Show simple item record

dc.contributor.authorDuran, Maria Raquel da Cruz
dc.date.accessioned2016-06-02T19:16:29Z
dc.date.available2012-02-15
dc.date.available2016-06-02T19:16:29Z
dc.date.issued2011-11-29
dc.identifier.citationDURAN, Maria Raquel da Cruz. As redes do conhecimento tradicional: análise do caso Cupulate . 2011. 128 f. Dissertação (Mestrado em Multidisciplinar) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/1072
dc.description.abstractThis word was carried out in order to understand the different interpretations of the term "traditional knowledge" plays in the specific aspect of the relations between traditional knowledge, cultural heritage and intellectual property. Considering that cultural heritage involves the preservation and exaltation of a people or nation as a whole, maintenance and care of the identity of incorporation to expand the concept of culture. And the intellectual property rights involve both copyright and industrial property as those relating to protection of plant varieties and plant breeder rights - that is, assigning intellectual property rights to those who get new plant varieties and/or improvement of them - and therefore, the sustainable management of technical nature; specifically, we study such meanings from two dimensions: a) the construction of the international regulatory framework, in which two distinct networks of actors competing for establishing their perspective as guiding future legal instruments (traditional knowledge as intellectual property and traditional knowledge heritage x intangible cultural), b) the analysis of an empirical case, in which these two meanings were compared - it is the "Case Cupulate", held in mid-2000 which involved the legal challenge of a Japanese patent for a product derived a species native of Brazil.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectSociologia e antropologiapor
dc.subjectConhecimento tradicionalpor
dc.subjectPatrimônio culturalpor
dc.subjectPropriedade intelectualpor
dc.subjectTeoria ator-redepor
dc.subjectDesenvolvimento social - ciência, tecnologia e sociedadepor
dc.subjectTraditional knowledgeeng
dc.subjectCultural heritageeng
dc.subjectIntellectual propertyeng
dc.subjectCase Cupulateeng
dc.titleAs redes do conhecimento tradicional: análise do caso Cupulatepor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Rigolin, Camila Carneiro Dias
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2388584081961836por
dc.description.resumoEste trabalho foi realizado com o objetivo de compreender as diferentes interpretações que o termo conhecimento tradicional desempenha, no aspecto específico das relações entre conhecimento tradicional, patrimônio cultural e propriedade intelectual. Tendo em vista que o patrimônio cultural envolve a preservação e a exaltação de um povo ou nação como o todo, manutenção da identidade e de cuidados de incorporação à expansão do conceito de cultura. E os direitos de propriedade intelectual envolvem tanto os direitos autorais e de propriedade industrial quanto àqueles referentes à proteção de cultivares e aos direitos de melhorista, ou seja, atribuição de direitos intelectuais àqueles que obtêm novas variedades vegetais e/ou o aprimoramento deles e, portanto, o manejo técnico sustentável da natureza; especificamente, estudamos tais significados a partir de duas dimensões: a) a construção do quadro regulatório internacional, em que duas redes distintas de atores competem pelo estabelecimento da sua perspectiva como norteadora dos futuros instrumentos normativos (conhecimento tradicional como propriedade intelectual x conhecimento tradicional como patrimônio cultural imaterial); b) a análise de um caso empírico, em que estes dois significados foram confrontados, trata-se do Caso Cupulate , ocorrido em meados dos anos 2000 e que envolveu a contestação jurídica de uma patente japonesa para um produto derivado de uma espécie autóctone do Brasil.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade - PPGCTSpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADASpor
dc.contributor.authorlatteshttp://lattes.cnpq.br/6803550106491499por


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record