considering that were designed initially to treat investment banking and retail, a scenario to understand the positioning and transformations of the bank in its organizational space.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSociologia econômicapor
dc.subjectMercado financeiropor
dc.subjectEstadopor
dc.subjectCapital de riscopor
dc.subjectBanco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Brasil)por
dc.subjectIntermediação financeirapor
dc.subjectBNDESPARpor
dc.subjectGestão de riscopor
dc.subjectPrudência bancáriapor
dc.subjectFinancial intermediationeng
dc.subjectRisk managementeng
dc.subjectFinancial marketeng
dc.subjectBanking prudenceeng
dc.titleReabrindo a caixa de pandora: estudo de caso da atuação do BNDES e suas subsidiárias do ponto de vista do gerenciamento e operacionalização do riscopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Donadone, Julio César
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7643906508178259por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4880147392951803por
dc.description.resumoO Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), enquanto intermediário financeiro, tem atuado como instrumento direto de implantação de políticas pública utilizando-se para isso de ferramentas legitimadas pelo campo econômico, disponibilizadas através da estrutura de Private Equity. A uniformização das legislações sobre prudência bancária é uma necessidade imposta pelo avanço da inovação e da globalização financeira. As recomendações de Basileia incorporadas à regulamentação bancária no Brasil e as normas contábeis se aplicam a todas as instituições financeiras autorizadas a funcionar pelo Banco Central, aí incluídos o BNDES e os demais bancos de desenvolvimento. O presente trabalho busca na aplicação dessa normas, tendo em vista que foram concebidas, inicialmente, para tratar de bancos de investimento e varejo, um cenário para entendermos o posicionamento e transformações do banco em seu espaço organizacional.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Engenharia de Produçãopor
dc.subject.cnpqENGENHARIAS::ENGENHARIA DE PRODUCAOpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record