Show simple item record

dc.creatorGiacometti-Rocha, Erika
dc.date.accessioned2017-06-13T13:19:59Z
dc.date.available2017-06-13T13:19:59Z
dc.date.issued2015-02-25
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/8851
dc.description.abstractIn Brazil, the National Broadband Plan (PNBL) was one of the policies implemented since 2010 to increase the share of the population with access and possibility of using digital media, especially in the Latin American scenario. Not least, the need to assess the impact of the massive insertion of digital media was notorious, analyzing sociocultural and cognitive aspects. It starts from the premise of the interaction between subjects and technologies as a process that does not distance subject and its technique, being the technique part of the human being in society and being both agents in this interaction. This research examines the sociocultural and cognitive impacts among adolescents with the mediation of the intensive use of digital media and chose the construction of knowledge for school education as a research field. Thus, the general objective is to analyze the impact of digital media as mediators of social relations and the construction of the knowledge of adolescents. We therefore assume the following specific objectives: a) to understand the presence and use of digital media in the school context, addressing the main characteristics and difficulties; b) investigate the social impact of spatial mobility and social interactions according to type of digital media; c) analyze the cognitive impact by observing study strategies according to the adolescents' daily access time, and d) examine the cultural impact of digital media use through the preferences of content accessed on the Internet and by forming groups in it. The research is descriptive in nature and the methodology is qualitative-quantitative. The instruments used were questionnaire and interviews. The criterion adopted to determine "intensive use of the Internet" was established in 3 hours, according to data collected on national average daily internet connection time, together with data from the questionnaire applied in the research. The results suggest that the data did not show a significant correlation between their type (smartphones, tablets, computers, etc.) and socio-cultural and cognitive effects, mainly due to adolescents' content, which does not differ from other contexts like the virtual and by its chosen strategies of study, that do not demonstrate accelerated development of its autonomy in the construction of the knowledge. However, we can affirm that there is a significant correlation in the comparison between Intensive and non-Intensive use in age, gender, type of school, whether there is or not computer, Internet or not, own other Internet devices or not, own video game or not, in the access content of interest Personal access to study, in the participate in groups on the Internet, in the access smartphones and iPhones at class to talk and send videos. In all other variables, there was no such correlation. Statistically, the difference may not be sufficient to assert impacts on all analyzed variables. At the same time, coincidentally, always, the group that uses the Internet intensively presents the highest percentages, even with minimal difference. This may not amount to much, but when we talk about change, especially when there are n resistance factors, this minimal persistent difference presented higher for the group that uses the Internet for more time daily may be an incentive to re-analyze them.eng
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectTecnologias Digitais de Informação e Comunicação (TDIC)por
dc.subjectImpacto sociocultural e cognitivopor
dc.subjectAdolescentespor
dc.subjectEducaçãopor
dc.subjectDigital mediaeng
dc.subjectSocio-cultural and cognitive impacteng
dc.subjectAdolescenteng
dc.subjectEducationeng
dc.titleAnálise das tecnologias digitais de informação e comunicação como mediadoras de relações e da construção do conhecimento de adolescentespor
dc.title.alternativeAnalysis of digital media as a mediator of social relations and the construction of knowledge youth and adolescentseng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Mill, Daniel Ribeiro Silva
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1515286597269486por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1108104424257458por
dc.description.resumoNo Brasil, o Plano Nacional da Banda Larga (PNBL) representou uma das políticas implementadas a partir de 2010 para aumentar a parcela da população com acesso e possibilidade de uso da TDIC, especialmente no cenário latino-americano. Não por menos, tornou-se notória a necessidade de se avaliar o impacto da inserção massiva de Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação, analisando-se aspectos socioculturais e cognitivos. Parte-se da premissa da interação entre sujeitos e tecnologias como processo que não distancia sujeito e sua técnica, sendo a técnica parte do ser humano em sociedade e sendo ambos agentes nessa interação. Esta pesquisa passa pela análise dos impactos socioculturais e cognitivos entre adolescentes com a mediação do uso intensivo de TDIC e escolhemos a construção do conhecimento para a educação escolar como âmbito de pesquisa. Dessa forma, o objetivo geral é analisar o impacto das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação como mediadoras de relações sociais e da construção do conhecimento de adolescentes. Assumimos, portanto, os seguintes objetivos específicos: a) compreender a presença e uso de TDIC no contexto escolar, abordando as principais características e dificuldades; b) investigar o impacto social pela a mobilidade espacial e interações sociais conforme tipo de TDIC; c) analisar o impacto cognitivo através da observação de estratégias de estudos conforme tempo de acesso diário de Internet dos adolescentes e d) examinar o impacto cultural do uso TDIC por meio das preferências de conteúdo acessado na Internet e pela formação de grupos nele. A pesquisa é de natureza descritiva e a metodologia é quali-quantitativa. Os instrumentos usados foram questionário e entrevistas. O critério adotado para determinar “uso intensivo da Internet” foi estabelecido em 3 horas, conforme dados coletados sobre média nacional de tempo diário de conexão à internet, juntamente a dados do questionário aplicado na pesquisa. Os resultados sugerem que, referente às TDIC, os dados não apresentaram correlação significativa entre seu tipo (smartphones, tablets, computadores etc.) e efeitos socioculturais e cognitivos, sendo isso manifestado principalmente pelo conteúdo acessado pelos adolescentes, que não difere de outros contextos além do virtual e por suas estratégias de estudo escolhidas, que não demonstram desenvolvimento acelerado de sua autonomia na contrução do conhecimento. Entretanto, podemos afirmar que há correlação significativa na comparação entre uso Intensivo e não Intensivo em idade, gênero, tipo de escola, possuir computador ou não, com Internet ou não, possuir outros dispositivos com Internet ou não, possuir videogame, acessar conteúdos de interesse pessoal, acessar para estudo, participar de grupos na Internet, acessar smartphones e Iphones em aula para conversar e enviar vídeos. Em todas as outras variáveis, não houve essa correlação. Estatisticamente, a diferença pode não ser suficiente para afirmar impactos em todas as variáveis analisadas. Ao mesmo tempo, nota-se, coincidentemente que, sempre, o grupo que usa intensivamente a Internet apresenta as porcentagens maiores, mesmo com mínima diferença. Isso pode não representar muito, mas quando falamos em mudança, principalmente quando há n fatores de resistência, essa mínima diferença persistente apresentada maior para o grupo que usa por mais tempo diariamente a Internet pode ser um incentivo para analisá-las novamente.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedadepor
dc.subject.cnpqOUTROSpor
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record