Show simple item record

dc.creatorFailache, Mauricio José Vera
dc.date.accessioned2016-09-13T20:27:03Z
dc.date.available2016-09-13T20:27:03Z
dc.date.issued2015-02-24
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/7132
dc.description.abstractThe present work undertakes the film analysis of the feature film 2001: A Space Odissey (1968) of Stanley Kubrick, in wich the origin of the tool is associated with the origin and transformation of man throughout history. The Discovery and use of the tool provided a new knowledge and, along with it, a number of effects permeated by Power relations –analyzed based on diverse authors point of view, between them Michel Foucault. The literary-cinematographic genre to wich 2001: A Space Odissey belongs to, is science fiction, wich is the natural medium to social, political, economic and even religious criticism. Kubrick with this film within the sixties context, opens a new era in major productions of the genre, wich had been relied on a few technological and economic resources, and also for its high aesthetic quality both at photographic level and special effects. The narrative style is no less innovative because in a genre where everything was explained in detail, Kubrick shows a visual story, to be told through different musics and images, and not just relied on dialogs and callouts. This paper also notes the relationship between humans and their Technologies represented in the film, from the issue of the otherness as conceived by Bakhtin.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectAnálise do discursopor
dc.subjectAnálise fílmicapor
dc.subjectCinemapor
dc.subjectKubrick, Stanley, 1928-1999por
dc.subjectCiência, tecnologia e sociedadepor
dc.subjectFilm analysiseng
dc.subjectStanley Kubrickeng
dc.subjectPowereng
dc.subjectKnowledgeeng
dc.subjectTechnologyeng
dc.subjectSocietyeng
dc.titleTecnologia, poder e violência em 2001 : uma odisseia no espaçopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Sá Neto, Arthur Autran Franco de
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5055550097454248por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0840869090469711por
dc.description.resumoNo presente trabalho, empreende-se a análise fílmica de 2001: uma odisseia no espaço,( 2001: a space oddissey, 1968) de Stanley Kubrick, na qual se representa a origem do homem associada à descoberta da tecnologia e à transformação de ambos ao longo da história. A descoberta e uso da técnica relacionam-se com um novo conhecimento (um saber) e, junto com ele, uma série de efeitos permeados por relações de poder, observadas com base no olhar de teóricos de diversas áreas, dentre eles Michel Foucault. O gênero literário-cinematográfico a que pertence 2001: Uma Odisseia no Espaço é o da ficção científica, campo das críticas sociais, políticas, econômicas e até religiosas. Kubrick, com este filme, no contexto dos anos sessenta, abre um novo tempo nas grandes produções do gênero pela sua alta qualidade estética. O estilo narrativo não é menos inovador, já que em um gênero onde tudo era explicado em detalhe, Kubrick apresenta uma história visual, a ser dita através de diversas músicas e imagens, e não somente por meio de diálogos. Este trabalho também observa a relação entre o homem e suas tecnologias representada no longa-metragem a partir da questão da alteridade tal como pensada por Bakhtin.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedadepor
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO::TEORIA DA INFORMACAOpor
dc.subject.cnpqLINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::TEORIA E ANALISE LINGUISTICApor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record