Show simple item record

dc.creatorSales, Camila Maria Risso
dc.date.accessioned2016-09-23T18:29:12Z
dc.date.available2016-09-23T18:29:12Z
dc.date.issued2016-05-16
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/7401
dc.description.abstractThe Brazilian international image is subject of debate for a long time. It is important to notice that both the official discourse and the way other actors represent a country are relevant for the construction of its image. Among these, the international media has been acquiring an increasingly important role. The purpose of this work is to understand how Brazil was represented and how its images are constructed and deconstructed. With this intent, the British magazine The Economist was chosen as a case study for its relevance in the international arena. Another goal is to inform the political and ideological profile of the magazine and to understand to what extent this influences their coverage. In order to establish a time frame we will analyse the coverage in four different moments: a) the military dictatorship (1964-1984), b) the first governments after democratization (1985-1994), c) Fernando Henrique Cardoso’s government (1995-2002) and d) Luiz Inácio Lula da Silva’s period (2003-2010). To achieve the proposed objectives, editorials, articles and special reports were analysed. The methodology used was content analysis. From the first reading the most significant issues and quotes were divided into themes and sub-themes. It was possible to ascertain that Brazil has always been present among The Economist relevant issues. We could identify that the magazine was more interested in some specific themes and these contributed to the construction of images of Brazil. The political and ideological profile of the magazine ca be identified with two basic ideas: the defence of economic liberalism combined with certain political conservatism. The manner that Brazil was reported and interpreted reflected this position and it can be seen repeatedly. For example: in the defence of the military intervention, the use of Brazil as an example of adherence to free market and the almost absence of criticism for the human rights abuses. On the other hand, debt and inflation appeared to be the elements that headed the criticism. After that, the economic stability and the country emergency were striking images. The Economist seems to maintain an editorial line that subordinates politics to economics and the magazine's profile contributed to construct a more positive or negative image of Brazil depending on domestic and international context.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectBrasilpor
dc.subjectImagempor
dc.subjectEconomistpor
dc.subjectBrazileng
dc.subjectImageeng
dc.subjectEconomisteng
dc.titleO Brasil na Economist : pensando a influência do perfil político-ideológico da revista na formação da imagem internacional do paíspor
dc.typeTesepor
dc.contributor.advisor1Martins Filho, João Roberto
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/8157447462904324por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9339624719885653por
dc.description.resumoA imagem internacional do Brasil é tema de debate há muito tempo. É importante notar que a construção da imagem de um país passa, necessariamente, pelo discurso oficial, mas também pela representação que outros atores fazem dele. Entre esses, a mídia internacional vem adquirindo um papel cada vez mais destacado. A proposta desse trabalho é compreender como o Brasil foi representado e como imagens de país são construídas e desconstruídas. Para isso, a revista britânica Economist, pela sua relevância no cenário internacional, foi escolhida como estudo de caso. Objetiva-se ainda traçar o perfil políticoideológico da revista e entender em que medida esse influencia sua cobertura. A fim de se estabelecer um recorte temporal buscaremos analisar como se estabeleceu a cobertura da Economist sobre o Brasil em quatro momentos distintos: a) durante a ditadura militar (1964- 1985), b) no período que compreende os primeiros governos pós-redemocratização (1986- 1994), c) durante o governo Fernando Henrique Cardoso (1995-2002) e, d) nas duas gestões de Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010). Para cumprir os objetivos propostos, tanto os editoriais, como os artigos e as reportagens especiais foram analisados. A metodologia utilizada foi a análise de conteúdo. A partir da leitura foram selecionados os assuntos e trechos mais significativos que foram separados em temas e subtemas. Verificou-se que o Brasil sempre esteve presente entre os assuntos considerados relevantes pela Economist. Foi possível identificar que algumas temáticas interessavam mais à revista e colaboraram para a construção das imagens do Brasil. A posição político-ideológica da revista foi identificada a partir de duas ideias básicas: a defesa do liberalismo econômico conjugado com certo conservadorismo político. A forma como o Brasil foi noticiado e interpretado refletiu esse posicionamento e isso pode ser visto em diversos momentos, como na defesa da necessidade de intervenção militar, no uso do Brasil como um exemplo de adesão ao livre mercado e na quase ausência de críticas sobre o desrespeito aos direitos humanos. Por outro lado, o endividamento e a inflação pareceram ser os elementos que capitanearam as críticas. Depois disso, a estabilidade da economia e a emergência do país foram imagens também marcantes. A Economist parece manter uma linha editorial que subordina a política à economia e o perfil da revista contribuiu para que a imagem do país fosse mais positiva ou negativa dependendo do contexto interno e internacional.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciência Políticapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::CIENCIA POLITICA::POLITICA INTERNACIONALpor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::CIENCIA POLITICApor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record