Mostrar registro simples

dc.creatorSilva, Rodrigo Umbelino da
dc.date.accessioned2016-06-02T19:14:55Z
dc.date.available2011-11-23
dc.date.available2016-06-02T19:14:55Z
dc.date.issued2011-08-28
dc.identifier.citationSILVA, Rodrigo Umbelino da. O Sistema judiciário brasileiro e o reconhecimento de identidades sociais. 2011. 129 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Humanas) - Universidade Federal de São Carlos, São Carlos, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufscar.br/handle/ufscar/989
dc.description.abstractThis present work is meant to examine the judiciary and the process of construction of social identities in Brazil after the 1988 Constitution. The search is assumed that after the process of democratization, the Brazilian state has experienced a new constitutionalism, encouraging new time to seek effective constitutional guarantees, setting up what will be called judicialization of politics in this inset the participation of the Judiciary, the Ministry public and civil society by the action of social movements, lead to a relentless pursuit of recognition and therefore construction of social identities. Understanding the relationship between law and politics, theoretical part of this arrangement, being guided by the phenomena of the contemporary debate legalization and judicial activism. The logic of any research that set the conceptual and empirical analysis of social transformations, guided by the action of those that structure the State, is the understanding that everything will be built will be based on a true democratic state of law, directing roughly the effective organization that society we want to search.eng
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal de São Carlospor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectCiência políticapor
dc.subjectPoder judiciáriopor
dc.subjectBrasil - ministério públicopor
dc.subjectReconhecimento socialpor
dc.subjectIdentidadepor
dc.subjectDireitopor
dc.subjectJudicialização da políticapor
dc.subjectAtivismo judicialpor
dc.subjectMovimento negropor
dc.subjectThe judiciaryeng
dc.subjectProsecutioneng
dc.subjectLegalization of politics, Judicial activismeng
dc.subjectRecognitioneng
dc.subjectIdentityeng
dc.subjectBlack movementeng
dc.titleO Sistema judiciário brasileiro e o reconhecimento de identidades sociaispor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Braga, Maria do Socorro Sousa
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/2311094074614215por
dc.description.resumoEste presente trabalho tem por intuito analisar o Poder Judiciário e o processo de construção das identidades sociais no Brasil após a Constituição de 1988. A pesquisa tem como pressuposto que após o processo de redemocratização, o Estado brasileiro vivenciou um novo constitucionalismo, fomentando novo momento para busca efetiva das garantias constitucionais, configurando o que será denominado de judicialização da política, nesse entremeio a participação do Poder Judiciário, do Ministério Público e da sociedade civil pela ação dos Movimentos Sociais, conduzirá para uma busca incessante do reconhecimento e conseqüentemente para construção das identidades sociais. Entender a relação direito e política, faz parte desse arranjo teórico, sendo orientada pelo debate contemporâneo dos fenômenos da judicialização e ativismo judicial. A lógica de qualquer pesquisa que configure a análise conceitual e empírica das transformações sociais, orientadas pela ação daqueles que estruturam o Estado, está no entendimento que tudo que será construído terá como base um verdadeiro estado democrático de direito, orientando grosso modo a efetiva organização daquela sociedade que se quer pesquisar.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.initialsUFSCarpor
dc.publisher.programPrograma de Pós-graduação em Ciência Políticapor
dc.subject.cnpqCIENCIAS HUMANAS::CIENCIA POLITICApor


Arquivos deste item

Thumbnail

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)

Mostrar registro simples