Show simple item record

dc.creatorSalvadeo, André Ricardo Arão
dc.date.accessioned2016-09-20T13:32:52Z
dc.date.available2016-09-20T13:32:52Z
dc.date.issued2015-09-30
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/7248
dc.description.abstractAfter a brief presentation about landmarks of housing in Brazil, this paper discusses the problems involving the design and implantation of PMCMV since the beginning of its implementation in 2009. At that time, in face of global crisis which was ranging, it was decided to launch the program before its complete enhancement, which may explain, in part, some of its shortcomings, particularly those which relate to aspects of their local management, in the context of municipalities. From a general presentation on the local management process operation (or implementation) of PMCMV, the focus is on the Gross Income I of the Program. From this, a question is raised: how were local actors organized and how did they put into practice the implementation of what had been designed at the Federal level? Aiming to answer this question, a case-study methodology was used, adopting as data collection exploratory interviews. The enterprises located in Bauru, in the Midwest of the state of Sao Paulo, were defined as samples of this study, limiting the interviews of representatives of the Executive and Legislative Power and employees connected to one of the Financial Authorities responsible for financing the PMCMV.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectHabitação de interesse socialpor
dc.subjectPlanejamento urbanopor
dc.subjectPolíticas públicaspor
dc.subjectTrabalho socialpor
dc.subjectSocial interest housingeng
dc.subjectUrban planningeng
dc.subjectPublic policieseng
dc.subjectSocial workeng
dc.titlePrograma Minha Casa Minha Vida : a gestão local na implantação das “habitações de interesse social”por
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Molina, Wagner de Souza Leite
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/5939243693407420por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0321751809234607por
dc.description.resumoApós uma breve exposição acerca dos marcos históricos da habitação no Brasil, este estudo discute os problemas envolvendo a concepção e implantação do PMCMV, desde o início de sua implementação, ainda em 2009. Na ocasião, conforme defendido por alguns autores, diante da crise mundial que se alastrava, optou-se por lançar o programa antes do seu completo aprimoramento, o que pode explicar, em parte, algumas de suas lacunas, sobretudo as que se relacionam com aspectos de sua gestão local, no âmbito dos municípios. A partir de uma apresentação geral sobre o funcionamento do processo de gestão (ou execução) local do PMCMV, o foco se concentra na faixa I do Programa. A partir disso, uma questão é levantada: de que maneira os atores locais se organizaram e colocaram em prática a execução daquilo que fora desenhado em âmbito Federal? Com o objetivo de responder essa pergunta utilizou-se a metodologia de estudo de caso, adotando como ferramenta de coleta entrevistas qualitativas com a utilização de roteiro semi-estruturado. Foram definidos como amostra do estudo os empreendimentos localizados no município de Bauru, interior do Estado de São Paulo, limitando as entrevistas aos representantes do Poder Executivo e Legislativo local e funcionários ligados a um dos Agentes Financeiros responsáveis pelo financiamento do PMCMV.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Gestão de Organizações e Sistemas Públicospor
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADASpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record