Show simple item record

dc.creatorBastos Junior, José Carlos
dc.date.accessioned2016-09-27T14:31:35Z
dc.date.available2016-09-27T14:31:35Z
dc.date.issued2016-02-23
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/7482
dc.description.abstractThis study aimed to verify the nature of public health communication practiced on the ANVISA portal, from promotional materials (informative brochures), whose apparent goal is to contribute to the promotion of health literacy (HL) citizens. Additionally, it was found, by applying one websites evaluation script, the quality of information architecture provided by that portal. The methodology was qualitative and qualitative approach. Subsidizing this analysis portal, literature surveys were conducted concerning issues of public communication of science, health literacy, scientific literacy, and soon rescue the institutionalization trajectory of health surveillance policy in Brazil, to understand and situate the creation of ANVISA . We analyzed a total of 12 booklets, evaluated by applying a list of questions (check list), in order to verify in which public communication and types of HL the the same fall. In summary, the results from the analyzes indicated that the predominant public communication model in textbooks is the contextual model, highlighting the materials that are targeted to children and youth. In relation to HL types, it is concluded that the material as a whole contribute to the promotion of functional / HL basic, ie meet the minimum requirements to promote HL.eng
dc.description.sponsorshipNão recebi financiamentopor
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectComunicação pública da ciênciapor
dc.subjectANVISApor
dc.subjectCartilhas de saúdepor
dc.subjectHealth literacyeng
dc.subjectScientific literacyeng
dc.titleComunicação pública da ciência e health literacy no portal da ANVISApor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Rigolin, Camila Carneiro Dias
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2388584081961836por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/0004984118085349por
dc.description.resumoA presente pesquisa teve por objetivo verificar a natureza da comunicação pública em saúde praticada no portal da ANVISA, a partir de materiais de divulgação (cartilhas informativas), cujo objetivo aparente é contribuir para a promoção da health literacy (HL) dos cidadãos. Adicionalmente, verificou-se, mediante aplicação de um roteiro de avaliação de websites, a qualidade da Arquitetura da Informação apresentada pelo referido portal. A metodologia empregada foi a abordagem quali-quantitativa. Subsidiando a referida análise do portal, foram realizados levantamentos bibliográficos referentes às temáticas de comunicação pública da ciência, health literacy, scientific literacy, além de breve resgate da trajetória de institucionalização da política de vigilância sanitária no Brasil, para compreender e situar a criação da ANVISA. Foram analisadas, ao todo 12 cartilhas, avaliadas mediante aplicação de um roteiro de questões (check list), com intuito de verificar em quais categorias de comunicação pública da ciência e tipologias de HL as mesmas se enquadram. Em síntese, os resultados provenientes das análises indicaram que o modelo de comunicação pública predominante nas cartilhas é o modelo contextual, destacando-se os materiais que são direcionados ao público infanto-juvenil. Já em relação às tipologias de HL, conclui-se que os materiais como um todo contribuem para a promoção da HL funcional/básica, ou seja, atendem aos requisitos mínimos de promoção da HL.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedadepor
dc.subject.cnpqCIENCIAS SOCIAIS APLICADASpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record