Show simple item record

dc.creatorSilva, Victor Hugo Fischer Ribeiro da
dc.date.accessioned2016-06-02T19:00:21Z
dc.date.available2010-09-03
dc.date.available2016-06-02T19:00:21Z
dc.date.issued2010-06-29
dc.identifier.citationSILVA, Victor Hugo Fischer Ribeiro da. Cultura e nação brasileiras no discurso da reforma de Estado: a nova burocracia paulista e a modernização do Estado. 2010. 144 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2010.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/195
dc.description.sponsorshipUniversidade Federal de Minas Gerais
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectAntropologia socialpor
dc.subjectEstadopor
dc.subjectBurocraciapor
dc.subjectEstado - Modernização - Brasilpor
dc.subjectPrograma Poupatempopor
dc.subjectAntropologia do Estadopor
dc.subjectModernização brasileirapor
dc.subjectValores nacionaispor
dc.titleCultura e nação brasileiras no discurso da reforma de Estado: a nova burocracia paulista e a modernização do Estadopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Leirner, Piero de Camargo
dc.contributor.advisor1Latteshttp://genos.cnpq.br:12010/dwlattes/owa/prc_imp_cv_int?f_cod=K4723673U9por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/6682239833879808por
dc.description.resumoEste trabalho intenta discutir a perspectiva de uma agência pública paulista sobre a modernização brasileira. Para isto, nos valemos de uma etnografia cujo foco está no Posto de Ribeirão Preto-SP do Programa Poupatempo do Governo do estado de São Paulo, instituição produtora da perspectiva aqui analisada. A intenção é realizar um estudo da relação desta perspectiva com alguns valores tidos como centrais na sociedade brasileira. Para tal, olharemos as instituições burocráticas como produtoras de rituais, nas quais os valores acabam por ser objeto de performances específicas. A partir deles, procuraremos identificar as redes sociais que os sustentam, de modo a pensar o cotidiano burocrático em relação a uma experiência mais geral, conectando, assim, esta perspectiva do serviço público a uma representação ideal sobre a própria sociedade brasileira.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Antropologia Socialpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::ANTROPOLOGIApor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record