Show simple item record

dc.creatorFerrari, Maíra Miller
dc.date.accessioned2016-06-02T19:16:38Z
dc.date.available2013-10-03
dc.date.available2016-06-02T19:16:38Z
dc.date.issued2013-02-22
dc.identifier.citationFERRARI, Maíra Miller. A riqueza do imponderável: complexidade e desafios da ciência, tecnologia e sociedade e da educação ambiental em rede. 2013. 60 f. Dissertação (Mestrado em Multidisciplinar) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2013.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/1120
dc.description.abstractIn the current socio-environmental crisis it is critical that the relationships between Science, Technology and Society (STS) and Environmental Education (EE) are enriched, strengthened and dynamized. From the experience of four years in a cultural network called Circuito Fora do Eixo the following question arose: How to awaken the awareness of socio-environmental complexity within a social network? This study features a qualitative and literature review nature and it aims at understanding the different relationships between STS and the perspective of identifying contributions of these theories for the practice of Network Environmental Education. The epistemological framework of this research is the Complex Thinking according to Edgar Morin along with the Environmental Rationality by Enrique Leff. The study contextualizes: the socio-environmental crisis and the cultural dimension of the human being, the environmental rationality, the network society, and lastly, the relationship between Science, Technology and Society and Environmental Education. Based on these research developments we designed an Environmental Education program for network constituted collectives. We realized that it is essential to the program not to be ruled only in contents and that the most important are the human relationships that are established from there. The program features ways for socio-environmental sustainability in this network universe and considers the multiculturalism as an important bias in the process. It was noted that the Environmental Education and the Science, Technology and Society converge in many of the challenges to be faced by them. The implementation of this program can encourage both the critical awareness of the socio-environmental issues and the network participation in order to promote a change in the sensitivities and values, while giving rise also to the search of creative solutions into the achievement of sustainable societies.eng
dc.description.sponsorshipFinanciadora de Estudos e Projetos
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectEducação ambientalpor
dc.subjectSociedade em redepor
dc.subjectDesenvolvimento social - ciência, tecnologia e sociedadepor
dc.subjectPensamento complexopor
dc.subjectEnvironmental Educationeng
dc.subjectNetwork Societyeng
dc.subjectScience, Technology and Societyeng
dc.subjectComplex Thinkingeng
dc.titleA riqueza do imponderável: complexidade e desafios da ciência, tecnologia e sociedade e da educação ambiental em redepor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Ferraz, Maria Cristina Comunian
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2893153253924855por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6412888658400402por
dc.description.resumoNa atual crise socioambiental é fundamental que as relações entre Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) e a Educação Ambiental (EA) sejam enriquecidas, esclarecidas, fortalecidas e dinamizadas. A partir da vivência de quatro anos em uma rede de cultura conhecida como Circuito Fora do Eixo surgiu a seguinte questão: Como despertar novas percepções sobre a complexidade socioambiental em uma rede social? Este estudo, de caráter qualitativo e bibliográfico, tem como objetivo, então, compreender as diferentes relações entre CTS com a perspectiva de identificar as contribuições destas teorias para a prática da Educação Ambiental em Rede. O arcabouço epistemológico da pesquisa baseia-se no Pensamento Complexo segundo Edgar Morin, junto à compreensão de Saber Ambiental de Enrique Leff, a partir dos quais buscamos contextualizar a crise socioambiental, a dimensão cultural do ser humano, o saber ambiental, a sociedade em rede e, enfim, as relações entre Ciência, Tecnologia, Sociedade e Educação Ambiental. Ao pensarmos nos desdobramentos da pesquisa, projetamos um Programa de Educação Ambiental para coletivos constituídos em Rede. Um programa que, essencialmente, não seja pautado apenas em conteúdos, mas sim nas relações humanas que se estabelecem a partir dele. É possível constatarmos, então, que a EA e a CTS convergem nos desafios a serem enfrentados, de maneira que o Pensamento Complexo se configura como uma lente orientadora neste processo. A implantação deste Programa de Educação Ambiental em Rede, em função da organização participativa que propõe, evidencia sua capacidade em estimular a consciência crítica sobre a problemática socioambiental, visando uma mudança de sensibilidades e valores que podem suscitar também a busca de soluções criativas para o alcance de sociedades sustentáveis.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade - PPGCTSpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADASpor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record