Show simple item record

dc.creatorEstevão, Natália Cristina
dc.date.accessioned2018-04-06T14:26:42Z
dc.date.available2018-04-06T14:26:42Z
dc.date.issued2017-08-31
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/9674
dc.description.abstractThrough the development of the history of literary texts inscription, it is possible to observe that, in the Western world, from the predominance of literate culture, the book has been characterized as the main mean of literary circulation. This appropriation stablished itself in a deep way, once the book was consolidate, increasingly, as the formalization of the detention of literaty and subjective expression. (CHARTIER, 2007). In this sense, from the moment when these literary productions begin to manifest in other means in the contemporary scenario of digital creations, there are reactions of estrangement and devaluation of new productions, precisely because they are configured in different materiality (ROCHA, 2014a). Regarding these considerations, we delimit as the corpus of this dissertation the texts of the Brazilian author Ismael Caneppele. Our research proposes a reading of the novel Os famosos e os duendes da morte (2010) and the blog Ismael Pele de Cão (2011-2014), considering the different material formalizations that each one of these texts present. We observed which characteristics of the text in printed book and which specifities of the text from the blog, on the internet. In our analysis, we assumed the inextricable relation between the text and the materiality, performing the necessary mediations in the critical work development. With the propose of developing such propositions, we observed that one of the central points of the issue is based on comprehension of the specificities of different media aproached, once each one stablish a different own way in relation to others. Therefore, we based the studies here presented on the theory of remediation, proposed by Bolter and Grusin (1999), that problematizes the articulation between the different media, as it postulates that the new media do not overcome or replace the previous, but coexist, which reconfigures their meaning. Along with remediation, with the objective of seizing the intertextual movements proposed on the texts, we use the concept of cultural recycling (KLUSCINSKAS; MOSER, 2007), whose constitution is based on a review of the aesthetical concept from reconsidering the paradigma “novelty, originality, authenticity”, that in the current context supports itself in the triad “copy, recycling and seriation”. From this analysis, we developed the notion of movement and we were able to conclude that it works as a technique of writing, assuming the fundamental role in the comprehension of the intrinsic relation between the texts and the materialities in the productions of Ismael Caneppele, as a way to evidence particularities of the author’s literary project. Furthermore, in a broader sense, our observations help us to understand some aspects of contemporary literature, of the literary categories historically stablished, as in the case of the author, reader and work, whose values were cristalized in contexts culturally different, that we discuss and evaluate through the works of Ismael Caneppele.eng
dc.description.sponsorshipFundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)por
dc.language.isoporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rights.uriAcesso abertopor
dc.subjectMaterialidades da literaturapor
dc.subjectRemidiaçãopor
dc.subjectLiteratura Brasileira Contemporâneapor
dc.subjectIsmael Caneppelepor
dc.subjectLiterature materialitieseng
dc.titleEscritas em movimento : o entrecruzamento de meios nos textos de Ismael Caneppelepor
dc.title.alternativeWriting in motion : media intersection in the texts of Ismael Caneppeleeng
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Rocha, Rejane Cristina
dc.contributor.advisor1Latteslattes.cnpq.br/5669300635333699por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/1497697699612332por
dc.description.resumoNo desenvolvimento da história da inscrição dos textos literários, é possível observar que, no Ocidente, a partir da predominância da cultura letrada, o livro tem sido caracterizado como o principal meio de circulação da literatura. Essa apropriação se estabeleceu de modo profundo, uma vez que o livro se consolidou, cada vez mais, como a própria formalização da detenção do literário e da expressão da subjetividade (CHARTIER, 2007). Nesse sentido, a partir do momento em que as produções literárias começam a manifestar-se em outros meios no cenário contemporâneo de criações digitais, percebem-se reações de estranhamento e desvalorização das novas produções, justamente por se configurarem em materialidade diferente (ROCHA, 2014a). Tendo em vista essas considerações, delimitamos como corpus de pesquisa deste trabalho os textos do autor brasileiro Ismael Caneppele. Nossa pesquisa propõe uma leitura do romance Os famosos e os duendes da morte (2010) e do blog Ismael Pele de Cão (2011-2014), considerando as diferentes formalizações materiais que cada um desses textos apresenta. Isto é, observamos quais as características do texto inscrito em livro impresso e quais as especificidades do texto inscrito no blog, na internet. Em nossa análise, tomamos como pressuposto a relação inextricável entre o texto e sua materialidade, realizando as mediações necessárias no desenvolvimento do trabalho crítico. Com a finalidade de desenvolver tais proposições, observamos que um dos pontos centrais da discussão se funda na compreensão das especificidades das diferentes mídias abordadas, uma vez que cada uma estabelece um modo de funcionamento próprio em relação às outras. Por isso, nos embasamos na teoria da remidiação, proposta por Bolter e Grusin (1999), que problematiza a articulação entre as diferentes mídias, na medida em que postula que as novas mídias não superam ou substituem as anteriores, tratando-se mais de um movimento de coexistência entre elas, que reconfigura os seus significados. Em conjunção com a remidiação, com o objetivo de apreender os movimentos intertextuais propostos nos textos, nos valemos do conceito de reciclagem cultural (KLUSCINSKAS; MOSER, 2007), cuja constituição se baseia em uma revisão do conceito de estética a partir da reconsideração do paradigma “novidade, originalidade, autenticidade”, que no contexto atual se apoia cada vez mais na tríade “cópia, reciclagem e seriação”. A partir dessa análise, pudemos concluir que a noção de movimento, desenvolvida nesta pesquisa, funciona como uma técnica de escrita, assumindo papel fundamental na compreensão da relação intrínseca entre os textos e as materialidades dos trabalhos de Ismael Caneppele, de modo a evidenciar particularidades do projeto literário do autor. Ademais, em um sentido mais amplo, nossas observações nos auxiliam no entendimento de alguns aspectos da literatura contemporânea, de categorias literárias historicamente estabelecidas, como no caso de autor, leitor e obra, cujos valores foram cristalizados em contextos culturalmente diferentes, que procuramos discutir e avaliar de maneira modelar por meio dos trabalhos de Ismael Caneppele.por
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Estudos de Literaturapor
dc.subject.cnpqLINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::TEORIA LITERARIApor
dc.description.sponsorshipIdFAPESP 2015/24157-1por
dc.ufscar.embargoOnlinepor
dc.publisher.addressCâmpus São Carlospor


Files in this item

Thumbnail

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record