Show simple item record

dc.creatorFatareli, Elton Fabrino
dc.date.accessioned2016-06-02T20:37:45Z
dc.date.available2011-10-06
dc.date.available2016-06-02T20:37:45Z
dc.date.issued2011-02-02
dc.identifier.citationFATARELI, Elton Fabrino. Argumentação no ensino de Química: textos de divulgação científica desencadeando debates. 2011. 224 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Exatas e da Terra) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/6635
dc.description.abstractA large body of science education literature suggests that argumentation plays a central role in science and should therefore maintain the same centrality in science education. However, opportunities for students to engage in argumentation inside the science classroom are rare. In light of the above, the purpose of this study was to evaluate the potential of a teaching strategy based on the debate on controversial socio-scientific issues to promote argumentation. The strategy involved in-class group work and individual efforts outside the classroom. After receiving science popularization texts on depleted uranium (DU), high school students worked on a set of questions designed to guide them through key chemical, environmental, and economic aspects of the text. The process culminated in a debate between pro- and anti-DU groups. To assess the quality of students argumentation, videotapes of group presentations were collected and analyzed using Toulmin s Argument Pattern and the Argumentation Model of Analysis Applicable to Processes of Resolution of Socio-Scientific Issues. The findings of this work support the idea that the debate based on socio-scientific issues is an effective strategy for enhancing students ability to argument.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Embargadopor
dc.subjectQuímica - estudo e ensinopor
dc.subjectDiscurso e textopor
dc.subjectDivulgação científicapor
dc.subjectDiscussões e debatespor
dc.titleArgumentação no ensino de Química: textos de divulgação científica desencadeando debatespor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Queiroz, Salete Linhares
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/7925870606416937por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4581078685309440por
dc.description.resumoUma vasta literatura em ensino ciências sugere que a argumentação desempenha um papel central na ciência e, portanto, deve ter a mesma centralidade no ensino de ciências. Contudo, as oportunidades de participação dos alunos na argumentação em sala de aula de ciência são raras. Em face do exposto, o objetivo deste estudo foi avaliar o potencial de uma estratégia de ensino baseada em debates polêmicos sobre questões sociocientíficas para promover a argumentação. A estratégia envolveu o trabalho em grupo e esforços individuais dentro e fora da sala de aula. Depois de receber textos de divulgação científica sobre o urânio empobrecido (UE), alunos do ensino médio solucionaram questões destinadas a guiá-los na discussão dos aspectos químicos, ambientais e econômicos do texto. O processo culminou com um debate entre grupos pró-UE e anti-UE. Para avaliar a qualidade da argumentação dos alunos, gravações de vídeo das apresentações dos grupos foram coletados e analisados utilizando o padrão de argumento de Toulmin e o Modelo de Análise de Argumentação Aplicável a Processos de Resolução de Questões Sóciocientíficas. Os resultados deste trabalho apontam que o debate com base em questões sociocientíficas discutidos em textos de divulgação científica é uma estratégia eficaz para estimular a capacidade argumentativa dos alunos.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Química (Mestrado Profissional)por
dc.subject.cnpqCIENCIAS EXATAS E DA TERRA::QUIMICApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record