Mostrar registro simples

dc.creatorBissoli, Sidney da Silva Pereira
dc.date.accessioned2016-06-02T20:13:07Z
dc.date.available2008-06-04
dc.date.available2016-06-02T20:13:07Z
dc.date.issued2008-02-29
dc.identifier.citationBISSOLI, Sidney da Silva Pereira. Uma discussão do conceito de pulsão de morte a partir das contribuições de Freud e Ferenczi. 2008. 142 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2008.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/4835
dc.description.abstractThe present dissertation intends to discuss the concept of death s drive in the works of Freud and Ferenczi. Figueiredo (1999) debated similar subject, as he examined Beyond the pleasure principle (FREUD, 192) and Thalassa (FERENCZI, 1924), through a rereading of Freudian s text of 1920, approaching both psychoanalysts in relation to death s drive notion, stressing the regressive character, not of a instinctual group, but of the own organism. The present essay, nevertheless, focuses the uneasy conciliation between Freud and Ferenczi in this point, leading the last, at his final thoughts, to emphasize formally his difference in relation to Freud.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectFreud, Sigmund, 1856-1939por
dc.subjectFerenczi, Sándor, 1873-1933por
dc.subjectPsicanálise e filosofiapor
dc.subjectPsicanálisepor
dc.titleUma discussão do conceito de pulsão de morte a partir das contribuições de Freud e Ferenczipor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Simanke, Richard Theisen
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5431145327759147por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7486767955152684por
dc.description.resumoA presente dissertação pretende discutir o conceito de pulsão de morte nas obras de Freud e Ferenczi. Figueiredo (1999) dissertou sobre tema semelhante a este, ao examinar as obras Além do princípio de prazer (Freud, 1920) e Thalassa (Ferenczi, 1924), a partir de uma releitura do texto freudiano de 1920, aproximando ambos os psicanalistas no que concerne à noção de pulsão de morte, dando ênfase ao caráter regressivo, não propriamente de um grupo pulsional, mas do próprio organismo. No presente trabalho, enfoca-se a difícil conciliação entre Freud e Ferenczi neste ponto, levando o último, ao final, a marcar formalmente sua distinção em relação ao mestre.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Filosofia e Metodologia das Ciênciaspor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::FILOSOFIApor


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples