Show simple item record

dc.creatorPadula, Giovana de Oliveira
dc.date.accessioned2016-09-20T13:29:02Z
dc.date.available2016-09-20T13:29:02Z
dc.date.issued2015-06-11
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/7247
dc.description.abstractNowadays the aging phenomenon has been studied by many researchers because of the characteristics and relevance of the demographic transition and the impact on public policy. Because of this phenomenon, it is considered extremely relevant to the broad scientific production developed view, and in this study we chose to focus on what has been produced in federal universities. This study aims to analyze the Brazilian scientific literature on the topic aging and administration / public management, from scientific publications (qualis A1 and A2 of interdisciplinary and administration areas) and on the registered research groups in groups Directory Research CNPq Brazil (biological areas, health, human and applied sciences). It is a social and exploratory and descriptive study of document analysis and public information. The results suggest that the thematic management / public administration and aging are not being developed directly as both magazines surveyed in the research groups of federal universities. It was decided, therefore, to present a characterization of what both study objects present on the topic aging. Accordingly, it was found that the aging subject is being exploited in different areas of knowledge in an interdisciplinary approach. It was observed that most groups (n = 180) are concentrated in the area of health sciences, with predominant area of medicine (n = 39). As for scientific journals, it was observed that interdisciplinary journals with qualis A2 has a higher number of publications on human aging (n = 262). In this study, further reflection on population aging in the context of public administration studies have concluded that it is necessary, and also points to the need for more studies on aging and public administration.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectEnvelhecimentopor
dc.subjectAdministração públicapor
dc.subjectUniversidadepor
dc.subjectRevisão bibliográficapor
dc.subjectAgingeng
dc.subjectPublic administrationeng
dc.subjectUniversityeng
dc.subjectRevieweng
dc.titleEnvelhecimento e gestão pública : o “estado da arte” na produção científica brasileirapor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Pedro, Wilson José Alves
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8135701448186851por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/5404257329698570por
dc.description.resumoNos dias atuais o fenômeno do envelhecimento vem sendo objeto de estudo de muitos pesquisadores por conta das características e relevância da transição demográfica e dos impactos nas políticas públicas. Por conta deste fenômeno, considera-se de extrema relevância a visualização da produção cientifica desenvolvida, e neste estudo optou-se pela ênfase no que tem sido produzido nas universidades federais. Este estudo tem por objetivo analisar a produção científica brasileira sobre o tema envelhecimento e administração/gestão pública, a partir de publicações científicas (qualis A1 e A2 das áreas interdisciplinar e administração) e dos dados obtidos sobre os grupos de pesquisas cadastrados no Diretório de grupos de pesquisa do Brasil CNPq (áreas biológica, saúde, humana e sociais aplicadas). Trata-se de um estudo social e exploratório e descritivo de análise de documentos e informações públicas. Os resultados obtidos apontam que as temáticas gestão/administração pública e envelhecimento não estão sendo desenvolvidas diretamente tanto nas revistas pesquisadas como nos grupos de pesquisa de universidades federais. Optou-se, dessa forma, a apresentar uma caracterização sobre o que ambos os objetos de estudo apresentam sobre a temática envelhecimento. Nesse sentido, verificou-se que o tema envelhecimento vem sendo explorado por diferentes áreas de conhecimento em uma abordagem interdisciplinar. Foi observado que a maioria dos grupos (n= 180) estão concentrados na área da ciências da saúde, com área predominante em medicina (n=39). Quanto às revistas científicas, observou-se que as revistas interdisciplinares com qualis A2 possui maior quantidade de publicações sobre envelhecimento humano (n=262). Neste estudo, conclui-se que é necessária uma reflexão mais aprofundada sobre o envelhecimento populacional no âmbito dos estudos de administração pública, e aponta também para a necessidade de mais estudos sobre envelhecimento e administração pública.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Gestão de Organizações e Sistemas Públicospor
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADASpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record