Show simple item record

dc.creatorPepinelli, Rafaela Francisconi Gutierrez
dc.date.accessioned2016-06-02T19:16:35Z
dc.date.available2013-04-02
dc.date.available2016-06-02T19:16:35Z
dc.date.issued2011-02-04
dc.identifier.citationPEPINELLI, Rafaela Francisconi Gutierrez. Empreendimentos econômicos solidários de catadores : cadeias produtivas de resíduos, processos tecnológicos e parcerias. 2011. 183 f. Dissertação (Mestrado em Multidisciplinar) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/1105
dc.description.abstractThe solidarity economic enterprises of waste pickers are being created in several Brazilian municipalities as an alternative to humanization and formalization of the picker works at the waste collection systems, in which perform activities of collecting, sorting, processing and commercialization of solid waste. This study aims to identify the stage of development of solidarity economic enterprises of waste pickers in the productive chain of recycling and assess the extent of how support and encourage entities interfere with their progress. For this, we performed a multiple case study with five solidarity economic enterprises of waste pickers and a general characterization of the developments of waste pickers of the State of São Paulo from the survey of the database of the National Information System on Economy Solidarity. The enterprises studied had differential access to infrastructure and technology due to partnerships, especially with municipal governments. It was noted that for the enterprises moving forward on the productive chain does not necessarily have to own the technology to beneficiate the waste beyond the waste sorting and pressing of solid waste. The access to knowledge of the waste market, the ability to negotiate the cooperative's products, the expertise in sorting waste, the direct selling industry without the figure of the middleman, the amount of waste traded and access to technologies for collecting, sorting, pressing and marketing are factors that determine the progress of the solidarity economic enterprises in the production chain of recycling waste. We also observed that waste pickers relate themselves differently with the technology, seeking to adapt it to their own realities and everyday needs.eng
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Minas Gerais
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectInovações tecnológicas - aspectos sociaispor
dc.subjectCooperativas de catadorespor
dc.subjectEconomia solidáriapor
dc.subjectAdequação sociotécnicapor
dc.subjectDesenvolvimento social ciência, tecnologia e sociedadepor
dc.subjectCadeia produtiva da reciclagempor
dc.subjectTecnologia Socialpor
dc.subjectParceriaspor
dc.subjectSolidarity economic enterpriseseng
dc.subjectRecycling cooperatives, The productive chain of recyclingeng
dc.subjectTechnologieseng
dc.subjectPartnershipseng
dc.titleEmpreendimentos econômicos solidários de catadores : cadeias produtivas de resíduos, processos tecnológicos e parceriaspor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Zanin, Maria
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4783151H2por
dc.description.resumoOs empreendimentos econômicos solidários (EES) de catadores de resíduos sólidos estão sendo criados em diversos municípios brasileiros como uma alternativa para a humanização e formalização do trabalho dos catadores junto aos sistemas de coleta de resíduos, nos quais exercem atividades de coleta, triagem, beneficiamento e comercialização de resíduos sólidos. O presente trabalho tem como objetivo identificar o estágio de desenvolvimento de empreendimentos econômicos solidários de catadores na cadeia produtiva da reciclagem e avaliar em que medida as entidades de fomento e apoio interferem em seu avanço. Para isso, foi realizado uma caracterização geral dos empreendimentos de catadores do Estado de São Paulo, por meio de estudo das informações disponibilizadas no banco de dados do Sistema Nacional de Informações em Economia Solidária-SIES e um estudo de casos múltiplos junto a cinco empreendimentos econômicos solidários de catadores de resíduos nas cidades de Araraquara, Batatais, Catanduva, São Carlos e São José do Rio Preto. Os empreendimentos estudados tiveram acesso diferenciado à infraestrutura e às tecnologias devido às parcerias estabelecidas, principalmente com os governos municipais que possuem papel fundamental na inserção dos empreendimentos na coleta seletiva solidária da cidade com o fomento, institucionalização da atividade e o repasse de recursos para a manutenção dos EES de catadores.Observou-se que avançar na cadeia produtiva não significa necessariamente possuir tecnologias para beneficiar os resíduos para além da triagem e prensagem dos resíduos sólidos. O acesso ao conhecimento do mercado dos resíduos, a capacidade da cooperativa em negociar os produtos, a especialização na triagem dos resíduos, a venda direta para a indústria sem a figura do atravessador, a quantidade de resíduos comercializados e o acesso às tecnologias para a coleta, triagem, prensagem e comercialização são fatores que determinam o avanço dos empreendimentos de catadores na cadeia produtiva da reciclagem dos resíduos sólidos urbanos. Também foi observado que os catadores se relacionam de maneira diferenciada com a tecnologia buscando apropriar e adequá-la às suas próprias realidades e necessidades cotidianas.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade - PPGCTSpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record